Para Dilma, fala de Temer a enfraquece

Blog do Kennedy  – A presidente Dilma Rousseff avaliou que a declaração do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), a enfraquece politicamente. Temer afirmou na noite de ontem, num evento em São Paulo, que é difícil que Dilma se mantenha no poder com popularidade tão baixa.

Apesar de ter ficado contrariada e surpresa, a presidente resolveu minimizar o episódio. Hoje, o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, contemporizou. Disse que Temer tem sido leal ao governo. Mas é fato que aumentou o afastamento entre a presidente e o vice.

Já a oposição entendeu a fala de Temer como mais um sinal de que o PMDB poderá vir a romper com o governo nos próximos meses.

Temer disse ao blog que foi dado destaque apenas a uma parte mais explosiva de sua fala, retirada de todo o contexto. Há o trecho em que ele diz que será difícil a presidente Dilma permanecer no poder durante três anos com baixa popularidade, mas também existe outro em que ele afirma que a presidente está tomando medidas para melhorar a economia, que vai recuperar popularidade e terminar o mandato em 2018 normalmente. Temer rebateu com dureza uma pergunta da plateia se ele seria “estadista ou oportunista” e disse que não torce pelo impeachment.

O vice-presidente sabe que a declaração tem peso em sua boca, mas avalia que não há um ato seu que permita suspeita de conspiração.

Administrador