Primeira mulher a comandar a segurança pública no RN, Kalina Leite se diz pronta para o cargo

                               IMG_8301.PNG
Blog Thaisa Galvão
Thaisa Galvão – Você estudou bem o Rio Grande do Norte e seus problemas no setor de segurança antes de aceitar o convite?
Kalina Leite – Inicialmente tenho convicção  de que o encargo e a responsabilidade  estão na medida certa, pois tenho consciência do desafio de resgatar a paz social no Rio Grande do Norte.
Quanto à minha preparação, durante 15 anos convivo e estudo a problemática da segurança  em nosso estado, além de conhecer outras realidades.
Thaisa Galvão – Qual o item, no meio dos muitos, que mais preocupa a secretária Kalina Leite?
Kalina Leite – Entre minhas principais preocupações está a de resgatar a credibilidade da segurança pública frente à população, consciente de que esse processo passa, necessariamente, pelo resgate da auto estima dos valorosos policiais.
Thaisa Galvão – O fato de ser mulher tem alguma implicação? Não teme a falta de respeito nessa área tão masculina?
Kalina Leite – O fato de ser mulher em nada repercute no meu trabalho à frente da pasta de governo, pois quem me conhece sabe do meu compromisso com o trabalho, respeitando a todos e exigindo o mesmo comportamento.

Thaisa Galvão – Qual o start de Kalina Leite como titular da Segurança?
Kalina Leite – O ponta-pé da nossa gestão é sensibilizar os demais poderes constituídos acerca da necessidade de  devolver às ruas o efetivo que trabalha nos gabinetes ou em setores unicamente administrativos, visando assim assegurar que os policiais estejam mais presentes na sociedade que tanto necessita.
Thaisa Galvão – Você considera que promessas de campanha do governador Robinson Faria, para o setor da segurança, são possíveis de serem executadas?
Kalina Leite – Considero sim, que foram feitas com responsabilidade pelo governador, e que são palpáveis. E trabalharemos para superar todos os objetivos, embora tenhamos consciência das dificuldades.
Thaisa Galvão – O que você enxerga como mais difícil para sua missão a partir desta quinta-feira?
Kalina leite – Creio que, o que fazemos com prazer, satisfação,  garra, espírito de equipe e incondicional dedicação, pode até ser difícil,  mas é possível.

Administrador