Escola Agrícola de Jundiaí diploma 153 novos técnicos em quatro cursos

José Rodrigo Barbosa Bernardino é um dos 153 novos técnicos diplomados pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na última sexta-feira, 18.

Para o jovem técnico em Agropecuária, a colação é um momento de muita satisfação. “Hoje é um dia de agradecimento aos pais, amigos, funcionários, professores, e principalmente a Escola Agrícola de Jundiaí. Esses anos aqui foram de muito aprendizado e crescimento. Só tenho a agradecer a todos que colaboraram com esse processo”.

Segundo o diretor da Escola Agrícola de Jundiaí, Professor Júlio César de Andrade Neto, é uma satisfação conferir o grau aos jovens técnicos da Instituição. “A Escola Agrícola de Jundiaí mantém há 67 anos, a tradição na escolarização de jovens e adultos do Rio Grande do Norte. Quando foi fundada em 1949, o objetivo era ser uma Escola do futuro. Quando levamos conhecimento técnico, gratuito e de qualidade aos jovens do nosso estado estamos cumprindo este objetivo e auxiliando no desenvolvimento de nosso estado”.

Em fala, o vice-reitor da UFRN, professor José Daniel Diniz Melo, destacou o importante papel desempenhado pela EAJ.  “A presença da Universidade Federal do Rio Grande do Norte aqui em Macaíba por meio da Escola Agrícola de Jundiaí aponta para o progresso. A UFRN vem desenvolvendo um projeto de ensino que cria possibilidade de formação em vários níveis, e a EAJ é uma das grandes responsáveis nesse sentido. A diplomação desses jovens mostra que a UFRN, e o núcleo de Jundiaí desempenham bem seu papel na formação técnica e cidadã. Parabenizamos todos os formados pela conquista”.

Durante a solenidade foram diplomados alunos dos cursos técnicos integrados e subsequentes em Agroindústria, Agropecuária, Aquicultura e Informática.

Portal UFRN

Administrador