Orquestra sinfônica da UFRN realiza apresentação no Centro de Cultura de Macaíba

Música clássica de boa qualidade acessível a todos. O Centro de Cultura de Macaíba foi o palco para uma grande apresentação da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRN, na noite de ontem (25).

Um grande público acompanhou do início ao fim um repertório musical vasto, que trabalhou desde elementos da música brasileira a composições com referência a música erudita de outros países. Cada música contou com a explicação de seu contexto de criação pelo professor e maestro André Muniz. O prefeito Fernando Cunha e as vereadoras Socorro Nogueira e Marijara Luz (Dadaia) estiveram presente na apresentação da orquestra.

Durante o concerto, a Escola de Música de Macaíba ganhou destaque na fala do maestro. A atual formação da orquestra conta dois ex-alunos e três professores da escola macaibense. André Muniz também destacou o trabalho que está sendo feito no município: ”O que está sendo feito aqui é muito importante. Está sendo dada aos jovens a oportunidade de exercer uma nova atividade e ter uma profissão, mantendo eles longe do mundo da violência”, afirmou.

Um evento de extrema importância para o município. Esta foi afirmação de Getúlio Silva, 83, empresário: “A Prefeitura trouxe um diamante cultural que é a orquestra sinfônica. É disso que a cidade precisa”, afirmou.

O legado de tradição musical e transformação social da Escola de Música estão representados na declaração de Lilian Araújo da Silva, ex-aluna da Escola e atual violinista da orquestra da UFRN e professora da Escola macaibense. “Com 11 anos de idade ingressei na Escola de Música de Macaíba. Minha visão cultural e de crítica da música cresceu. Fiz um curso técnico e agora estou na graduação. A Escola de Macaíba foi responsável pela minha mudança de vida. Hoje minha visão de mundo é outra. Conheci outros países, outros estados. Tudo isso veio da oportunidade que eu tive e abracei em Macaíba”, declarou.

Administrador