Henrique sobre saída do MDB: “Jamais sairia porque quis sair”

Henrique disse que a saída do MDB foi um dos dos momentos mais difíceis de sua vida: ”Eu passei três dias e três noites rascunhando o que ia escrever, ficava emocionado e voltava a escrever no dia seguinte. O que era obrigado a escrever. Foram 52 anos no MDB. Olhar a casa grandiosa, fraterna, se olhar o piso, as paredes, para o telhado, tudo tem a marca das minhas mãos e de outros companheiros. De repente ter que sair dessa casa… jamais sairia porque quis sair”.

Comentou ainda o rompimento anunciado pelo primo Garibaldi: “Esse assunto eu quero superar e não quero fazer crítica a quem quer que seja”. Informações são do Blog Heitor Gregório.

 

Administrador