Em Silêncio

                   

Casamento precoce, indução ao aborto, mutilações genitais, tráfico, tortura física e mental, estupro, assédio moral… A violência contra as mulheres se manifesta de várias formas: todas elas inaceitáveis.

Esta semana, tivemos uma vitória sobre a violência – ainda que parcial. Foi aprovado na CCJ da Câmara, um projeto que pode alterar a Lei Maria da Penha e dificultar os casos de impunidade.

Se aprovada também no Senado, a Lei vai transformar as ações contra agressores de mulheres em públicas incondicionadas.

O que isso que dizer?

Quer dizer que nem a denúncia, nem o processo judicial vão depender mais da vontade da vítima.

Qualquer pessoa: vizinho, parente, conhecido… poderá denunciar um agressor de mulheres.

E o Estado terá que apurar os fatos, julgar e punir o agressor, ainda que a agredida não concorde.

Por medo de retaliações, dependência emocional ou econômica, por amor aos filhos e à família, muitas mulheres sofrem em silêncio.

Elas podem até calar, mas o Estado não!

Blog Rachel Sheherazade

Administrador