Trabalhadores do Detran entram em greve nesta quarta-feira (05)

Greve dos servidores do Detran-RN - Foto: José Aldenir/Agora RN

Foto: José Aldenir/Agora RN

Após decisão tomada na última quarta-feira, 28 de junho, durante Assembleia, os trabalhadores do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN) paralisaram as atividades na manhã desta quarta-feira 5. A greve por tempo indeterminado leva em consideração a falta de propostas do Governo para atender aos pleitos da categoria.

Além disso, os servidores reivindicam a reposição das perdas salariais, a realização de concurso público, a implementação de um Programa de Incentivo à Qualificação (PIQ) e Auxílio Alimentação.

Em nota à população, o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai-RN) afirmou que os profissionais negociavam  ao longo dos últimos quatro anos com o Governo do Estado. No entanto, as propostas começaram a não serem mais respondidas pelo Executivo. “Infelizmente, sem termos saída, decidimos usar o instrumento da greve porque o patrão insistiu em não atender ao que reivindicamos, mesmo que parte dos pleitos sejam direitos adquiridos e que constam em Lei. Desse modo, entramos em greve por tempo indeterminado em 5 de julho”, diz a nota.

Governo, através do Detran, não apresentou proposta concreta

Coordenador de comunicação do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai) e trabalhador do Detran, Alexandre Guedes, afirma que desde março, mês da data-base da categoria, foram realizadas várias audiências que não trouxeram resultados. “De lá para cá o Governo não apresentou nenhuma proposta concreta. Diante disso, nos restou acionar o último instrumento que nos resta, que é a greve”, disse.

Administrador