Área Policial Arquivo

Na tarde deste sábado (24), policiais militares de Macaíba encontravam-se em patrulhamento, quando foram informados via COPOM de um veículo roubado, modelo Voyage, de cor prata, na comunidade Sítio Jardim, em São José de Mipibú, às 11:30hs.

De posse dessas informações, as equipes iniciaram as diligências na área de Macaíba, pois haveria a possibilidade dos criminosos entrarem em nossa área de atuação.

Após diversas buscas, os policiais lograram êxito e recuperaram o carro abandonado numa estrada carroçavel no Lamarão, às 15:30hs, em Macaíba.

Vale ressaltar que a recuperação do veículo foi tão rápida, que não deu tempo do proprietário prestar queixa na Delegacia. Desta feita, o bem foi encaminhado à Delegacia de Plantão para os procedimentos decorrentes.

11ºBPM (Via Instagram)

 

Policial civil é rendido e morto com tiro na cabeça em assalto na Grande Natal — Foto: Reprodução

Um policial civil foi morto com um tiro na cabeça durante assalto ocorrido na madrugada deste domingo (25), na frente de uma loja de conveniência em São José de Mipibu, município da Grande Natal. Um policial militar também foi baleado e socorrido a um hospital. Câmeras de segurança mostraram a ação dos criminosos (veja acima).

De acordo com a Polícia Militar, quatro homens armados abordaram clientes que estavam na calçada de uma loja de conveniência. Um dos bandidos encontrou a arma na cintura do policial civil – que, como o vídeo mostra, está de chapéu branco e rendido com os braços para cima – e outro fez os disparos com arma de fogo.

O policial civil, que morreu ainda no local, foi identificado como Kleber Mota da Nóbrega, de 48 anos. Ele atuou por 19 anos na instituição e estava lotado na 2ª equipe da Delegacia de Plantão Zona Norte de Natal.

Os bandidos fugiram em um carro com pertences dos clientes. Foram feitas buscas durante a madrugada, mas os criminosos não foram localizados.

Em nota de pesar divulgada em rede social, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte lamentou o ocorrido, prestou apoio a família de Kleber e reafirmou “confiança nas investigações” e “que certamente identificará e levará os autores deste crime brutal à responsabilização criminal”.

Violência contra policiais

 

Outros casos de violência contra policiais foram registrados em abril no Rio Grande do Norte. Relembre:

G1 RN

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da DEPATRI/PCPE E SERES/PE, deflagraram, nesta sexta-feira (23), a operação “Senhor das Armas”, com o objetivo de apreender armas de grosso calibre e munições que seriam utilizados em um resgate de presos em um presídio no Rio Grande do Norte.

Durante as diligências realizadas na cidade de São Pedro do Potengi, foram presos dois homens. Eles estavam portando dois fuzis colt de calibre 5,56,  uma pistola .40, centenas de munições de vários calibre, além de drogas para consumo, balança de precisão e várias anotações.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelo crime de porte de arma de fogo de uso restrito e encaminhados ao sistema prisional. Com essas apreensões, já somam cinco fuzis recuperados apenas no mês de abril, os quais seriam utilizados no plano de resgate de presos.  As investigações continuam para identificar e prender os demais envolvidos.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (Whatsapp).

 

Um homem ainda não identificado foi assassinado a tiros na manhã deste sábado (24) na rua Heráclito Vilar (Vilar de Baixo), em Macaíba. O fato aconteceu próximo a uma loja de motopeças. A vítima encontra-se com um capacete, alguns fragmentos de balas foram encontrados no chão.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi até o local, mas o homem já estava sem vida.

Viatura da Polícia Civil do RN — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um homem de 25 anos foi executado com vários tiros quando chegava em um campo para uma partida de futebol na praia de Muriú, em Ceará-Mirim, na Grande Natal. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (22). Um amigo da vítima também foi ferido pelos assassinos, mas sobreviveu.

O crime foi confirmado pela Polícia Civil. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi ao local para dar início às investigações e registrou mais de 15 estojos de munições encontrados no local.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 20h40. João Lucas Oliveira Zumba, de 25 anos e um amigo chegavam ao campo de futebol localizado na região, quando foram atacados.

Segundo relatório policial, João Lucas estacionava seu carro, quando dois homens armados se aproximaram e começaram a disparar contra ele.

O amigo da vítima foi ferido, mas conseguiu abrigar-se em uma área coberta, na entrada do campo de futebol, e foi socorrido após o crime.

A polícia não apontou qual seria a motivação do crime. Até a última atualização desta matéria, nenhum suspeito foi preso.

G1 RN

Um suspeito de assalto pulou do carro em movimento e conseguiu fugir da polícia durante uma perseguição em alta velocidade em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. A cena foi registrada por câmeras de segurança na tarde desta terça-feira (20). Outro suspeito foi preso pela Polícia Militar.

Segundo a polícia, dois bandidos roubaram um carro modelo HB20 no bairro Cohabinal, em Parnamirim. Segundo o dono do carro, durante o assalto, os criminosos afirmaram que iriam usar o veículo em assaltos e depois o abandonariam.

A Polícia Militar foi acionada após o crime, localizou o carro e começou uma perseguição. Já no bairro Santos Reis, também em Parnamirim, câmeras de lojas e outros estabelecimentos registraram o momento em que o veículo entra em uma rua e a viatura do Batalhão da Polícia de Choque segue o acompanhamento tático.

Porém um dos suspeitos, que está no bando de passageiro, abre a porta e pula do carro. Logo em seguida, o homem corre e se esconde atrás de um carro estacionado na rua. A viatura passa direto em perseguição ao veículo e ele consegue fugir.

Já o suspeito que conduzia o veículo roubado acabou batendo o carro e foi preso pela PM.

G1 RN

Operação 'Fura-fila', do MPRN apura suposto esquema de fraudes em marcação de consultas e exames no SUS. — Foto: MP/Divulgação

Foto: MP/Divulgação

Um vereador de Parnamirim, na Grande Natal, foi preso na manhã desta terça-feira (20) e um deputado estadual foi alvo de um mandado de busca e apreensão em casa, após a deflagração da Operação “Fura-fila”, do Ministério Público do Rio Grande do Norte, que apura supostas fraudes no Sistema Único de SaúdeCinco secretários ou ex-secretários municipais de saúde e assistência social foram afastados dos cargos ou proibidos de serem contratados pelo poder público pelos próximos seis meses.

Segundo a corporação, o vereador Diogo Rodrigues da Silva (PSD) é suspeito de encabeçar um suposto esquema de fraudes no sistema de marcação de consultas e exames do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado. A companheira do vereador e o sócio de uma empresa responsável pelo sistema também foram presos.

O MP ainda confirmou que o deputado Manoel Cunha Neto, conhecido por Souza, é investigado pela prática de peculato eletrônico, falsidade ideológica e corrupção passiva. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência dele.

“O Tribunal de Justiça do RN afastou o foro por prerrogativa de função do deputado porque os crimes investigados em nada têm a ver com as atribuições parlamentares de Souza, conforme previsto na Constituição do Estado do Rio Grande do Norte e no Regimento Interno da Assembleia Legislativa do Estado”, afirmou o MP.

Fuzis, munições e explosivos encontrados por policiais civis após prisão de suspeito de assaltos a bancos no RN — Foto: Cedida

Foto: Cedida

Os três fuzis, coletes a prova de balas, munições e mais de 20 quilos de explosivos apreendidos pela Polícia Civil no fim de semana, no Rio Grande do Norte, seriam utilizados para um ataque à Penitenciária Estadual Rogério Continho Madruga – conhecida como Pavilhão 5 do complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal.

Segundo a Polícia Civil, o objetivo era soltar pouco mais de 20 presos ligados ao “novo cangaço”, como são conhecidos os grupos criminosos especializados em ataques a bancos e carros-fortes.

“A gente tinha conhecimento desse plano desde janeiro. Essa é a terceira vez que eles tentam organizar algo do tipo, porque ao longo dos últimos quatro ou cinco anos prendemos a maioria dos criminosos especializados nesses crimes e outros foram mortos em confronto”, afirmou o delegado Erick Gomes, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor).

O arsenal foi encontrado após a prisão de um suspeito de assalto a bancos, carros-fortes e tráfico de drogas em Alexandria, na região Oeste potiguar, no último sábado (17). Segundo a Polícia Civil, o homem levou as equipes até o local em que o material estava enterrado, na beira de um rio.

Porém, de acordo com o delegado, a Polícia Civil ainda procura pelo menos mais dois esconderijos com arsenal parecido. Gomes explicou que normalmente as quadrilhas distribuem o material em pelo menos três locais separados. Por isso, ele acredita que ainda exista um vasto arsenal em poder dos criminosos.

Ainda de acordo com a polícia, as quadrilhas especializadas em roubo a banco também fazem parte das facções criminosas que operam o tráfico de drogas. “Com o dinheiro roubado nos ataques a bancos, eles compram mais drogas e duplicam ou triplicam esse dinheiro”, afirmou o delegado.

O homem preso em Alexandria, exemplificou, já havia sido preso pela Polícia Federal por tráfico internacional de drogas, e responde a pelo menos 10 processos judiciais. Segundo a polícia, como ele é um dos mais antigos em atividade, acabou assumindo a liderança do grupo no estado.

Um dos crimes com participação dele seria um ataque a bancos em outubro de 2020 no município de São Paulo do Potengi. Na operação de sábado (17), outro suspeito foi preso em João Pessoa.

Alcaçuz

A Penitenciária de Alcaçuz é o maior presídio do Rio Grande do Norte. Em janeiro 2017, a unidade se tornou mundialmente conhecida por causa de uma guerra campal entre membros de facções criminosas rivais que culminou no massacre de 27 pessoas. Durante vários dias, o estado perdeu o controle sobre o presídio.

O número de vítimas foi atualizado em novembro de 2019, quase três anos depois, quando a Polícia Civil concluiu o inquérito sobre a matança e anunciou o indiciamento de 74 pessoas por homicídio, entre outros crimes, como destruição do patrimônio público e associação criminosa. Até então, a informação oficial era de 26 mortes.

A penitenciária Rogério Continho Madruga é anexa ao complexo de Alcaçuz e conhecida como pavilhão 5.

G1 RN

 

Na tarde deste domingo (18), Policiais Militares de Macaíba realizaram a apreensão de dois homens envolvidos no furto de uma arma de fogo, tipo Revólver, calibre .38, de propriedade de um policial aposentado.

Por volta das 16h30, os militares receberam informações que haviam dois homens detidos por negociarem a venda de uma arma de fogo furtada de um policial, ao se deslocarem até o local informado (via COPOM), as equipes conseguiram apreender os suspeitos e recuperar a arma de fogo.

Os dois homens foram conduzidos à Central da Flagrantes da Polícia Civil para realização dos procedimentos cabíveis.

11° BPM (Instagram)

 

Na madrugada deste sábado (17), Policiais Militares de Macaíba realizaram a condução de um homem suspeito de furtar cabos de uma rede elétrica, nas proximidades da BR 304, em Macaíba.

Por volta das 01h30, os militares receberam informações de que haviam pessoas furtando fios num trecho do canteiro central da BR-304, quando prontamente se deslocaram até o local, onde conseguiram localizar um homem de posse de aproximadamente 30kg de fios furtados.

O homem foi conduzido à Central da Flagrantes da Polícia Civil para realização dos procedimentos cabíveis.

Reprodução

Policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Polícia (1ª DRP) e da Delegacia Municipal de Santa Maria prenderam, nesta quinta-feira (15), um homem de 28 anos. Ele foi detido no distrito de Bancos, Zona Rural de Santa Maria.

As diligências foram iniciadas após o recebimento de denúncias anônimas informando que o suspeito estava convivendo com uma adolescente de 12 anos e que o relacionamento já acontecia há dois anos. No local, foi constatada a veracidade da denúncia.

No decorrer das investigações, foi verificado que o suspeito explorava sexualmente a adolescente. Em decorrência disso, foi pedida sua prisão preventiva. Após ser detido, ele foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Portal Grande Ponto

 

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deram continuidade, nesta quinta-feira (15), a 16ª fase da Operação Parabellum, que visa desarticular a ação de organizações criminosas na cidade de Macaíba, com atuações proativas e reativas no combate aos crimes pelos integrantes de facções cometidos.

Após informações sobre a possível localização de uma arma de fogo, usada pelos suspeitos ontem (14), a equipe retornou ao endereço na região da “Baixa”, onde ocorreu a operação e conseguiu encontrar um revólver calibre 38, com seis munições, sendo quatro intactas e duas já deflagradas.

A arma apreendida pode ter sido utilizada no confronto ocorrido ontem (14), quando os suspeitos efetuaram disparos de arma de fogo contra as equipes policiais.

A operação foi coordenada e executada pela equipe da Delegacia de Macaíba, com apoio da Força Tarefa do Ministério da Justiça (FT NUDEM Mossoró/RN – SEOPI). A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Operação “Parabellum”

O nome da operação remete ao provérbio latino “si vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”, tendo em vista as diversas ações policiais de combate às facções criminosas que têm atuado na cidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Um homem identificado por nome de Bruno Jacinto foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (15), em Macaíba. A vítima estava andando de bicicleta na rua Olímpio Maciel quando foi abordado por dois homens, um deles efetuou tiro que causou a morte da vítima.

O local do crime fica localizado na mesma região onde na noite dessa quarta-feira um homem foi morto e uma mulher baleada.