Arquivo diário: domingo, dezembro 24, 2023

Foto: Verônica Macedo

Os vereadores de Natal aprovaram durante sessão ordinária desta última quinta-feira (21) o projeto de lei de autoria do vereador Felipe Alves (União Brasil) que proíbe o uso da “linguagem neutra” na grade curricular, no material didático de instituições de educacionais públicas ou privadas, concursos públicos e no ensino da língua portuguesa na rede escolar municipal.

“A chamada linguagem neutra é uma deturpação que não pode se disseminar nos ambientes escolares. Precisamos proteger nossas crianças e sermos intransigentes quanto ao bom uso da língua portuguesa, sobretudo no âmbito das escolas. A língua é uma das identidades mais importantes de um povo, portanto, temos que defender esse patrimônio”, disse o autor.

Ele destacou que matéria semelhante já foi aprovada na Câmara Federal e que a intenção não é proibir as pessoas de falar. “Não estamos proibindo ninguém de falar a linguagem neutra. O que estamos fazendo é protegendo nossas crianças para que saibam qual a linguagem oficial usada no nosso país porque estamos vivendo um momento que a nossa língua está sendo ameaçada”, destacou Alves.

A matéria também foi defendida pela vereadora Camila Araújo (União), que se pronunciou ressaltando a importância da iniciativa para a manutenção da padronização da língua portuguesa, prevista no Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), que entrou em vigor em 2009 no Brasil e em Portugal.

Contudo, também houve rejeição na Comissão de Educação. Os vereadores petistas Daniel Valença e Brisa Bracchi, além da vereadora Camila Barbosa, do mandato coletivo Juntas (PSOL), e da vereadora Júlia Arruda (PCdoB) votaram contrários. O Bispo Francisco de Assis (PRB) se absteve na votação.

Em resposta às críticas, outros vereadores pediram para subscrever a matéria que segue agora para sanção do prefeito Álvaro Dias (Republicanos).

Tribuna do Norte

NatalSegundo a Embratur, Natal será a capital que mais receberá turistas estrangeiros. Foto: Everton Dantas/NOVO Notícias

Foto: Everton Dantas/NOVO Notícias

Natal é a capital que terá maior aumento da presença de turistas estrangeiros no verão 2024, na comparação com 2023. A informação é da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) que aponta o aumento da presença de turistas estrangeiros nas seis capitais mais procuradas do Brasil em janeiro de 2024 em relação a janeiro de 2023.

A escolha pelo mês de janeiro fechado ajuda a selecionar os visitantes que escolheram visitar o país justamente pelo verão. Em relação ao número total de assentos em voos para janeiro, de acordo com o painel de Dados da Embratur, são 1.421.301 de assentos previstos para 6.103 voos.

E a cidade que terá maior aumento para o período é Natal (RN), que terá 26,6% a mais de estrangeiros. A capital potiguar também concentrou o maior aumento em janeiro de 2023 em relação ao mesmo mês de 2022, de 54,7%. E os países que mais enviaram turistas internacionais para a cidade e suas dunas foram, do maior para o menor, Argentina, Portugal, Itália e Estados Unidos.

O segundo lugar fica com Salvador (BA), que terá um crescimento no número de estrangeiros em janeiro de 24,7%, tendo como principais emissores a Argentina, Estados Unidos, Portugal e Itália, nesta ordem. Na relação de janeiro de 2023 para janeiro de 2022, o crescimento no número de visitantes vindos do exterior foi de 15,8%.

A próxima posição fica com a capital do Amazonas, o maior estado do Brasil. Manaus terá um crescimento no número de visitantes estrangeiros de 23,7%, com destaque para os hermanos, mais uma vez, seguidos pelos estadunidenses, portugueses e italianos. E no comparativo de janeiro de 2023 com o mesmo período de 2022, os manauaras viram o número de estrangeiros aumentar 30,5%.

A capital fluminense e a capital paulista ficaram em quarto e quinto lugares. O Rio de Janeiro terá um aumento de turistas internacionais de 19,9%, com Argentina, Estados Unidos e Portugal como principais emissores junto com o Reino Unido. Já São Paulo verá um crescimento de 17,7% com a mesma sequência decrescente e a mesma sequência de emissores que a capital amazonense. As duas cidades viram o número de turistas crescerem em janeiro de 2023 em relação ao primeiro mês de 2022, respectivamente, em 21,9% e 15,7%.

E em sexto lugar mas não menos importante, Recife (PE) terá um aumento no número de turistas estrangeiros de 6,7%, tendo como os principais emissores, mais uma vez, Argentina, Estados Unidos, Portugal e Itália. Além disso, no verão do ano passado, o número de visitantes internacionais na Veneza brasileira foi de 39,2% em relação ao período anterior.

Brasil volta ao patamar pré-pandemia

O Brasil voltou ao patamar pré-pandemia de Covid-19 em quantidade de voos ofertados por companhias aéreas. Tanto em 2019 quanto em 2023 esse número ficou em 64,82 mil voos. A cifra também é pouco mais de 40% maior que a de 2022, em que a oferta foi de 46,2 mil. As somas fazem parte de um levantamento de receptivo de turistas internacionais no Brasil da Gerência de Informação e Inteligência de Dados da Embratur.

Além disso, entre janeiro e novembro o país teve um acréscimo de 152 novos voos, incluindo rotas que haviam sido suspensas durante a pandemia, quando fronteiras foram fechadas na tentativa de conter a circulação do vírus da Covid-19. Ao todo, foram 35 da Europa, 21 da América do Norte, 72 da América do Sul, oito da América Central, oito da Oceania e oito da África.

E em relação ao número de assentos em voos, 2023 teve uma oferta 32,47% maior que 2022 em 40,2% a mais de voos. O setor segue em recuperação, embora ainda não tenha se equiparado com 2019. Foram 14,5 milhões de assentos em 2019, 9,7 milhões em 2022 (queda de 32,7%) e 12,9 milhões em 2023. Os dados deste ano equivalem a 89,16% da oferta do último ano pré-pandemia. O levantamento da Embratur foi elaborado considerando o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional, declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), decretada em maio.

Novo Notícias

DNIT alerta para alterações de tráfego na BR-304/RN

Intervenções do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no trecho urbano da BR-304 em Macaíba gera discussões. As intervenções estão relacionadas as futuras obras de duplicação da rodovia. As principais críticas as intervenções estão voltadas em relação aos cruzamentos. O DNIT desativou o semáforo do cruzamento da BR-304 e a RN-160, a partir de agora, os motoristas que estão saindo da avenida Jundiaí precisam ir até a entrada do pórtico para fazer o retorno, já os motoristas que utilizavam a rua Ovídio Pereira (Rua do Fórum) para conseguir chegar a entrada dos bairros Campinas e Lagoa Grande, precisam se deslocar até a rotatória do Vilar.

Esta sexta-feira (22), primeiro dia da intervenção foi marcado por um longo engarrafamento tanto na rodovia quanto no centro da cidade, o fato repercutiu nas redes sociais. Internautas criticaram os bloqueios de acesso à rua Ovídio Pereira e o retorno distante para quem vai sair da avenida Jundiaí.

Um dos motivos que gerou críticas foi a falta de comunicação antecipada por parte do DNIT. Faltou o órgão ter divulgado antes que faria essas intervenções.

A duplicação da BR-304 é necessária, fundamental para melhoria do tráfego de veículos neste trecho urbano, mas suas intervenções devem ser bem analisadas e os impactos mitigados.

Qual sua opinião sobre as intervenções?

Brasília (DF) - Os veículos de comunicação do Senado lançam campanha contra as fake news. A intenção é conscientizar cada cidadão da importância de não divulgar notícias falsas. Foto: Pedro França/Agência Senado

Foto: Pedro França/Agência Senado

Ministros do governo federal defenderam a regulação das redes sociais para combater a disseminação de notícias falsas, após a morte de uma jovem de 22 anos. As declarações foram dadas neste sábado (23) pelo ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida, e pela ministra das Mulheres, Cida Gonçalves.

Na sexta-feira (23), Jéssica Canedo, moradora de Araguari (MG), foi encontrada morta. Jéssica passou a ser alvo de ataques virtuais nas redes sociais após o perfil de notícias de celebridades Choquei divulgar que a jovem teria um relacionamento amoroso com o humorista Whindersson Nunes.

O suposto relacionamento foi negado pelo artista e pela jovem, mas a desinformação não foi retirada das plataformas. Segundo a família, ela sofria de depressão.

Em postagem nas redes sociais,  o ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio de Almeida, declarou que a regulação das redes sociais é um “imperativo civilizatório”.

“A irresponsabilidade das empresas que regem as redes sociais diante de conteúdos que outros irresponsáveis e mesmo criminosos nela propagam tem destruído famílias e impossibilitado uma vida social minimamente saudável”, escreveu.

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, afirmou que a morte de Jéssica foi causada pela “irresponsabilidade” de perfis que lucram com a misoginia e a disseminação de mentiras.

“É inadmissível que o conteúdo mentiroso contra Jéssica, que fez crescer uma campanha de difamação contra a jovem, não tenha sido retirado do ar nem pelo dono da página nem pela plataforma X ao longo de quase uma semana, mesmo depois dos apelos da própria Jéssica e de sua mãe”, completou a ministra.

Em nota, o perfil Choquei afirmou que não houve “qualquer irregularidade” nas informações publicadas  e que as postagens foram feitas com os “dados disponíveis no momento”.

“O perfil Choquei, por meio de sua assessoria jurídica, vem esclarecer aos seus seguidores e amigos que não ocorreu qualquer irregularidade na divulgação das informações prestadas por esse perfil. Cumpre esclarecer que não há responsabilidade a ser imputada pelos atos praticados, haja vista a atuação mediante boa-fé e cumprimento regular das atividades propostas”, declarou.

Padre Fábio de Melo fará show em Salvador

Foto: Reprodução

O padre Fábio de Melo de faz show neste feriado de 25 de dezembro, em comemoração ao aniversário de 424 anos da capital potiguar.

O show integra a programação do Natal em Natal, no Arena das Dunas, a partir das 21h.

Entrada gratuita!

Atual gestão do Ministério dos Transportes entregará 10 quilômetros da Reta Tabajara em 2023

Foto: Márcio Ferreira/MT

Neste sábado (23), percorremos todo o trecho da BR-304 conhecido como Reta Tabajara, em Macaíba. A duplicação da rodovia federal foi entregue no trecho compreendido entre o Posto da Polícia Rodoviária Federal até o viaduto  próximo a entrada da comunidade Lagoa dos Cavalos. Com as obras de duplicação concluída naquela região, o tempo para chegar a zona rural da cidade ficou mais rápido e seguro.

Esta semana, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) deu início a intervenções no perímetro urbano da cidade, o que isso significa? a obra vai começar a avançar sobre o trecho do centro, onde restam a fazer a duplicação da rodovia, construção de três viadutos e a melhoria das marginais.

O apresentador de TV, Salatiel de Souza, é pré-candidato a prefeito de Parnamirim. Foto: José Aldenir/Agora RN.

Foto: José Aldenir/Agora RN

“Sim, claro”. É o que disse o apresentador Salatiel de Souza (União Brasil) ao ser questionado sobre se sua pré-candidatura a prefeito de Parnamirim está mantida. Oficialmente, o projeto deve ser lançado já no início de 2024, conforme declaração dada ao AGORA RN nesta sexta-feira 22. A data oficial do lançamento deve ser comunicada antes do Carnaval.

“A pré-candidatura vai ser lançada no início do próximo ano. Os partidos, os vereadores, os pré-andidatos que estão já nos apoiando, que já são seis vereadores e 30 pré-candidatos, e a gente ainda vai decidir quais são os partidos, né?! Eles é que estão organizando isso. Eu deixei, deleguei a eles para que eles organizem o dia, para que eles organizem o local, para que no próximo ano aí, depois de passar esse período de festas, né?! Geralmente viajam, vão veranear e tal. Então antes do Carnaval isso vai acontecer”, diz o comunicador.

Ainda nesta semana, Salatiel participou de um culto de aniversário, onde recebeu vários amigos e apoiadores, incluindo políticos simpáticos à sua pré-candidatura. Questionado sobre como vai se desenvolver seu projeto político, o comunicador respondeu que está fazendo pesquisas para identificar problemas na cidade, visitando bairros e se reunindo com moradores.

Agora RN