Professores ocupam prefeitura de São Gonçalo do Amarante para negociar reajuste do piso salarial do magistério

Professores ocupam prédio da prefeitura de São Gonçalo do Amarante — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Os professores da rede municipal de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal, ocuparam na tarde desta quinta-feira (17) o gabinete do prefeito em exercício da cidade, o vice Eraldo Paiva, em busca de uma negociação para o pagamento do piso do magistério – o prefeito eleito da cidade se licenciou para tratamento de saúde.

No início de fevereiro, o governo federal sancionou uma lei que reajusta os salários dos professores da educação básica de todo o Brasil em 33,24%. Estados e municípios têm negociado novos acordos e muitos deles encontram dificuldades. No RN, os professores da rede estadual deflagraram greve após recusarem as propostas oferecidas pelo governo.

Em São Gonçalo do Amarante, os professores alegam que nenhuma proposta foi feita até o momento pela prefeitura. Nesta quinta (17), havia uma reunião entre o prefeito em exercício e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), mas o gestor não compareceu, o que revoltou a categoria.

“Nós viemos pra fazer um ato, pra tentar negociar com o prefeito. Chamamos a categoria na tentativa de persuadir o prefeito de pagar o reajuste do piso. Quando soubemos que ele não ia nos receber, foi deliberada aqui com a categoria de ficarmos aqui, acampar, até ele aparecer e oferecer uma proposta”, disse a coordenadora geral do Sinte em São Gonçalo do Amarante, Lindaci Freire.

O prefeito alegou aos professores outro compromisso nesta tarde. Segundo a assessoria da prefeitura, o gestor pediu à direção do sindicato para remarcar a audiência para sexta-feira (18), às 16h, quando a prefeitura apresentará uma proposta.

Os professores da rede municipal de São Gonçalo do Amarante também estão em greve desde o dia 14 de fevereiro, quando retornariam as aulas municipais.

G1 RN

Administrador