Arquivo diário: domingo, julho 7, 2024

Foto: Reprodução

As cantoras Simone Mendes e Simaria, ex-dupla Simone e Simaria, cantaram juntas neste sábado (6), dois anos após se separarem na carreira musical. O momento aconteceu durante um show do duo Jorge e Mateus, em Goiânia, onde uma das irmãs era atração especial. Zaya, 3, filha de Simone, também subiu ao palco.

A exatos três meses para o primeiro turno das eleições municipais 2024, começa a valer uma série de proibições aos candidatos – sobretudo aos que ocupam cargos públicos. A maioria das vedações está prevista na Lei nº 9.504/1997, que estabelece normas para o pleito. De acordo com o calendário eleitoral, a partir deste sábado (6), entram em vigor as seguintes restrições:

– contratação de shows artísticos: fica proibida a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos na realização de inaugurações de obras públicas ou divulgação de prestação de serviços públicos.

– presença em inaugurações: candidatos não podem comparecer a inaugurações de obras públicas.

– veiculação de nomes, slogans e símbolos: sites, canais e outros meios de informação oficial não podem conter nomes, slogans, símbolos, expressões, imagens ou outros elementos que permitam identificar autoridades, governos ou administrações, cujos cargos estejam em disputa na campanha eleitoral.

– transferência de recursos: servidores e agentes públicos ficam proibidos de realizar transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios e dos estados aos municípios, sob pena de nulidade absoluta. A lei abre exceção para situações de emergência e de calamidade pública e quando há obrigação formal preexistente para a execução de obra ou serviço em andamento e com cronograma prefixado.

– publicidade institucional e pronunciamento: fica vedado o pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito, salvo quando, a critério da Justiça Eleitoral, tratar-se de matéria urgente. Além disso, passa a ser proibida a publicidade institucional de atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública.

– nomeação ou exoneração: até a posse dos eleitos, fica vedado nomear, contratar, remover, transferir ou exonerar servidor público. A exceção fica por conta de cargos comissionados e funções de confiança. No caso de concursos públicos, é permitida a nomeação dos aprovados nos certames homologados até 6 de julho.

Cessão de funcionários

Também a partir deste sábado, órgãos e as entidades da administração pública direta e indireta podem ceder funcionários à Justiça Eleitoral, em casos específicos e de forma motivada, quando solicitado pelos tribunais eleitorais.

Neste caso, o prazo vale até 6 de janeiro de 2025 para as unidades da Federação que realizarem apenas o primeiro turno das eleições municipais e até 27 de janeiro para os locais onde houver segundo turno.

 

Telefonia móvel 5G

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Em rápida expansão, a rede 5G completa 2 anos de operação no Brasil neste sábado (6) com disponibilidade superior às metas fixadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A tecnologia atende a 27,9 milhões de usuários em 589 municípios.

Segundo a Conexis Brasil Digital, entidade que reúne as empresas de telecomunicações e conectividade, as prestadoras não apenas cumpriram a meta de 2024, como anteciparam mais de 70% das metas para 2025. Atualmente, todas as cidades com mais de 500 mil habitantes têm pelo menos uma operadora que oferece o 5G.

Desde 2021, quando começaram os investimentos na tecnologia, as operadoras investiram R$ 116 bilhões. Por operar em frequências altas, o 5G requer antenas de pequeno porte, o que leva à necessidade de cinco a dez vezes mais antenas que o 4G.

Na mesma data no ano passado, o 5G era oferecido a pouco mais de 10 milhões de usuários em 150 cidades. Segundo a Conexis, de lá para cá, mais de 1 milhão de linhas por mês foram habilitadas para a tecnologia.

O edital Anatel para o leilão 5G obriga a instalação da tecnologia em todas as cidades acima de 500 mil habitantes até julho de 2025 e em todas as localidades com mais de 200 mil habitantes até julho de 2026. Até julho de 2030, a tecnologia deverá estar disponível em todas as cidades brasileiras e em 75% das localidades rurais em todo o país.

Desafios

Segundo a Conexis Digital Brasil, um dos motivos para a rápida expansão da rede 5G foi o fato de o leilão privilegiar os investimentos na instalação e expansão da tecnologia, em vez de concentrar-se apenas em quem pagaria o maior valor. Apesar da rápida expansão, a entidade cita desafios, como legislações municipais desatualizadas que atrasam ou impedem a instalação de mais antenas.

Conforme levantamento do projeto Conecte 5G, criado pelas prestadoras associadas ao Conexis, apenas 501 municípios brasileiros têm leis de antenas alinhadas à Lei Geral de Antenas. Isso representa menos de 10% dos municípios brasileiros em conformidade com a legislação federal. As operadoras pedem regras mais claras e licenciamentos mais ágeis para manter a velocidade de expansão do sinal.

A tecnologia 5G tem uma vantagem em relação às redes anteriores, ao exigir a utilização de antenas pequenas, que dispensam torres e podem ser instaladas na fachada de prédios e até em postes e semáforos, sem interferir na paisagem urbana. No entanto, por ter frequência mais alta e comprimento de onda menor, a rede exige a instalação de mais antenas que os outros tipos de sinais.

Agência Brasil

O senador Styvenson Valentim (Podemos) afirmou durante entrevista que tem uma condicional para apoiar o prefeito de Caicó, Dr. Tadeu.“Para eu estar ao lado dele no palanque durante a campanha, eu já disse a ele uma condicional, uma única: onde o PT está eu estou longe”.

Caso o senador Styvenson mantenha essa postura, é possível que ele não suba no palanque do prefeito Emídio Júnior, tendo em vista a aliança do prefeito e o PT da governadora Fátima Bezerra. Inclusive, o PT local faz parte do primeiro escalão desde o início da gestão.

,

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Macaíba no Ar (@macaibanoar)

 

Uma das reclamações que o Macaíba no Ar tem recebido constantemente é sobre a limpeza pública de Macaíba. Em diversos bairros, o acumulo de lixo tem causado transtornos para os moradores, pois devido a demora no recolhimento dos resíduos, insetos e ratos têm aparecido com frequência nas residências. Um dos conjuntos habitacionais de Macaíba com um grande acumulo de lixo nas ruas é o Manoel Dias.

Nas imagens acima, você constata que o conjunto necessita de uma limpeza urgente. Os moradores também precisam colaborar nessa ação, assim como o município necessita recolher o lixo com certa regularidade, principalmente diminuindo o intervalo de um recolhimento para o outro.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Macaíba no Ar (@macaibanoar)

Uma comitiva do Republicanos Macaíba participou neste sábado (06) do preparatório eleições 2024 Capacitar e Qualificar, organizado pelo diretório estadual. O evento foi realizado no hotel Barreira Roxa, em Natal. A comitiva de Macaíba foi composta pela presidente do Republicanos municipal, professora Maria José, que estava acompanhada dos pré-candidatos à vereadores Janssen Motos, Adriana a Gaúcha, Raimundo Nonato, Luciana Bernardo, Vanda Alves e Dedé.

O evento tratou sobre marketing eleitoral, atualização da legislação eleitoral, plano de governo e mobilização transformando influência em voto. O evento também foi prestigiado pelo deputado estadual Adjuto Dias e pelo presidente estadual e prefeito de Natal Álvaro Dias.