Cotidiano Arquivo

Foto: Alan Santos/PR

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), comentou nesta sexta-feira (7) sobre as 25 mortes ocorridas durante operação deflagrada pela Polícia Civil no Jacarezinho (RJ) nesta quinta-feira (6).

“Tudo bandido! Entra um policial numa operação normal e leva um tiro na cabeça de cima de uma laje. Lamentavelmente, essas quadrilhas do narcotráfico são verdadeiras narcoguerrilhas, têm controle sob determinadas áreas e é um problema da cidade do Rio de Janeiro”, declarou Mourão.

 

A governadora Fátima Bezerra anunciou no fim da manhã desta sexta-feira(07), em reunião com o Fórum dos Servidores, o pagamento do 13º salário de 2018 para este mês de maio.

“Dessa vez de forma integral para quem recebe até R$ 4.500,00. Os que ganham acima dessa faixa receberão linearmente R$ 2.000,00”, disse.

A coleta de lixo em Macaíba agora passar a contar com o auxílio de 20 containers para realizar a coleta mecanizada de lixo doméstico. Esse sistema vai colocar Macaíba como uma das poucas cidades do estado a contar com esse moderno serviço de limpeza. O prefeito Emídio Jr esteve pessoalmente acompanhando a instalação do primeiro desses equipamentos, na tarde desta quinta-feira (06/05), no Araçá, região da RN-160. Até o próximo sábado (08), a Semurb pretende instalar todos os novos recipientes.

Os containers deverão ser distribuídos nas zonas urbana e rural, em pontos estratégicos, como o mercado público no centro da cidade. O armazenamento adequado do lixo otimiza o serviço e minimiza problemas. Esse sistema evita a proliferação de doenças, o mal cheiro, e o acesso de animais ao lixo, além de evitar que o lixo se acumule e entupa bueiros ou vá parar em rios ou córregos.

A intenção da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMURB) é que o número desses equipamentos venha a crescer nos próximos meses. A SEMURB ressalta ainda que o equipamento deve ser usado apenas para o lixo doméstico, não devendo ser colocado entulho ou podas, e que a população deve fazer a sua parte para juntos mantermos uma cidade mais limpa e agradável.

 

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou nesta quinta-feira (6) que a partida entre Brasil e Equador, válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar (2022), acontecerá às 21h30 (horário de Brasília) do dia 4 de junho no estádio Beira Rio, em Porto Alegre.

No final de abril, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já havia tornado público a data e o local de realização da partida, mas ainda faltava a confirmação do horário, o que foi feito nesta quinta.

Além disso, foi confimado que quatro dias depois (8 de junho), a equipe comandada pelo técnico Tite medirá forças com o Paraguai em Assunção a partir das 20h30. As duas partidas acontecem antes do início da participação da seleção brasileira na Copa América, programada para acontecer entre 11 de junho e 10 de julho na Argentina e na Colômbia.

O Brasil é o líder das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo com 100% de aproveitamento, com 4 vitórias em 4 partidas.

Polícia Federal cumpre mandados em investigação que apura venda de dados de clientes da Caixa Econômica FederalDe acordo com a investigação, dados foram repassados a uma financeira, em Porto Alegre/RS.

Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta manhã (6) a Operação Data Venditionis, para investigar a venda de dados sigilosos de clientes da Caixa. Um funcionário é suspeito de comercializar informações sobre empréstimos consignados para uma financeira de Porto Alegre.

A PF estima que 127 clientes no Rio Grande do Sul e nos estados do Amazonas, de Santa Catarina e do Paraná tiveram os dados violados. A investigação começou em janeiro deste ano, com base em denúncia feita à Ouvidoria da Polícia Federal.

As diligências realizadas indicam que “contratos de empréstimo eram transferidos para a financeira a partir das informações fornecidas pelo servidor. Com a prática, há prejuízo à Caixa, com redução da carteira de crédito e a consequente perda de faturamento, e aos clientes que tiveram suas informações pessoais compartilhadas”.

Policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão, em Porto Alegre. Os crimes investigados são violação de sigilo funcional e corrupção ativa e passiva.

Agência Brasil

 

Secretário Cipriano Maia abre curso sobre carga de doenças - Secretaria de Estado da Saúde Pública

O jornalista Heitor Gregório destaca em seu blog: Em reunião do Comitê de Especialistas da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) na noite de ontem (4), os integrantes demonstraram preocupação com o atual momento da pandemia.

O indicador composto, que reúne uma série de informações sobre o quadro da pandemia no Rio Grande do Norte, aponta para uma piora em diferentes municípios do Estado.

A análise feita pelo indicador composto aponta que o RN está há duas semanas com índices tanto de mortalidade quanto de casos confirmados com curva crescente. De acordo com o documento, as regiões Metropolitana de Natal, Oeste, Agreste e Vale do Açu estão em alerta vermelho para a taxa de casos ativos, o que corresponde a um aumento de casos confirmados na maior parte do Estado.

Na visão do secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, o conjunto dos dados atuais não indica que seja para manter abertos ambientes que tenham alto risco de transmissão. “Os dados nos mostram que precisamos dar atenção mais ainda a todas as medidas de cuidado e evitar assim a transmissão desse vírus tão mortal para não chegarmos a uma terceira onda”, afirmou o secretário.

“Essa onda é mais grave e mais demorada. Ameaça o desabastecimento e, assim, o bloqueio de leitos tão necessários para a assistência. Estamos numa fase da onda que está demorando a baixar. É fundamental que a população compreenda que precisa retomar os cuidados e evitar aglomeração”, disse, durante a reunião, a infectologista Marize Reis, membro do Comitê.

DADOS

O levantamento mais recente do indicador composto, liberado no dia 4, aponta que 84,8% da população potiguar está em área de alerta, entre o sinal amarelo (3 e 4 pontos) e vermelha (5 pontos). A análise por região mostra que apenas o Alto Oeste conta com mais da metade de sua população em áreas de sinal verde (1 ou 2 pontos), apesar de ainda contar com 11,3% em sinal vermelho.

Na outra ponta, a Região Metropolitana está com toda a população em sinal amarelo, seguida do Agreste (94,6%), do Oeste (88,2%) e do Vale do Açu (84,3%).

O acompanhamento do indicador composto nas regiões, em comparação com o levantamento feito na última semana de abril, elenca que 78 municípios pioraram a situação, outros 80 mantiveram-se estáveis e apenas nove melhoraram de condição.

O indicador composto é fruto do trabalho da Sesap, do Comitê de Especialistas e da UFRN, sob a coordenação do professor Kenio Lima. O estudo permite um monitoramento da pandemia em todo o estado. O estudo reúne nove variáveis – casos ativos, ocupação de leitos, óbitos, entre outras – que traçam um olhar mais apurado sobre a situação de cada município e um escore que mostra a evolução a cada semana. Os dados servem de subsídio para a tomada de decisões na gestão da pandemia.

Foto: Reprodução/YouTube/Band Natal

Em jogo realizado na tarde desta quarta-feira(05) no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal, o ABC venceu o Globo pelo placar de 2 a 1.

Os gols do ABC foram marcados por Helitão, aos 39 do 1º tempo e Gabriel Recife(contra), aos 10 do 2º tempo. Rafael Negueba marcou nos acréscimos do 1º tempo para o time do Globo.

Com esse resultado, o alvinegro soma três pontos e assume provisoriamente a segunda colocação na classificação da Copa RN, atrás do Santa Cruz no saldo de gols.

Veja como foi o jogo assistindo AQUI via Band Natal.

Blog do BG

Smartphones

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Senado aprovou hoje (5) o projeto que amplia penas por crimes de furto e estelionato praticados com o uso de dispositivos eletrônicos como celulares, computadores e tablets. O projeto cria um agravante, com pena de reclusão de 4 a 8 anos, para o crime de furto realizado com o uso desses aparelhos, estejam ou não conectados à internet, seja com violação de senhas, mecanismos de segurança ou com o uso de programas invasores.

O texto, de origem no Senado, sofreu alterações na Câmara e voltou ao Senado, onde essas alterações foram confirmadas. Agora, segue para sanção presidencial.

Se o crime for praticado contra idoso ou vulnerável, a pena aumenta de um terço ao dobro, considerando-se o resultado. E, se for praticado com o uso de servidor de informática mantido fora do país, o aumento da pena pode ir de um terço a dois terços.

No crime já existente de invadir aparelhos de informática para obter dados, modificá-los ou destrui-los, o projeto aumenta a pena de detenção de 3 meses a 1 ano para reclusão de 1 a 4 anos. A redação do tipo penal é alterada para definir que há crime mesmo se o usuário não for o titular do aparelho, condição comum no home office.

“Estamos de acordo com o senador [autor do projeto] que defende que a atual orientação jurisprudencial acaba por estabelecer o império da impunidade em relação a essas fraudes, com grave prejuízo à administração da justiça e à sociedade em geral, assim acatamos a redação recebida da Câmara também quanto ao ponto”, afirmou o relator do projeto no Senado, Rodrigo Cunha (PSDB-AL), em seu parecer.

Na manhã desta quarta-feira (05) a secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo realizou a limpeza da rotatória da BR-304, em Macaíba. Conforme havíamos publicado, a vegetação no local estava impedindo a visualização dos motoristas.

Problema resolvido!

Netinho França participou de uma reunião com o deputado federal Rafael Motta em busca de desenvolvimento para a cidade, ele foi acompanhado pelo secretário de Esportes e Lazer Sócrates e de Matheus Mafra, como sempre falou que seria um ”vice atuante’ Netinho tem batalhado arduamente junto do prefeito Emídio Júnior para que o povo macaíbense tenha orgulho de sua cidade.

Netinho França Postou em suas redes sociais:

”Boa Noite, Macaíba!
Acompanhado do Secretário de Esportes e Lazer @socrates e de @matheusmafra tivemos uma reunião com o Deputado Federal @rafelmotta onde tratamos de assuntos importantissimos para o desenvolvimento de nossa querida e amada Macaíba.

Muito em breve traremos novidades!”

Assessoria

 

O Brasil segue com dificuldade em realizar a vacinação em massa de sua população. Dependente da coronavac e da astrazeneca, o país tem sofrido para obter novas vacinas, principalmente dos países desenvolvidos. Enquanto o Brasil vacina os idosos, os Estados Unidos da América deu início a vacinação dos jovens. O presidente Joe Biden pretende vacinar 70% dos adultos até 4 de julho. Biden quer incluir adolescentes na vacinação, isso aqui no Brasil está longe de acontecer.

O setor de comércio, serviços e turismo é responsável por 65% do PIB (produto interno bruto) do Rio Grande do Norte, segundo pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio RN). De abril de 2020 até março de 2021, devido a pandemia de Covid-19, o setor registrou uma queda de 70% no número de passeios turísticos realizados, de acordo com dados do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado. Em entrevista ao Repórter 98 desta terça-feira (4), o presidente Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), Abdon Gosson, falou sobre o impacto da pandemia no turismo do Estado.

“O nosso aeroporto teve uma queda de 51% no número de voos, na nossa hotelaria nós tivemos uma queda de quase 50%. Nós tivemos também, dados da Fecomércio, que deixou de circular na nossa economia de abril do ano passado até fevereiro deste ano R$ 1,5 bilhões, provenientes único e exclusivamente do turismo”, disse Gosson.

De acordo com o presidente da ABIH mais de 5 mil pessoas do ramo da hotelaria ficaram desempregadas na pandemia. Gosson disse que alguns hotéis chegaram a demitir 70% dos empregados devido ao prejuízo. Gosson defendeu que o setor de hotéis, bares e restaurantes funcionem seguindo os protocolos sanitários.

Fonte: Portal da 98 FM

 

Divulgação/Assessoria

Destacando que o Rio Grade do Norte é o único estado do Nordeste a ter os seus bares e restaurantes fechados e que a “quebradeira no turismo é muito grande”, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) cobrou da governadora Fátima Bezerra (PT) uma solução que permita o funcionamento dos bares e restaurantes, inclusive com a permissão de comercialização de bebidas alcoólicas. O parlamentar destacou ainda a grave situação de garçons e demais trabalhadores do setor que, segundo ele, encontram-se impossibilitados de garantir o sustendo de suas famílias. Tomba Farias defendeu também o imediato retorno das aulas.

“Os donos de restaurantes e de bares não aguentam mais. Não existe em nenhum local uma situação trágica como a que acontece no Rio Grande do Norte, que é o único estado do Nordeste que continua com seus restaurantes e bares fechados e proibidos de vender bebidas alcoólicas”, enfatizou.

O parlamentar disse ainda que nunca conseguiu entender o motivo da proibição de bares e restaurantes venderem “uma taça de vinho, uma cerveja ou uma dose de uísque”, até mesmo durante o período de permissão de funcionamento até às 20 horas. Para Tomba Farias também não existe explicação para que os estabelecimentos funcionem só até às 20 horas e não até às 22 horas. “Qual a diferença?”, questiona, lembrado que a venda de bebidas alcoólicas é uma das principais fontes de receita para a sobrevivência do setor.

“É preciso que o governo do RN dê uma oportunidade ao turismo, esse pessoal não aguenta mais, pois a quebradeira é muito grande. Os restaurantes estão todos fechados e  o desemprego é grande. Governadora, a senhora precisa tomar uma posição firme. Que os bares e restaurantes sejam abertos, seguindo com rigor todos os protocolos de segurança sanitária”, disse.

ESCOLAS

Tomba Farias também defendeu o retorno das aulas. “As escolas precisam voltar com urgência urgentíssima”, ressaltou. Ele revelou que em Santa Cruz  as aulas foram paralisadas, apesar da rede de ensino do município seguir todos os protocolos de segurança sanitária, como uso de álcool gel e máscaras para alunos e professores, redução do número de alunos e distanciamento nas salas de aula.

“Eu pergunto: qual é o problema dessas escolas funcionarem? A pessoa entra em um ônibus com cinquenta pessoas, se vai para o supermercado tem fila e tudo, as praias estão ai lotadas. E porque as aulas não podem acontecer? O governo precisa achar uma solução e ter coragem” assinalou.

Fonte: Portal Grande Ponto

Foto: Maxson Savelle

O prefeito Emídio Jr esteve reunido com representantes das religiões de matriz africana de Macaíba, na tarde desta terça-feira (4), na sala de reuniões do Palácio Auta de Souza para discutir uma série de solicitações do grupo religioso. No encontro também esteve presente o secretário municipal da Agricultura, da Pecuária e da Pesca Cícero Militão, a ialorixá Mãe Vanúzia e os babalorixás Pai Magno e Pai Léo.

Macaíba tem 26 casas de axé e mais de 200 integrantes das religiões. As solicitações do grupo incluem a distribuição de cestas básicas para os integrantes das casas, que por muitas vezes dependem dos locais para se alimentarem no dia a dia e também discutiram a participação no Conselho Municipal de Cultura, entre outras demandas. “Sintam-se em casa. As portas da Prefeitura estão abertas e vamos buscar atender os pedidos assim que possível”, destacou Emídio.

Assecom-PMM

O presidente Jair Bolsonaro subiu o tom nesta quarta-feira (5) afirmando ter pronto um decreto para “garantir o direito de ir e vir” dos brasileiros, que muitos pedem que seja editado, e que se for publicado “não será contestado em nenhum tribunal”.

Em um discurso mais longo do que o normal após abrir oficialmente a Semana das Comunicações, o chefe do Executivo nacional voltou a criticar medidas restritivas de circulação para conter o contágio da covid-19, reclamou de críticas por ele não usar máscara e causar aglomerações com suas visitas inesperadas a cidades e bairros do Distrito Federal, e insinuou que o novo coronavírus poder ser fruto de uma guerra biológica.

“Peço a Deus que não tenha que baixar esse decreto. Mas se baixar, ele será cumprido”, disse. “E não será contestado esse decreto. Não ouse contestar, quem quer que seja. Sei que o Legislativo não contestará.”

O presidente classificou as medidas de distanciamento social promovida por governos regionais como “excrescência”. “De onde nasceu essa excrecência para dar poderes a governadores e prefeitos e nos prender dentro de casa, nos condenar a miséria, roubar milhões de empregos, levar famílias ao desespero por não poder trabalhar, por não poder se locomover?”, questionou o presidente. “E alguns até quando procuram, como se confortar, são proibidos de ir à igreja ou ir num templo. Pastores e padres passaram a ser vilões do Brasil.”

Bolsonaro voltou a atacar a mídia, dizendo que o país assiste a “cenas de pessoas sendo presas em praça pública, mulheres sendo algemadas e a imprensa não fala nada”. “Homens sendo proibidos de ir à praia, como um decreto de um prefeito da Costa Verde, proibindo que a família saia de lancha, na Baía de Angra. O que é isso? Onde estamos? Cadê nossa liberdade? Cadê os meios de comunicação para denunciar isso?”

Na opinião do presidente, “para a esquerda está tudo bem, e o desemprego e a miséria é terreno fértil para ditaduras”.

Incisivo, o chefe do Executivo insistiu que o governadores e prefeitos atentam contra o artigo 5º da Constituição, que preconiza o direito de ir e vir. “O que está em jogo e alguns ainda ousam por decretos, subalternos, nos oprimir? O que queremos do artigo 5º? Queremos a liberdade de cultos? A liberdade para poder trabalhar. Queremos o nosso direito de ir e vir. Ninguém pode contestar isso”, afirmou.

Referindo-se às manifestações no Dia do Trabalho, no último sábado, o presidente destacou que tem apoio da população nos seus planos de baixar o decreto. “Os militares juram dar a vida pela pátria. Os que estiveram nas ruas neste último 1º de Maio, bem como muitos outros milhões que não puderam ir às ruas, tenho certeza, darão sua vida por liberdade”, disse.

E desafiou a Justiça, dizendo que a norma não será contestada por nenhum tribunal. “Nas ruas já se começa a pedir por parte do governo que ele baixe um decreto, e se eu baixar um decreto, vai ser cumprido. Não será contestado por nenhum tribunal, porque ele será cumprido. […] O Congresso, ao qual eu integrei, tenho certeza que estará ao nosso lado. O povo, ao qual nós, Executivo e parlamentares deve lealdade, obviamente estará ao nosso lado.

R7