Política Arquivo

Foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (14), a exoneração de Edi do Posto da Maré. A exoneração foi a pedido do mesmo, pois Edi irá disputar a eleição deste ano.

Escolha do vice

O grupo Macaíba Melhor definiu três nomes que poderão compor como vice na chapa encabeçada pelo pré-candidato a prefeito Janssen Motos. Os nomes foram aprovados durante uma reunião no início desta semana no bairro Auta de Souza.

Uma certeza, Janssen terá uma mulher como vice, foi o próprio que nos afirmou.

Pesquisa Consult: Delegado Normando lidera com 20,8%; Netinho ...

Reunião

O pré-candidato a prefeito Delegado Normando nos últimos dias esteve reunido com  sua nominata e prepara os últimos detalhes para definir a data da convenção e o nome que irá compor como seu vice. De acordo com um interlocutor do grupo, o partido vem dialogando com pelo menos dois grupos políticos.

Prefeita Marília Dias inaugura pavimentação da comunidade de ...

Pé na estrada

A ex-prefeita Marília Dias nas últimas duas semanas intensificou sua agenda na zona rural. De acordo com uma fonte próxima ao ninho bacurau, a pré-candidata viu a necessidade de buscar ampliar sua base de apoio.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Surpresa

Nesta quinta-feira (13), o ex-chefe de gabinete Cacau (Ricardo Silva) anunciou oficialmente sua pré-candidatura ao legislativo pelo MDB. Para muitos, Cacau estaria filiado no PSB, onde seu líder maior iria disputar o pleito. Em nota, Cacau explicou que sua filiação no MDB foi um pedido do eterno presidente Gelson.

Política: vereador Netinho França e o governo romperam - Macaíba ...

Próximo entrevistado

O pré-candidato a prefeito Netinho França será o próximo entrevistado do bate-papo sobre política. A live será transmitida na próxima segunda-feira (17) no Facebook do Macaíba no Ar, onde iremos tratar sobre o mandato de vereador e também falar sobre as eleições 2020.

Intensificando

Emídio Júnior tem intensificado sua agenda com os colegas vereadores em busca de ampliar sua base de apoio para disputar a Prefeitura de Macaíba. Com a neutralidade do governo municipal, Emídio conta com apoio de quatro vereadores governistas.

 

 

Nesta quinta-feira (13), o pré-candidato a prefeito Freitas Júnior (Rede) anunciou sua desistência para apoiar o senador Jean Paul (PT) na disputa pela Prefeitura de Natal. Freitas Jr. foi candidato a governador nas eleições de 2018 e disputará o legislativo este ano.

“Jean Paul trás uma visão moderna para nossa cidade, possui compromisso com nossas pautas históricas como a defesa do meio ambiente preservado, valorização dos povos tradicionais, economia de baixo carbono e educação pública e de qualidade” disse Freitas nas redes sociais.

Cacau, durante 13 anos foi o braço direito do saudoso presidente da Câmara, Gerson Lima, sendo seu chefe de gabinete, e, seu herdeiro político. Por diversas vezes Gerson falou a todos que tinha o desejo de não disputar mais uma cadeira ao legislativo e colocar Cacau em seu lugar para essa disputa. Cacau sempre exerceu papel fundamental nas campanhas de Gerson, sempre esteve próximo do povo, e hoje, vem reafirmando a liderança nas comunidades de Mangabeira e Guarapes, comunidades essas, responsáveis por grandes vitórias do ex-vereador Gerson Lima.

Bastante determinado, o jovem Cacau vem consolidando seu nome para uma cadeira ao legislativo e assumindo o legado deixado por Gerson.

“Pretendo lutar por Mangabeira e Guarapes e representá-los como aprendi ao lado de Gerson, estou filiado ao MDB a pedido de Gerson, que tinha grande afinidade com o partido e com a ex- prefeita Marília Dias. Marília, conte comigo e com os amigos de Gerson, vamos juntos seguindo a orientação e o último desejo político de Gerson Lima, que era ver Marília Dias voltar a administrar Macaíba”, finaliza Cacau.

Assessoria

O primeiro bate-papo sobre política com Mário Victor em nossa página no Facebook vem ganhando projeção. A live transmitida na última segunda-feira (10), que teve como convidado o pré-candidato a prefeito Delegado Normando, alcançou mais de 5 mil pessoas e o vídeo até o momento teve mais de 1,8 mil visualizações.

Nessa quarta-feira (12) realizamos a segunda edição, tendo como convidado o pré-candidato Janssen Motos. Em menos de 24h, a live teve mais de 1 mil visualizações e alcance de 2 mil e 800 pessoas. É o jeito simples de falar sobre política chegando na casa do cidadão macaibense.

Realizado também no Instagram, o bate-papo sobre política já entrevistou diversos nomes da política, entre eles o senador Styvenson Valentim.

Na última segunda-feira (10), o senador Styvenson Valentim esteve em Macaíba participando de uma reunião com os membros do partido Podemos. O encontro ocorreu no bairro Auta de Souza, na residência da presidente municipal da sigla, Célia Cortês.

Durante o encontro Styvenson conheceu todos os membros do grupo Macaíba Melhor e aprovou três nomes, onde um deles irá compor a chapa majoritária encabeçada pelo pré-candidato a prefeito Janssen Motos.

 

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto que diz "QUARTA| ÀS 20H @MACAIBANOAR ? BATE-PAPO SOBRE POLÍTICA com Mário Victor Convidado Janssen Motos Pré-canditado a Prefeito"

Nesta quarta-feira (12), nosso bate-papo sobre política com Mário Victor entrevista o pré-candidato a prefeito Janssen Motos. A live será transmitida no Facebook do Macaíba no Ar, às 20h.

O Instituto Seta divulgou nesta terça-feira (11) pesquisa de intenção de voto para prefeito de São Gonçalo do Amarante. A pesquisa foi divulgada pelo Blog do BG em parceria com o Meio Dia RN, da 96FM. A coleta dos dados aconteceu entre os dias 2 e 3 de agosto com 505 entrevistados. Ela foi calculada com margem de erro de 3,5% para mais ou para menos e com grau de confiabilidade de 95%. A pesquisa do instituto Seta foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-04997/2020.

Pesquisa estimulada

Paulinho 37,45%

Poti Neto 17,80%

Ailton Fagundes 2,39%

Júnior do Depósito 1,58%

Nenhum 34,05%

NS/NR 6,73%

 

 

 

 

Potiguar Notícias

O Tribunal Superior Eleitoral manteve a cassação do mandato do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), do Rio Grande do Norte. A decisão é relativa a um recurso onde o deputado tentava reverter uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de 2019. A cassação se dá por irregularidades na prestação de contas referente à campanha eleitoral de 2018. O responsável pela decisão publicada na tarde desta segunda-feira (10) foi o ministro Luis Felipe Salomão. Ainda cabe recurso.

No julgamento, o Tribunal destaca que a conduta do deputado caracteriza ilícito previsto no art. 30-A da Lei 9.504/97. Ele é investigado por receber recursos financeiros na conta de campanha sem comprovação da origem do dinheiro. A decisão do TSE destaca que o deputado teria recebido de forma irregular a quantia de R$ 55.644,91, o que representou 83,23% do total de gastos na campanha de 2018.

A assessoria do deputado estadual Sandro Pimental informou que ele vai recorrer da decisão. Enquanto o caso não for julgado pelo Pleno do TSE, Sandro Pimentel continua ocupando o cargo na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Caso perca o mandato, o suplente da coligação é Robério Paulino (PSOL).

Nota de Sandro Pimentel

Recebemos na tarde de hoje a informação, por meio dos nossos advogados, que o recurso em trâmite no TSE foi julgado monocraticamente pelo ministro Luis Felipe Salomão que indeferiu nosso pedido.

Respeitamos a decisão do Exmo. Sr. ministro Salomão e tomaremos as medidas legais que nos cabe, tão logo seja publicada a decisão. Seguimos acreditando que não se deve cassar um mandato eleito pelo voto popular, simplesmente por uma falha técnico-contábil.

A todas as pessoas de bem que se sentem representadas pelo nosso mandato e/ou as que defendem a vontade legítima das urnas, agradecemos pelas inúmeras mensagens de incentivo que só nos fortalecem cada vez mais e nos dão convicção que estamos contribuindo com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Sandro Pimentel, deputado estadual PSOL/RN

G1 RN

 

Os pré-candidatos das Eleições Municipais de 2020 que porventura apresentem programas de rádio e televisão deverão se afastar das suas atividades a partir desta terça-feira (11). A data foi prevista pela Emenda Constitucional nº 107/2020, que adiou as eleições em razão da pandemia de Covid-19.

A determinação acerca do afastamento está prevista na Lei nº 9.504/1997, a Lei das Eleições. No título sobre a propaganda eleitoral, o artigo 45 determina que divulgar ou transmitir programa de rádio ou televisão que faça qualquer alusão ao candidato, ou que seja apresentado por ele, pode acarretar o cancelamento do registro da candidatura do beneficiado, além de impor multa para a emissora. Isso se aplica aos casos em que um programa preexistente tenha o nome do candidato, ainda que não seja mais apresentado por ele.

Os pré-candidatos não ficam impedidos de aparecer na mídia no período anterior à campanha eleitoral. Eles poderão ser entrevistados e, por exemplo, participar de lives na internet. Entretanto, os candidatos indicados pelos partidos para concorrer nas Eleições Municipais de 2020 só poderão pedir votos a partir de 27 de setembro, quando começa a propaganda eleitoral.

Até essa data, o pré-candidato pode expor na mídia e na internet a sua intenção de concorrer aos cargos de prefeito ou vereador. Perfis em redes sociais e páginas na internet também poderão ser criadas em seu nome para apresentar as propostas para um eventual mandato. Além disso, é possível arrecadar doações para a sua campanha, inclusive por meio de plataformas digitais.

O senador Styvenson Valentim (Podemos) teve o número do seu celular clonado e teve seu WhatsApp utilizado para pedir transferências bancárias às pessoas. No perfil das suas redes sociais, Styvenson avisou, nesta segunda-feira (10) e alertou para que não caíssem no golpe.

“Gente, quem tiver meu WhatsApp e tiver recebendo mensagem pedindo dinheiro, 5 mil ou 10 mil reais, clonaram meu telefone. Não sou eu. É um vagabundo, safado e bandido, que deve estar usando meu número para pedir dinheiro para vocês”, falou.

O senador reforçou que não fosse depositado “nenhum real” na conta do golpista. “Não depositem nenhum real na conta deste vagabundo. Clonaram meu telefone”, disse.

Este tipo de golpe acontece quando os fraudadores se apropriam do código de ativação do mensageiro, enviado por SMS ao celular do usuário. Roubos de informações em sites famosos também podem ser utilizados para clonar seu número.

Agora RN

O pré-candidato a prefeito Delegado Normando anunciou através de suas redes sociais o apoio de Gilvan de Traíras, liderança bastante conhecida na região.

“Gilvan nos ajudará bastante com todo seu conhecimento voltado à população da zona rural de Macaíba. Muito obrigado pela confiança. Juntos, vamos construir uma Macaíba de paz e desenvolvida” finalizou Normando.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) absolveu, à unanimidade, o deputado estadual Ezequiel Ferreira, o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, o prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros, e a secretária de saúde do município, Nataly de Souza, em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral movida pelo Procuradoria Regional Eleitoral.

A corte acompanhou o relator do processo, Desembargador Cornélio Alves, rejeitando o pedido do órgão ministerial, que apontou conduta vedada a agentes públicos e abuso de poder político em dois atos envolvendo os investigados.

Segundo o MPE, a doação de uma ambulância com recursos da Assembleia Legislativa para o município de Angicos, em 2017, foi usada para promoção dos então candidatos a deputado estadual, Ezequiel Ferreira, e a deputado federal, Rogério Marinho, durante período de campanha eleitoral, em 2018. A defesa dos investigados argumentou que a doação foi feita dentro da legalidade, a partir das sobras do orçamento de 2016 da ALRN, com as quais foram adquiridas 85 ambulâncias, doadas ao Executivo estadual, o qual distribuiu os veículos aos municípios.

Além disso, o MPE apontou que foram utilizados recursos do Fundo Municipal da Saúde de Angicos para o abastecimento de carros para um evento de campanha dos dois candidatos. O advogado dos investigados afirmou que o comício se tratou de uma passeata, não de uma carreata, como também que os carros abastecidos eram veículos oficiais da Secretaria de Saúde do município.

Em seu voto, o relator apontou que, no caso do abastecimentos dos veículos, as provas juntadas aos autos do processo não possuíam robustez necessária para vincular o abastecimento com o comício partidário, excluindo a tese de abuso de poder político. Quanto à doação da ambulância, o Desembargador entendeu que não houve conduta vedada a agente público, já que o veículo foi doado pelo poder Executivo estadual, enquanto o acusado era membro do poder Legislativo.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto que diz "SEGUNDA ÀS 20H @MACAIBANOAR ? BATE-PAPO SOBRE POLÍTICA com Mário Victor Convidado Delegado Normando Pré-canditado a Prefeito"

Nesta segunda-feira (10), o bate-papo sobre política com Mário Victor recebe o pré-candidato a prefeito Delegado Normando Feitosa. A live será transmitida pela página do Macaíba no Ar, no Facebook, às 20h.

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado e de governo para tratar das ações de apoio ao Líbano. Na última terça-feira (4), uma grande explosão na zona portuária de Beirute, capital do país, deixou um saldo de centenas de mortes e milhares de feridos. Ao detalhar as ações do governo brasileiro, Bolsonaro disse que convidou o ex-presidente Michel Temer, que tem ascendência libanesa, para coordenar a missão. 

“Nos próximos dias, partirá do Brasil, rumo ao Líbano, uma aeronave da Força Aérea Brasileira com medicamentos e insumos básicos de saúde, reunidos pela comunidade libanesa radicada no Brasil. Também estamos preparando o envio, por via marítima, de 4 mil toneladas de arroz, para atenuar as consequências da perda dos estoques de cereais destruídos na explosão. Estamos acertando, com o governo libanês, o envio de uma equipe técnica, multidisciplinar, para colaborar na realização da perícia da explosão. Convidei, como o meu enviado especial e chefe dessa missão, o senhor Michel Temer, filho de libaneses e ex-presidente do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Em nota, a assessoria de Temer informou que o ex-presidente “está honrado” com o convite. “Quando o ato for publicado no Diário Oficial serão tomadas as medidas necessárias para viabilizar a tarefa”, diz a nota.

A videoconferência foi iniciativa do presidente da França, Emmanuel Macron, e contou com a participação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do presidente do Líbano, Michel Aoun, além dos líderes de países como Egito, Catar e Jordânia, entre outros. Em seu breve pronunciamento, Bolsonaro classificou a reunião como necessária e urgente, reafirmou suas condolências às famílias das vítimas da tragédia e destacou a relação histórica entre Líbano e Brasil.

“O Brasil é lar da maior diáspora libanesa no mundo, 10 milhões de brasileiros de ascendência libanesa formam uma comunidade trabalhadora, dinâmica e participativa, que contribui de forma inestimável com o nosso país. Por essa razão, tudo que afeta o Líbano nos afeta como se fosse o nosso próprio lar e a nossa própria pátria”, disse.