Lula pede ao PT discurso para convencer evangélicos e empresários: “Temos que aprender a conversar com essa gente”

Foto: Ricardo Stuckert

Em fala em tom de autocrítica do PT, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o partido precisa “aprender a construir um discurso” para falar com evangélicos e empresários, de olho nas eleições municipais de 2024.

“Nós temos que nos perguntar por que um partido que, muitas vezes nos discursos, pensa que tem toda a verdade do planeta, só conseguiu eleger 70 deputados. Por que tão pouco se a gente é tão bom? Por que tão pouco se a gente acha que poderia ter muito mais? É preciso que a gente tente encontrar a resposta dentro de nós”, afirmou o presidente.

A fala ocorreu na sexta-feira (8) na Conferência Eleitoral PT 2024, realizada em Brasília.

Em seu discurso, Lula questionou se o partido está “falando aquilo que o povo quer ouvir de nós”. “Será que nós estamos tendo competência para convencer o povo das nossas verdades? Ou será que nós temos que aprender com o povo como é que a gente fala com ele?”

Ele, então, perguntou como é que o PT “vai chegar aos evangélicos”. “É uma narrativa, temos que aprender para conversar com essa gente, essa gente trabalhadora, gente de bem”, disse. “Precisamos aprender a construir um discurso para falar com essa gente”.

Pessoas mais ricas

Lula também falou que o partido precisa convencer “pequeno e médio empresário” a votar no PT. “Você pega as pesquisas de opinião pública, e a gente está percebendo que quem voto majoritariamente no PT são pessoas que ganham até dois salários mínimos. O metalúrgico de São Bernardo que ganha R$ 8 mil já não quer mais votar na gente”.

“Quem ganha acima de cinco salários mínimos já tem dificuldade em votar na gente. É porque essa pessoa ficou ruim? Não. É porque possivelmente essa pessoa elevou um milímetro o padrão de vida dela, de aprendizado dela, e nós não aprendemos a conversar com ela”, declarou o líder petista.

Para Lula, as eleições municipais vão servir para que o partido discuta a política nas cidades. Ele também falou que, se o partido não tiver candidatura competitiva, que o PT deve procurar um aliado.

Portal 96 FM

Administrador