Prefeitura e Governo do Estado começam distribuição do programa Banco de Sementes em Macaíba

Através de parceria da Prefeitura com o Governo do Estado, mediante a EMATER e a Secretaria Estadual de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE-RN), a distribuição de sementes de milho, feijão e sorgo do programa Banco de Sementes começou a ser executada na manhã desta segunda-feira (14/03), na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, no distrito de Traíras, contemplando agricultores familiares locais e de diversas outras localidades vizinhas. No total, serão mais de 700 beneficiários distribuídos em 21 bancos ativos.

O prefeito Emídio Júnior esteve presente no local e falou sobre as diversas ações que a atual gestão municipal está realizando no sentido de beneficiar a população rural, citando o programa Corte de Terra que foi ampliado nesta edição para atender mais comunidades e ultrapassou a marca de 1,5 mil cadastros, sendo pela primeira vez iniciado ainda no mês de janeiro. Outro ponto destacado foi a recuperação das estradas vicinais e aquisição de novas máquinas do tipo patrol para a realização desses serviços. Além disso, Emídio Júnior anunciou aos presentes que irá providenciar o asfaltamento da estrada que liga o distrito de Traíras até a comunidade quilombola de Capoeiras.

O secretário municipal Cícero Militão, titular da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SEMAPE) de Macaíba falou sobre o Banco de Sementes e sobre outras ações em prol do homem do campo macaibense: “Essa parceria entre o Estado e a Prefeitura é importante porque a gente que oportuniza que o homem do campo tenha, além do Corte de Terra, as sementes de milho, feijão e sorgo para o plantio. Ainda em relação ao Banco de Sementes, nós temos três UTDs (Unidades de teste e demonstração) de sorgo que vão ser monitoradas pela SEMAPE e pela EMATER. Ainda teremos outras ações que vão fortalecer nossa agricultura familiar e nossa pecuária como, por exemplo, nesta semana ainda, uma série de oficinas sobre a questão sanitária dos animais bovinos, a questão alimentar e nutricional”.

Banco de Sementes

De acordo com Antônio Carlos Magalhães, representante da SAPE-RN na ocasião, neste ano de 2022, houve um acréscimo no orçamento por parte do Governo do Estado para a aquisição de sementes em comparação com o ano anterior, totalizando 744 toneladas a serem distribuídas pelos municípios potiguares, sendo que cada agricultor cadastrado no Banco de Sementes tem direito a receber 5 quilos de sementes de milho, 5 quilos de sementes de feijão e 3 quilos de sementes de sorgo.

“Para mim, isso é um grande benefício […] essas sementes que estão dando. Até porque a gente nem sempre tem dinheiro para comprar sementes para plantar, né!”, declarou a agricultora Damiana Costa, residente na região de Beira Rio, no distrito de Traíras.

Administrador