Arquivo diário: domingo, setembro 12, 2021

Segundo o Grande Ponto, marcada para esta tarde (12) no entorno do shopping Midway Mall, a manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro reuniu pouquíssimas pessoas em Natal.

O protesto não conseguiu unir a oposição ao presidente, com partidos como PSOL e PT divulgando notas pedindo para suas militâncias não participarem dos atos, que foi convocado por movimentos como o MBL (Movimento Brasil Livre) e o Vem Pra Rua.

Foto aérea mostra manifestação na Av Paulista às 15h15 — Foto: Rosana Cerqueira/GloboNews

Foto: Rosana Cerqueira/GloboNews

Manifestantes protestaram contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na tarde deste domingo (12), na Avenida Paulista, na região central de São Paulo. Convocado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo Movimento Vem Pra Rua, o ato defendeu o impeachment de Bolsonaro e também cobrou por mais vacinas contra a Covid-19.

Muitas pessoas usaram camisetas brancas para pedir “paz”, e se apresentaram como uma “terceira via”, defendendo “nem Bolsonaro, nem Lula”. A maioria usava máscaras contra a disseminação do coronavírus.

Nas faixas e cartazes era possível ler “impeachment já”, “respeito à democracia”, Bolsonaro traidor e Lula ladrão”, “Brasil, orgulho de novo, Fora Bolsonaro”. Alguns manifestantes também seguravam a bandeira brasileira. No carro de som do Vem Pra Rua, os manifestantes gritavam que “a nossa bandeira nunca será vermelha”.

Os organizadores tentaram uma frente ampla com partidos de esquerda, mas o PT e o PSOL decidiram não participar do protesto, bem como a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Integrantes do PCdoB foram ao ato.

Outras centrais sindicais como a Força Sindical, a Nova Central Sindical Trabalhadores (NCST), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) participaram do protesto.

G1

Foto: Femurn

Após a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) ter protocolado ofício junto ao Governo do RN, cobrando o pagamento aos municípios das parcelas em atraso da dívida ativa do ICMS, parte da quantia foi quitada pelo Executivo estadual. Ainda foram repassados as Prefeituras valores referentes a Farmácia Básica, que também estavam atrasadas.

Ao todo, os municípios potiguares receberam pouco mais de R$ 2,3 milhões referentes aos recursos que têm direito da dívida ativa do ICMS. Essa quantia é relativa aos meses de abril, maio e junho. Já da Farmácia Básica foram quase R$ 700 mil. Ainda resta o Governo do RN iniciar o pagamento das parcelas atrasadas relativas a dívida ativa do IPVA.

“Importante a atitude do Governo do Estado em repassar esses pagamentos aos municípios que estão enfrentando grandes dificuldades financeiras para honrar seus compromissos. Ficamos agora à espera de uma posição sobre o repasse relativo ao IPVA, que por dificuldades burocráticas ainda não foi possível ser feito”, disse Babá Pereira.

Grande Ponto

 

Brisanet Macaíba: Rua Nossa Senhora da Conceição, em frente aos Correios

Foto: Reprodução

O prefeito Emídio Jr assinou na tarde deste sábado (11) ordem de serviço para a construção de uma quadra de futebol society no distrito de Traíras, zona rural de Macaíba. A cerimônia contou com uma grande ação social com serviços de saúde, assistência e apresentações culturais.

O investimento para construção da obra é de mais de R$ 443 mil reais. A quadra terá mais de 2 mil metros quadrados e ficará localizada ao lado do ginásio de Traíras, em frente ao cemitério público da comunidade. A quadra society será um ótimo local para a prática de esportes e lazer. No espaço, os moradores vão poder praticar esportes como futebol society, voleibol, tênis, badminton, entre outros.

 

Brisanet Macaíba: Rua Nossa Senhora da Conceição, em frente aos Correios