Em 48 horas, a plataforma RN Mais Vacina já conta com mais de 400 mil potiguares cadastrados. O sistema, construído pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), objetiva facilitar o monitoramento das aplicações da vacina da Covid-19 no Rio Grande do Norte.

A adesão crescente da população reflete todo o compromisso e seriedade investidos pelo Governo do Estado em criar uma ferramenta transparente que mostra todo o processo de assegurar o uso da vacina de forma justa e eficaz.

“Durante todo o período da pandemia, o Governo não tem medido esforços em construir estratégias que mitiguem o impacto do novo coronavírus, as ações versaram desde a abertura de novos leitos até a entrega de máscaras, contratação e convocação de mais profissionais da saúde, elaboração do Regula RN e agora o RN Mais Vacina”, ressaltou a subsecretária de Planejamento e Gestão da Sesap, Lyane Ramalho.

A subsecretária ainda destacou que a preparação para iniciar a campanha de vacinação. “Esse sistema cumpre um papel essencial de dar equidade ao processo e mostrando toda a nossa responsabilidade em cumprir nosso papel de construir dispositivos inovadores em saúde, mas além disso já vínhamos nos organizando com a aquisição de seringas e agulhas, capacitação de vacinadores e instalação da rede de frio”, disse.

O cadastro no sistema permitirá que cada cidadão tenha seu cartão virtual, recebendo notificações das datas, dentro do calendário nacional de vacinação, em que o grupo em que se enquadra receberá a vacina, além de todas as informações do processo.

Para realizar o registro, basta acessar maisvacina.saude.rn.gov.br/cidadao/, inserir alguns dados pessoais e informações quanto a grupo de risco e comorbidades. Mesmo que essa primeira etapa de vacinação seja restrita aos grupos prioritários, a Sesap orienta que todas as pessoas façam o cadastro, auxiliando na criação de um banco de dados com o perfil dos norte-rio-grandenses.

Câmara de Macaíba emite nota para esclarecer fala de pré-candidato a vereador | Senadinho Macaiba

O presidente da Câmara de Macaíba, Denilson Gadelha, convoca sessão extraordinária para tratar sobre o veto do Poder Executivo no projeto de lei 010/2020 que trata do sistema de previdência municipal. O prefeito Emídio Júnior vetou um trecho da lei que previa aumento da alíquota para aposentados e pensionistas do MacaíbaPrev.

Sendo mantido o veto pela Câmara, os aposentados e pensionistas que recebem até o teto do INSS não irão contribuir com a alíquota de 14% aprovada pelos vereadores no final do ano passado.

A sessão ocorrerá nesta quinta-feira (21), às 17h.

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia,Previdência Social

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Portaria nº 1.266/2021, publicada hoje (20) no Diário Oficial da União, prorroga a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março.

A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. De acordo com a portaria, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício. O procedimento, entretanto, deixou de ser exigido em março de 2020, entre as ações para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e a medida vem sendo prorrogada desde então.

Desde agosto do ano passado, o a prova de vida também pode ser feita por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Ler mais…

 

O Ministério Público Eleitoral apresentou um parecer favorável ao indeferimento do registro de candidatura de Kericlis Alves Ribeiro, que concorreu ao cargo de deputado federal em 2018, no Rio Grande do Norte. Kerinho, como é mais conhecido, disputou as eleições com seu registro “sub judice” e a posterior validação de seus votos permitiu um novo cálculo do coeficiente eleitoral, garantindo ao deputado federal Beto Rosado assumir a vaga que estava com Fernando Mineiro na Câmara Federal. A depender da decisão da Justiça Eleitoral, este último pode reaver o cargo.

Nos últimos anos, a carcinicultura brasileira vem ocupando novos espaços e trazendo outras perspectivas para a produção de camarões. O desenvolvimento de novas formas produtivas e o aumento da demanda nacional são alguns dos principais fatores que explicam o crescimento da atividade econômica. Diversos projetos acadêmicos estão sendo realizados para um desenvolvimento seguro e proveitoso da carcinicultura no Brasil. O projeto PROAQUA: utilização, aplicação e mercado para o camarão cultivado, realizado na Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), surge como um contribuidor e disseminador de conhecimentos na área. Também se apresenta como estimulador de consumidores e produtores, buscando mostrar o potencial produtivo que a atividade econômica possui.

Coordenado pelo professor Rodrigo Antonio P. de L. F. de Carvalho, o projeto foi criado em junho de 2020 e conta com a participação de professores, técnicos e discentes do curso Técnico em Aquicultura e alunos da graduação de Nutrição, proporcionando aos envolvidos a oportunidade de atuar ativamente na disseminação das informações.

O professor Rodrigo acredita que, apesar do crescimento da produção e da comercialização do camarão, algumas informações não atingem os consumidores de maneira qualificada e esta suspeita ficou mais evidente com o crescimento da comercialização do camarão diretamente para o consumidor durante a pandemia do coronavírus. “Nós temos visto lives, divulgações e propagandas, mas ainda é preciso esclarecer alguns aspectos e passar novas informações, que temos acesso com qualidade e que ajudam a promover o camarão”, conta.

O PROAQUA funciona através de três tarefas principais, pensadas para melhor atuação do projeto enquanto atividade informativa. As tarefas são divididas em A, B e C, e são separadas por setores do consumo: utilização, aplicação e mercado. A tarefa A, utilização, está relacionada à agregação de valor e de qualidade do camarão, visando a melhor utilização possível do produto. A tarefa B, aplicação, por outro lado, busca apresentar os benefícios e os riscos trazidos através do consumo de camarões, além de buscar esclarecer mitos criados sobre alergias e problemas de saúde relacionados ao camarão. Já a tarefa C, mercado, propõe um estudo mais aprofundado, através de pesquisas, para entender o hábito do consumidor de camarão, como preferências de tamanho e a frequência de consumo. As informações pesquisadas e colhidas, que são de interesse do público consumidor, como o projeto apresenta, são divulgadas para atingir cada vez mais pessoas.

Devido à pandemia do coronavírus, todas as atividades estão sendo realizadas através dos meios digitais e de maneira remota, por meio de postslives e redes sociais (@proaquaufrn). O coordenador do projeto afirma que é um momento para fazer proveito da maior utilização do mundo digital a fim de disseminar os conhecimentos apresentados pelo projeto. “Aproveitar este momento, que as pessoas estão muito sintonizadas nas mídias eletrônicas, para passar essas informações”, ressalta.

Apesar das vantagens proporcionadas pelo mundo digital, o professor Rodrigo reconhece que existem dificuldades enfrentadas para que o projeto consiga efetuar seu papel, enquanto atividade de extensão, como a ausência de consumidores nas redes sociais. Entretanto, enxerga com esperança as ideias pensadas para realização no futuro do projeto.

“Nós achamos que as mídias sociais são tudo e que vamos conseguir atingir todo mundo, mas não é bem assim. Não chega a todos. E a nossa ideia, também, para não ficar só no virtual, é elaborar um pequeno manual com todas essas informações. Sobre agregação de valor, aspectos de qualidade, as dicas de aplicação. Para deixar algo físico nas mãos dos lojistas e consumidores”, comenta.

O professor Rodrigo reconhece que, em função das dificuldades trazidas pela pandemia, o projeto ainda não atingiu todos os seus objetivos e será renovado em 2021. Porém, mesmo reconhecendo as dificuldades enfrentadas no período pandêmico, espera por um futuro concreto e produtivo para o PROAQUA, com a participação de estudantes, técnicos e colaboradores que busquem ampliar os conhecimentos sobre utilização, aplicação e mercado do camarão cultivado.

Atenção! Novas oportunidades mediante o Programa Acessuas Trabalho

Através do Programa Acessuas Trabalho, a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social informa que há vagas abertas em Macaíba para as seguintes funções: Analista de T.I. (nível superior), Operador de Empilhadeira, Operador de Caldeira e Faturista. Todas as vagas são para o sexo masculino e exigem experiência comprovada em carteira na função. No caso de Faturista, exige-se que o pretendente tenha meio de locomoção. Currículos devem ser enviados para o email <acessuassemtasmacaiba@gmail.com> ainda hoje, 20/01. Maiores informações pelo telefone: 3271-6504, das 7h30 às 13h30.

Foto: Edeilson Morais

A primeira macaibense foi vacinada contra o novo coronavírus (Covid-19) em solenidade que deu início a vacinação contra a doença no Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (19), na Escola de Governo do RN, em Natal. Antônia Pinheiro da Silva Araújo, 54, enfermeira da Estratégia de Saúde da Família e moradora da comunidade indígena Tapará recebeu a vacina, um momento histórico para Macaíba.

“Estou muito feliz por ter sido imunizada contra esse vírus da Covid-19 e vou ficar muito mais feliz quando todo mundo estiver imunizado”, declarou Antônia. O prefeito Emídio Jr esteve na solenidade que marca a campanha de vacinação no estado ao lado da secretária municipal de Saúde de Macaíba, Roberta Guilhermina. Cerimônia que também contou com a presença da governadora do RN, Fátima Bezerra, prefeitos da Região Metropolitana de Natal, do senador Jean-Paul Prates entre outras autoridades.

As 572 doses da vacina chegaram à Macaíba nesta terça (19) e, inicialmente o público vacinado é composto por trabalhadores de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência, públicas ou particulares. A distribuição está sendo feita de acordo com cálculos do Ministério da Saúde e os outros grupos serão vacinados nas demais etapas do cronograma. As aplicações serão monitoradas por tablets do programa RN + Vacina, equipamento que servirá para cadastramento e controle das ações. O Plano Municipal de Vacinação será divulgado em breve pela Prefeitura.

Assecom-PMM

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou hoje (19) o resultado da seleção de estudantes para os cursos técnicos subsequentesintegrados ProEJA e de especialização. Os processos seletivos foram regidos pelos editais 1, 2 e 3/2021 e os estudantes selecionados vão ingressar nas turmas ofertadas ainda no semestre letivo 2020.2.

MATRÍCULAS

Os candidatos selecionados poderão se matricular de forma presencial ou on-line. Para a matrícula presencial, é necessário agendar o horário de atendimento através do e-mail disponível no anexo dos editais, nos dias 20 e 21 de janeiro. Já as matrículas on-line poderão ser realizadas a partir do dia 21 até as 13h do dia 22 de janeiro de 2021, através do link https://www.gov.br/pt-br/servicos/matricular-se-em-curso-de-educacaoprofissional-tecnica-educacao-de-jovens-e-adultos-integrado-e-subsequente-ifrn. Todos os documentos estão descritos a partir do Item 16 dos editais.

ACESSE:

Edital 1/2021 – Cursos Técnicos subsequentes

Resultado final | Página do processo seletivo

Edital 2/2021 – Cursos Técnicos Integrados ProEJA

Resultado final | Página do processo seletivo

 Edital 3/2021 – especializações

Resultado final | Página do processo seletivo

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), voltou atrás e disse na noite desta terça-feira (19) que não será mais o primeiro vacinado contra a covid-19 na campanha de imunização realizada pela Prefeitura da capital. O anúncio do recuo foi feito em entrevista à 96 FM.

Álvaro havia afirmado mais cedo que seria o primeiro a tomar a vacina para “dar o exemplo” à população. “Eu aceitei o convite de ser o primeiro paciente a receber a vacinação. Como médico e pessoa com comorbidades, vou dar o exemplo para comprovar a eficácia da vacina para quem mora na capital”. Porém, ele afirmou no início da noite que desistiu de ser o primeiro após críticas de que estaria “furando fila”.

Para o prefeito, sua decisão de tomar a vacina foi “distorcida”. “Sou médico, do grupo de risco. Estou em contato permanente com o hospital de campanha. Também me incluo dentro do grupo dos profissionais de saúde que estão em permanente contato e, portanto, sujeito a riscos de contaminação. Mas, tendo em vista que alguns grupos procuraram distorcer a disponibilidade que nós tivemos de ser o primeiro para dar o exemplo, resolvemos repensar. Eu estou protegido porque tomo a ivermectina. Então posso deixar para tomar a vacina numa etapa posterior”, disse.

Dias destacou que, no lugar receber a vacina, deverá aplicá-la em um profissional de saúde. “Tendo em vista a distorção que estão fazendo, resolvemos repensar e desistir de ser o primeiro para dar o exemplo. Ao invés de tomar, eu posso, como médico, aplicar a vacina que alguém que esteja amanhã no Nélio Dias às 8h da manhã”, afirmou.

Fonte: Agora RN

 

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) admitiu que poderá haver atraso na produção da vacina contra a covid-19 causado pela falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Em nota divulgada nesta terça-feira (19), a Fiocruz explicou que ainda aguarda a confirmação do insumo-base para a fabricação das vacinas.

“Embora ainda dentro do prazo contratual em janeiro, a não confirmação até a presente data de envio do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) poderá ter impacto sobre o cronograma de produção inicialmente previsto de liberação dos primeiros lotes entre 8 e 12 de fevereiro”, informou a Fiocruz.

Segundo a fundação, o cronograma de produção será detalhado assim que a data de chegada do insumo estiver confirmada. “Ainda que sejam necessários ajustes no início do cronograma de produção inicialmente pactuado, a Fiocruz segue com o compromisso de entregar 50 milhões de doses até abril deste ano, 100,4 milhões até julho e mais 110 milhões ao longo do segundo semestre, totalizando 210,4 milhões de vacinas em 2021”, diz a nota.

A Fiocruz produz a vacina em conjunto com a AstraZeneca.

Agência Brasil

O prefeito Emídio Jr concederá entrevista coletiva para a imprensa macaibense sobre o Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19), na tarde desta terça-feira (19), às 17h, na Sala de Reuniões do Palácio Auta de Souza. Na oportunidade também estarão a secretária municipal de Saúde Roberta Guilhermina e Sâmara Bridget Monteiro, chefe da Atenção Básica em Saúde da Prefeitura.

Emídio e as representantes da Secretaria de Saúde irão destacar todas as atividades do Plano. Nesta terça-feira (19), a primeira macaibense foi vacinada contra a Covid-19, Antônia Pinheiro da Silva Araujo, 54, enfermeira da Estratégia de Saúde da comunidade indígena Tapará e moradora do local. 

Nenhuma descrição de foto disponível.

A Prefeitura informa que o primeiro lote de vacinas contra a COVID-19 do tipo Coronavac chegaram até a Secretaria Municipal de Saúde de Macaíba no início da tarde desta terça-feira (19/01). Em Macaíba, a priori, os grupos a serem vacinados neste primeiro momento são: trabalhadores da saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência públicas ou privadas.

ASSECOM/RN – ELISA ELSIE

O primeiro lote de vacina contra a Covid-19 – a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan junto à Sinovac – chegou ao Rio Grande do Norte na madrugada desta terça-feira (19). O esperado voo com as doses do imunizante desembarcou no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta de 1h. Do aeroporto, as 82.440 doses foram transportadas para a Central de armazenamento e distribuição instalada na Unicat (Unidade Central de Agentes Terapêuticos), em Natal.

Este primeiro lote vai atender 39.258 potiguares com duas doses da vacina, aplicadas entre um intervalo de 28 dias, priorizando os grupos prioritários: trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas).

A secretária adjunta de Estado da Saúde Pública (Sesap), Maura Sobreira, explicou que, a partir de orientações do Governo Federal, foram estabelecidos critérios de priorização para a aplicação das doses. “Nesse primeiro momento, receberão a vacina os idosos que estão institucionalizados, ou seja, aqueles que moram em abrigos. Com relação aos profissionais de saúde, também houve uma necessidade de escalonamento. Como prioridade, primeiramente, serão os próprios vacinadores, além dos profissionais que estão atuando na linha de frente, seja em urgências e emergências, seja em UPA’s, Samu’s, unidades hospitalares, hospitais de campanha, Centros Covid e profissionais da atenção primária”, disse.

Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber, nesta terça-feira (19), R$ 2,75 bilhões referentes ao abono salarial do calendário 2020/2021 – ano-base 2019. A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial, para quem não é cliente do banco.

As poupanças digitais podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem. Disponível para telefones celulares, o aplicativo permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos bancários, compras com cartão de débito virtual pela internet e compras com código QR (versão avançada do código de barras) em estabelecimentos parceiros.

Para os funcionários públicos ou trabalhadores de empresas estatais, vale o dígito final do número de inscrição do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A partir de amanhã, fica disponível o crédito para inscritos com final 5. O Pasep é pago pelo Banco do Brasil.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberam o abono salarial do PIS em 2020. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2021.

Os servidores públicos com final de inscrição do Pasep entre 0 e 4 também receberam em 2020. Já as inscrições com final entre 5 e 9 ficaram para 2021. O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2020/2021 ocorre em 30 de junho.

Ler mais…

COM A PALAVRA VEREADOR FELIPE ALVES 28/06/2019 - YouTube

O vereador Felipe Alves (PDT) disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderia ter tido uma postura mais altiva e eficaz no tocante à solução de vacina contra a Covid-19. Em sua avaliação, o presidente “deixou muito a desejar” e “frustrou a expectativa dos brasileiros”.

“Primeiro vejo que foi uma excelente notícia, a mais aguardada dos últimos tempos, a aplicação da vacina no Brasil. Na minha opinião, independente de qual vacina fosse aprovada, aquela que a Anvisa chancelasse, acredito que isso significa a eficácia cientifica dela. Não tenho nenhum elemento para desconfiar da competência dos técnicos da Anvisa”, declarou.

Em relação a Bolsonaro, Felipe afirmou que “a postura dele frente à covid e à vacina deixou muito a desejar em relação à expectativa dos brasileiros”. Para o vereador, o presidente da República “não priorizou, nas suas ações, a busca pela vacina em si”. Segundo Felipe, “não à toa que estados como São Paulo tomaram o protagonismo dessa questão”, disse Felipe, enfatizando que, “antes tarde do que nunca, o Ministério da Saúde levou a efeito o Plano de Vacina, mas a postura de Bolsonaro poderia ter sido mais eficaz”, reclama.

Agora RN