Arquivo diário: sexta-feira, agosto 5, 2022

 

O apresentador, escritor e humorista Jô Soares morreu nesta sexta-feira (05), aos 84 anos, em São Paulo, às 2h30. A morte dele foi confirmada pela ex-esposa Flávia Pedras Soares nas redes sociais. A causa da morte não foi divulgada.

O velório e o enterro serão reservados à família e aos amigos. A data e o local ainda não foram divulgados. Segundo a ex-esposa, ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

“Viva você, meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem”, escreveu Flávia.

“Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”, completou.

Nascido no Rio de Janeiro, em 16 de janeiro de 1938, Jô Soares sempre teve o humor presente na sua carreira. Além de apresentador e humorista, Jô também foi ator e escritor. A primeira aparição na televisão foi na Record TV, ainda em 1956, no elenco do programa Praça da Alegria.

Portal da Tropical

Foto: Wallacy Medeiros / Agecom

A Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) está com dois processos seletivos abertos para bolsistas de graduação. Ambos oferecem uma vaga, destinada a alunos da UFRN matriculados em cursos de tecnologia e áreas afins.

As vagas são oferecidas por dois editais diferentes, um regido pelo Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) (Edital nº 016/2022) — para estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica — e outro pela Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) (Edital nº 006/2022). As inscrições podem ser feitas na plataforma Jerimum Jobs a partir desta sexta-feira, 5, até o dia 14 deste mês. As remunerações são de R$ 400 e R$ 600.

Ambas as oportunidades são para apoio técnico em desenvolvimento de sistemas e as cargas horárias são de 20 horas semanais. Para participar dos processos, os candidatos devem ser alunos do IMD, Centro de Tecnologia (CT), Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET) ou Escola de Ciências e Tecnologia (ECT).

Para o exercício dos cargos, também é necessário que os candidatos tenham conhecimento em lógica de programação – linguagens Javascript, HTML e CSS.

Os dois processos seletivos consistirão em análise curricular e entrevistas, as quais ocorrerão via Google Meet. Os resultados das seleções serão divulgados no dia 31 de agosto, na aba Editais do site do IMD.

O deputado estadual Souza foi escolhido para ser o primeiro suplente do candidato a senador Rafael Motta (PSB). A segunda suplente ficou com a vice-prefeita de Angicos, Cinara Dantas.

O senador Styvenson Valentim vai anunciar hoje (05) durante a convenção do Podemos se irá disputar a eleição para governador. Styvenson tem dado entrevistas, mas sempre deixa no ar se pode ou não entrar na disputa. Caso confirme, poderá levar a eleição para o segundo turno.

O senador do Podemos aparece em diversas pesquisas de intenções de voto entre o segundo e o terceiro nome mais posicionado.

DeFato.com - Blog do Cesar Santos

Reprodução

Prego batido e ponta virada.

Candidatura da governadora Fátima Bezerra terá o apoio em Mossoró da ex-governadora Rosalba Ciarlini.

O grupo de Rosalba foi surpreendido com a rasteira articulada pelo candidato a senador Rogério Marinho com o ministro Fábio Faria, para o PP não respeitar o quadro local de Mossoró, obrigando o partido presidido pelo deputado Beto Rosado a se coligar com o PL de Rogério e o Solidariedade de Fábio Dantas, e ficar no mesmo palanque do prefeito Allyson Bezerra, maior adversário do rosalbismo.

Blog de Thaisa Galvão

Edi do Posto da Maré pede exoneração - Macaíba no ArMacaíba no Ar

A política macaibense continua bastante movimentada. Na edição do Diário Oficial que trouxe diversas exonerações de cargos da Prefeitura, também houve exonerações na Câmara Municipal. Ex-candidato a vice-prefeito de Macaíba, Edi do Posto da Maré pediu exoneração do cargo de assessor de gabinete.

Edi do Posto irá trabalhar no setor privado após passar em um processo seletivo.

No meio político, a saída de Edi do Posto da assessoria parlamentar vai abrir caminho para que o ex-gestor do Posto da Maré possa disputar a próxima eleição municipal ao cargo de vereador.

 

 

Tem início hoje (5) e vai até 15 de agosto o novo prazo para que as prefeituras cadastrem taxistas que poderão receber o benefício emergencial concedido a motoristas de táxi, o Bem-Taxista. Ele será pago até dezembro próximo como ajuda para compensar a elevação do preço de combustíveis e derivados.

O auxílio emergencial começará a ser pago no dia 16 de agosto em seis parcelas de R$ 1 mil, “observadas a quantidade de taxistas elegíveis e o limite global disponível para o pagamento do auxílio”, informou, hoje, em Brasília, o Ministério do Trabalho.

Têm direito ao benefício motoristas de táxi registrados nas prefeituras, titulares de concessões ou alvarás expedidos até 31 de maio.

Segundo o ministério, a prestação das informações caberá inteiramente às prefeituras (ou ao governo do Distrito Federal, no caso da capital federal), não sendo necessária qualquer ação por parte dos taxistas. Em caso de dúvidas, o motorista deve entrar em contato com a prefeitura para verificar o cadastro municipal.

Pagamento

“É importante esclarecer que o mero cadastramento dos taxistas não garante o pagamento do Benefício Taxista. Os dados enviados pelos entes municipais e distrital serão analisados pela Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social) para identificação dos profissionais elegíveis”, anunciou o ministério.

As duas primeiras parcelas – referentes a julho e agosto – serão pagas em 16 de agosto. No dia 30, receberão o auxílio taxistas das cidades cujas prefeituras perderem o primeiro prazo para enviar os dados dos trabalhadores ao governo.

O motorista que estiver com o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) pendente de regularização junto à Receita Federal não poderá receber o valor. Além disso, o benefício não poderá ser pago cumulativamente com o auxílio caminhoneiro. Mais informações podem ser obtidas por meio do aplicativo Caixa Tem.