Pesquisa Datafolha trás novo cenário para a corrida eleitoral

Pesquisa Datafolha trás o novo cenário na corrida eleitoral, Dilma Rousseff com 40%, a ex-senadora com Marina Silva com 27%, e o senador Aécio Neves com 18%. Segundo os especialistas o fato do aumento na intenção de voto na candidata à reeleição está ligado diretamente aos programas eleitorais, que vem sendo utilizado para tentar mostrar algo que não aconteceu, principalmente envolvendo autonomia do banco central que Marina Silva defende.
O Globo
O filmete panfletário diz que, num governo Marina, “banqueiros” controlarão o BC e, assim, farão desaparecer a comida da mesa do povo. Ora, o mesmo não acontece nos EUA, Inglaterra, Japão, Alemanha etc. — onde há BCs autônomos. E se algum banqueiro dirigiu o BC, foi nos governos Lula, quando o ex-CEO do Bank Boston, Henrique Meirelles, presidiu a instituição.
Justifica-se, então, o parecer do Procurador-Geral da União, Rodrigo Janot, junto ao TSE, pela suspensão da propaganda, por “criar estados mentais, emocionais ou passionais” nos eleitores. Ministro do Tribunal, Herman Benjamin disse, ao vetar outra publicidade, esta do PSDB, que um pecado mortal dessas peças de propaganda eleitoral é confundir o eleitor. De fato. Mas a última pesquisa Ibope/Rede Globo demonstrou que o dom de iludir desta campanha não tem produzido o efeito desejado pelos marqueteiros. A Justiça e o MP precisam estar ainda mais atentos.

Administrador