Na cidade de Caicó, o candidato Robson Araújo ( Batata) decidiu não utilizar fogos de artifício ao fim de suas movimentações de campanha, a novidade não veio por acaso, entre os partidos coligado ao seu partido está a Rede Sustentabilidade, partido fundado por Marina Silva, que tem como uma de suas bandeiras a defesa aos animais.

Se os fogos de artíficio incomodam os ouvidos dos seres humanos, imagina  dos animais, os cachorros são exemplos disso, eles sofrem com barulho causado pelos fogos.

Eleições 2016

Veja trecho da decisão:

“Trata-se de representação ajuizada pela Coligação “Caicó Tem Jeito”, em face da Seta – Instituto de Pesquisa LTDA – ME, todos devidamente qualificados nos autos do presente processo, ao qual foi apensada a representação apresentada pelo Representante do Ministério Público, em desfavor do mesmo Instituto de pesquisa acima identificado com o mesmo pedido”.

Conforme narraram o Ministério Público e a Coligação em suas representações, a Seta – Instituto de Pesquisa LDTA – ME, deixou de observar itens técnicos imprescindíveis para a satisfação dos requisitos elencados no Art. 2º da Resolução do TSE nº 23.453/2015. Agora, leia aqui o que diz o referido artigo. Ao final, formulam o pedido liminar para que seja suspensa a divulgação da pesquisa objeto de impugnação, além dos requisitos de praxe.

O juiz Luiz Cândido destacou ainda que “no que se refere-se a análise da liminar requerida, percebe-se que existem razões que justificam o seu deferimento. É que, como se percebe, cotejando o registro da pesquisa, é possível perceber diversas imprecisões, notadamente no que se refere ao inciso IV do Art. 2º da Resolução nº 23.435/15 do TSE”, ou seja, plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução, nível econômico do entrevistado e área física de realização do trabalho a ser executado, nível de confiança e margem de erro, com a indicação da fonte pública dos dados utilizados. Não foi só por causa do Plano Amostral, e sim, por causa de todo o inciso IV.

Informações do Blog Sidney Silva

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte efetuou, no mês de setembro, 85 prisões, das quais 48 foram realizadas no interior do Estado. Os números fazem parte de ações isoladas como da realização de Operações, cumprimento de mandados de prisões e prisões em flagrante. As pessoas detidas pela Polícia Civil são suspeitas pela prática de crimes como associação criminosa, homicídio, latrocínio, tráfico de drogas, roubos, furtos, roubo de cargas, violência doméstica, milícia armada, receptação de veículos, estupro e posse e porte ilegal de arma de fogo e estelionato.

Entre as apreensões feitas pela Polícia Civil mereceu destaque a descoberta de um depósito onde estavam armazenadas uma carga de alho roubada avaliada em R$ 300 mil. A ação foi realizada, no dia 09, pela equipe da Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), na cidade de São Gonçalo do Amarante. A Deprov também conseguiu localizar um depósito de peças roubadas de veículos. Mais de 150 portas de carros foram encontradas no dia 21, no bairro de Igapó em Natal.

Uma investigação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o assassinato do bugueiro Juarez da Silva,59 anos, morto no dia 15 de junho deste ano, na comunidade do Leningrado, no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal. Os resultados da investigação resultaram na prisão de três pessoas e na apreensão do adolescente suspeito de ter atirado na vítima. O crime foi encomendado pela esposa da vítima Rosely Louzada, 38 anos, que combinou com três homens a invasão da residência do casal e a realização de um falso assalto. Ela teria prometido pagar o valor de R$ 900 para os executores, porém não efetivou o pagamento. Os quatro suspeitos pelo homicídio já estão detidos, inclusive o suspeito pelos disparos, um adolescente de 15 anos.

Ações realizadas no interior do Rio Grande do Norte

As equipes das delegacias existentes no interior conseguiram prender 48 suspeitos por vários crimes. No dia 11, uma ação conjunta da Delegacia de Polícia Civil de Patu e de policiais militares da Rádio Patrulha e do Grupo Tático Operacional (GTO) da cidade conseguiu prender em flagrante Emanuel Alves de Silva, 22 anos. Ele é apontado como sendo o autor de vários roubos cometidos durante o Festival de Cultura, que aconteceu no município.

Policiais civis da Delegacia de Pedro Velho prenderam em flagrante Luiz Paulo Barbosa, suspeito de ter praticado várias agressões contra o seu filho, no dia 12. A Polícia Civil recebeu informações do Ministério Público do município, que relatavam que uma criança com lesões pelo corpo estava sendo atendida no hospital e que a mesma teria alvo de agressões do pai. O pai confessou na Delegacia que espancava o filho com chicotes e pedaço de madeira.

A equipe de polícia civil de São Bento do Norte prendeu, no dia 15,Lucas Gonzaga Tavares, 18 anos, Josicleide Mendes dos Santos, 32 anos, e Pedro Araújo da Costa, 34 anos, os quais são suspeitos de terem participado de vários homicídios na região.

A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Mossoró prendeu, no dia 21, Wesley Patrick Ribeiro de Souza, 21 anos e Rafael Mariano Ribeiro, 26 anos em cumprimento a mandados de prisão preventiva. A dupla é suspeita de ter matado Mário Sérgio da Silva, no dia 30 de abril deste ano.

No dia 23, foi deflagrada pela equipe da Delegacia Regional de Caicó a Operação “Cavaleiros do Apocalipse”, que objetivou desarticular um grupo de suspeitos envolvidos com vários crimes que vem acontecendo na cidade. Um quantitativo de 100 policiais cumpriram 13 mandados de busca e cinco de prisão.

A equipe da Delegacia de Currais Novos, com apoio da Polícia Militar, conseguiu prender em flagrante seis homens, no dia 28. Eles são suspeitos pela prática de crimes como receptação de veículo roubado, posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Segundo o Instituto Seta, a ex-prefeita Marília Dias (PMDB) tem 37,1% das intenções de voto, seguida por Dr. Fernando com 34,1%, o que configura um empate técnico, visto que a margem de erro da pesquisa é de 4,5%. A terceira colocada foi Kátia Sena (PRP) com 23,3%.

O que chamou atenção na pesquisa foi a porcentagem de eleitores que votarão nulo e branco,  de apenas 1,1%, segundo a pesquisa,  em um período de descrédito na política. Indecisos foram registrados 4,3%.

A Pesquisa foi registrada sob número RN 07479/2016. O contratante é a Seta Instituto de Pesquisa Ltda ME (CNPJ 10783981000144). Foram realizadas 437 entrevistas, nos dias 24 e 25 de setembro de 2016. A confiabilidade é de 95% e margem de erro 4,5%.

SESED – Policiais da Força Nacional de Segurança Pública que estão atuando no Rio Grande do Norte em apoio as forças de segurança do estado, em conjunto com o 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) prenderam na tarde desta última quinta-feira (29) Luciana Modesto da Silva, de 24 anos, e apreenderam dois adolescentes de 16 e 17 anos, suspeitos de roubarem um veículo Renault/Sandero cor prata, de placas OQP-3681 de um morador da Redinha.

Na fuga, os meliantes foram interceptados na altura da Rotatória da Ponte Newton Navarro, lado Norte, quando o veículo foi visualizado pelas câmeras de monitoramento do CIOSP, onde eles foram abordados e detidos pelas equipes. Com eles foi apreendido um revólver calibre .38 municiado.

O trio foi conduzido à Delegacia de Plantão da zona Norte de Natal, para a realização dos procedimentos pertinentes, onde a vítima também compareceu e reconheceu o grupo como autores do roubo contra sua pessoa.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) tem monitorado as ações que visam a redução dos índices de criminalidade no estado.

Saiba mais

A portaria que autorizou o emprego da Força Nacional no RN foi publicada no dia 13 de setembro no Diário Oficial da União, em resposta a uma solicitação do Executivo estadual. O documento foi assinado pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Mais de 110 militares da Força Nacional atuarão no RN pelo período de 60 dias.

Eleições 2016

Agência Brasil – Levantamento divulgado ontem (29) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) identificou quase R$ 300 milhões de doações nestas eleições consideradas suspeitas. Essas doações foram feitas, por exemplo, por beneficiários do Bolsa Família  e desempregados.

De acordo com os dados, foram identificados 23.844 doadores que não têm renda compatível com o valor doado. Nesse caso, as doações somam cerca de R$ 227.471milhões. Foram identificados também 22.367 casos de doação de beneficiários do Bolsa Família, somando mais de R$ 21,132 milhões. Foram registradas também doações de 46.694 desempregados que superam o valor de R$ 51.963 milhões.

O cruzamento de dados é feito entre as prestações de contas de candidatos às eleições deste ano e outras bases de dados. O cruzamento é feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) entre diferentes bancos de dados e o sistema de prestação de contas do TSE. Os dados se referem até o dia 26 deste mês.

No balanço, foram identificados 143 casos de doadores com registro de óbito. As doações ultrapassam R$ 272 mil.

Parceria

Contadores que trabalham com a prestação de contas de partidos políticos e candidatos que concorrem às eleições deste ano serão capacitados pelos tribunais regionais eleitorais. Nesta quinta-feira (29), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, e o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), José Martonio Coelho, firmaram uma parceria para possibilitar a capacitação.

Segundo o TSE, o objetivo cooperação é que as informações prestadas à Justiça Eleitoral sejam enviadas de forma técnica e estejam de acordo com as normas.  “Os senhores sabem que uma das matérias importantes para nós é a prestação de contas. Prestação de contas dos candidatos, dos partidos, e é preciso que elas sejam tecnicamente adequadas e nesse sentido, contribui muito a participação do Conselho Federal de Contabilidade”, disse o ministro Gilmar Mendes após a cerimônia de assinatura.

Os contadores terão um manual onde poderão consultar as regras sobre a prestação de contas. “Muitas coisas que nós descobrimos, irregularidades que foram detectadas e que depois tiveram desdobramentos vieram das análises das contas. E para isso precisamos de ter um trabalho adequado, digno dos especialistas, dos peritos contábeis”, disse Mendes.

O TSE vai informar o CFC quais são os profissionais da área que estão assinando as prestações de contas entregues à Justiça Eleitoral. Com a relação, o conselho vai verificar se a situação dos profissionais está regularizada. Caso alguma irregularidade seja identificada, o TSE deverá ser informado.

Quadro-negro-escola
Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil

A Medida Provisória (MP) 746/2016, que trata da reforma das diretrizes nacionais para o ensino médio e foi editada na última semana pelo Ministério da Educação, recebeu, até o início desta noite, 567 sugestões de emendas. O prazo para apresentação das propostas de modificações ao texto enviado pelo Poder Executivo se encerra hoje (29) na comissão especial mista que vai analisar a MP.

O colegiado já foi criado, com 13 deputados e 13 senadores titulares, mas ainda não foi instalado. Com isso, não foram escolhidos ainda o presidente da comissão e o parlamentar que vai relatar o texto e ficar responsável por analisar as sugestões de emendas. A previsão é que o presidente seja um deputado e o relator um senador.

A expectativa é que o colegiado comece a trabalhar logo que os parlamentares retornem do recesso branco provocado pelas campanhas municipais. Isso pode ocorrer na próxima semana ou somente após o fim do segundo turno, se não houver quórum antes.

Proposta do governo

A Medida Provisória 746 reestrutura e flexibiliza o currículo comum obrigatório do ensino médio no país e gerou polêmica quando o governo anunciou que acabaria com a imposição de disciplinas como sociologia, filosofia, educação física e artes. Ao publicar a MP, no entanto, ficou estabelecido que questão será decidida pela Base Nacional Comum Curricular, que ainda está sendo definida. Por enquanto, essas disciplinas continuam obrigatórias nos atuais currículos.

A Base Nacional Comum Curricular é um documento que, desde o ano passado, está sendo definido, com o objetivo de nortear e definir o conteúdo que os alunos deverão aprender a cada etapa de ensino. A base específica para o ensino médio começará a ser discutida no próximo mês, de acordo com o Ministério da Educação (MEC) e deverá ser finalizada até meados do ano que vem.

Ao publicar na última sexta-feira (23) a MP, o governo tornou obrigatória para os três anos do ensino médio apenas o ensino de português e matemática. Inglês também torna-se obrigatório, mas não necessariamente para os três anos.

Os demais conteúdos serão definidos pela Base Nacional. A fim de possibilitar que isso seja feito, o governo exclui a obrigatoriedade do ensino de arte, filosofia, sociologia e educação física no ensino médio.

As mudanças só virão provavelmente a partir de 2018 – de acordo com o texto da MP, no segundo ano letivo subsequente à data de publicação da Base Curricular, mas podendo ser antecipado para o primeiro ano, desde que com antecedência mínima de 180 dias entre a publicação da Base Nacional e o início do ano letivo. Ou seja, nada muda nos atuais currículos.

 

Assecom/SESED

Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) realizaram ontem (28) uma série de operações preventivas de combate à violência na zona Sul da cidade do Natal. Durante a ação, foram realizadas abordagens em veículos e pessoas nas ruas, e realizado pontos bases em praças e paradas de ônibus dos bairros de Lagoa Nova, Pirangi, Potilândia, Capim Macio e Mirassol. Cerca de 180 pessoas foram revistadas pelo batalhão que não registrou prisões.

Bastidores

Os candidatos estão numa correria grande em Macaíba, afim de conseguir os apoios necessários para obterem sucesso no abrir das urnas neste domingo (02). A disputa em Macaíba tem um cenário muito parecido de 2012, onde a disputa se polarizou entre Fernando Cunha e Marília Dias,mesmo com três candidatos, como foi em 2012.

A novidade neste pleito na disputa ao executivo é a vereadora Kátia Sena (PRP), que disputa a  Prefeitura pela primeira vez.

Até domingo a movimentação vai continuar em ritmo acelerado, pois cada voto é importante.

 

 

SESED – Policiais da Força Nacional de Segurança Pública que estão atuando no Rio Grande do Norte em apoio as forças de segurança do estado recuperaram na manhã desta última quarta-feira (28) na Rua Quintino Bocaiuva, na cidade de Natal, um veículo modelo Agile LT, de cor prata e placas NNV 4772 que estava com registro de roubo/furto.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) tem monitorado as ações que visam a redução dos índices de criminalidade no estado.

Saiba mais

A portaria que autorizou o emprego da Força Nacional no RN foi publicada no dia 13 de setembro no Diário Oficial da União, em resposta a uma solicitação do Executivo estadual. O documento foi assinado pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Mais de 110 militares da Força Nacional atuarão no RN pelo período de 60 dias.

Resultado de imagem para chimbinha grava dvd

Nesta última terça-feira (27), o guitarrista Ximbinha, gravou o primeiro DVD da sua Banda, a XCalypso. O músico bastante conhecido no Brasil e no mundo pelo sucesso da antiga Banda Calypso, volta aos palcos após recente formação da sua atual banda, que passou por modificações nos vocais após saída de Thabáta Mendes.

O show teve participação da cantora Lia Sophia e foi realizado Atrium Quinta de Pedras em Belém.

A ex-prefeita Marília Dias (PMDB), realiza hoje comício na Rua Nossa Senhora da Conceição. A partir das 19hs no centro de Macaíba. A candidata que disputa o pleito pela terceira vez, tenta voltar administrar o Palácio Auta de Souza, concorrendo contra o atual Prefeito, Fernando Cunha (PSD) e a vereadora Kátia Sena (PRP), que disputa ao cargo do executivo pela primeira vez

Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil

Terminou sem acordo a reunião entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários ontem (28), em São Paulo, informou o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Com o fracasso da negociação, a greve dos bancários continua. Essa é décima rodada de negociação, que começou com a entrega da pauta de reivindicações dos trabalhadores no dia 9.

O Comando Nacional rejeitou a proposta dos bancos e convocou assembleia para segunda-feira (3), às 17h, na quadra dos bancários. Mesmo assim, o Comando diz que vai se manter de plantão em São Paulo caso a Fenaban queira fazer uma nova proposta.

Na reunião de ontem (27), os bancos fizeram uma proposta de novo modelo de acordo para a categoria, com validade de dois anos, em vez de um, como ocorreu nos últimos anos. Hoje, a Fenaban manteve o reajuste em 7%, com abono de R$ 3,5 mil e, para o ano que vem, propôs 0,5% de aumento real, o que representaria perda real, nesses dois anos, de 1,9%, de acordo com informações do sindicato dos bancários.

“A Fenaban perdeu a oportunidade de resolver a greve. Em sintonia com a política do governo, banqueiros querem reduzir o custo do trabalho no acordo com os bancários. A greve continua e estamos à disposição para nova negociação com a Fenaban”, disse Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

Reivindicações

Os trabalhadores reivindicam reajuste de 14,78%, sendo 5% de aumento real, considerando inflação de 9,31%; participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários acrescidos de R$ 8.317,90; piso no valor do salário-mínimo do Dieese (R$ 3.940,24), e vales alimentação, refeição, e auxílio-creche no valor do salário-mínimo nacional (R$ 880). Também é pedido décimo-quarto salário, fim das metas abusivas e do assédio moral.

Atualmente, os bancários recebem um piso de R$ 1.976,10 (R$ 2.669,45 no caso dos funcionários que trabalham no caixa ou tesouraria). A regra básica da participação nos lucros e resultados é 90% do salário acrescido de R$ 2.021,79 e parcela adicional de 2,2% do lucro líquido dividido linearmente entre os trabalhadores, podendo chegar a até R$ 4. 043,58. O auxílio-refeição é de R$ 29,64 por dia.

Um balanço feito pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região mostra que 838 locais de trabalho, sendo oito centros administrativos e 828 agências fecharam nesta quarta-feira (28), na base do sindicato, com mais de 29 mil trabalhadores aderindo à greve.