Polícia Civil do RN e da PB prendem homem que estuprou enteada de 14 anos em Macaíba

 

Policial militar é preso suspeito de assassinato em Natal | Rio Grande do  Norte | G1

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM/MACAÍBA), deflagrou a 6ª fase da “Operação Guardiões da Infância”, nesta quinta-feira (18). Com o apoio da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), da Polícia Civil da Paraíba, um mandado de prisão preventiva contra um suspeito denunciado pelos crimes de estupro de vulnerável e satisfação de lascívia mediante presença de adolescente foi cumprido, no município de Santa Rita, no estado da Paraíba.

A Polícia Civil, por meio da DEAM de Macaíba, iniciou a investigação em abril de 2022, quando a genitora da vítima denunciou que o acusado manteve conjunção carnal com a própria enteada, na época com 14 anos. Foi apurado que o denunciado manteve em datas anteriores diversos tipos de contato físico de cunho sexual, além de se masturbar na presença da criança, quando a vítima ainda era menor de 14 anos.

Posteriormente, foi constatada a prova da materialidade do crime mediante laudo de conjunção carnal, além dos laudos médicos que atestavam que a vítima possuía diversos transtornos psiquiátricos, os quais se acentuaram após o cometimento dos crimes.

Após ter conhecimento de que estava sendo procurado pela Polícia Civil do RN, o investigado fugiu do município de Macaíba e se refugiou na cidade de Santa Rita, no estado da Paraíba.

Com o mandado de prisão expedido em março de 2023 e com a localização do procurado, policiais civis potiguares e paraibanos prenderam o suspeito, concluindo assim a 6ª fase da operação com seis mandados de prisão cumpridos por estupro de vulnerável na cidade de Macaíba.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Administrador