Arquivo diário: sábado, setembro 11, 2021

Foto: Edeilson Morais

Na manhã desta sexta-feira (10), foi realizada a reinauguração das novas instalações do Centro de Atenção Psicossocial II (CAPS II). A obra da atual gestão promoveu a revitalização do espaço, deixando a estrutura totalmente renovada e com qualidade e conforto para atender a população.

Na oportunidade, o prefeito Emídio Jr anunciou o aumento no atendimento psiquiátrico e terapêutico na unidade. O Centro agora passa a ter dois dias de atendimento com a psiquiatra e a terapeuta ocupacional sai de 20 para 30 horas semanais de atendimento. Na solenidade, também houve um momento com uma paciente do CAPS II, Ana Maria Faustino, onde foi feita a leitura de um poema.

O prefeito Emídio Jr comemorou a reforma, parabenizou a equipe do Centro, comentou acerca da importância do atendimento humanizado e falou sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. “Todos os funcionários aqui do CAPS II estão de parabéns. Os usuários que vem para cá em busca de tratamento são muito bem acolhidos aqui nessa nova casa, com atendimento humanizado e que se estende para além do CAPS, indo para todas as repartições públicas do nosso município, que é a diretriz dada para todos os nossos colaboradores e funcionários: atender com maestria para nossa população”, comenta.

“Não foi à toa que escolhemos este dia para estarmos aqui. Essa ação é para que nós possamos reinaugurar esse espaço, dar um recado a toda a sociedade macaibense de que precisamos dar uma atenção diferente aos pacientes que estão aqui. Que esse 10 de setembro sirva para que possamos, cada vez mais, orientar e difundir a importância do Setembro Amarelo”, acrescenta o gestor.

A psicóloga do CAPS II, Ianny Ribeiro, falou da importância da obra. “Há muitos anos a gente esperava por esse momento, por essa obra. Agora nós tivemos essa oportunidade e estamos aproveitando, até mesmo para que, de certa forma, seja condizente com o tratamento que é oferecido, que é pensando no bem-estar dos pacientes”, explica.

O dispositivo de honra da cerimônia contou com a presença do prefeito Emídio Jr e do vice-prefeito Netinho França, da vereadora Rita de Cássia (representando a câmara municipal), Roberta Guilhermina (secretária municipal de saúde), Januário de Souza (coordenador do CAPS II). Os vereadores(as) Aroldo da Saúde, Jailson Brito, Erika Emídio, Zeca da Pesca, João de Damião, Socorro Nogueira, Dadaia Ribeiro, e toda a equipe do CAPS II e usuários do Centro também estiveram presentes.

Ainda nesta sexta-feira, antes de participar da reinauguração do CAPS II, o prefeito esteve presente no café da manhã solidário em comemoração aos 18 anos da Oikos, fundação que atende crianças, adolescentes e seus familiares em situação de vulnerabilidade e risco social.

E durante a tarde, foi realizada uma ação na Praça Paulo Holanda Paz para falar sobre a importância das ações do mês, da necessidade de ajuda profissional, da atenção aos possíveis sinais, e também sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. O CAPS II atua no tratamento de transtornos psicossociais severos e conta com uma equipe composta por psiquiatras, terapeuta ocupacional, enfermeiro, psicólogos, assistente social, técnicos de enfermagem, pedagogos e auxiliar administrativo.

Brisanet Macaíba: Rua Nossa Senhora da Conceição, em frente aos Correios

Um motorista de aplicativo de Natal preso por engano após ter sido baleado foi colocado em liberdade nesta sexta-feira (10). O profissional foi identificado como José Heliton, de 29 anos, e estava detido no presídio de Ceará-Mirim.

Ele estava trabalhando em seu veículo quando recebeu um chamado pelo aplicativo InDriver para uma corrida no bairro Petrópolis, em Natal. Durante a corrida, mais dois bandidos embarcaram no veículo no bairro Mãe Luíza e anunciaram o assalto.

José Heliton foi colocado no banco de trás do seu próprio carro e os criminosos saíram pela cidade procurando vítimas para assaltarem. Ao chegarem em uma praça no bairro Candelária, por trás do Natal Shopping, os meliantes assaltaram duas mulheres. Nessa hora Heliton tentou fugir, mas foi recapturado por um dos bandidos, que ainda o ameaçou de morte.

Eles seguiram a fuga, mas foram interceptados pela polícia, que já havia sido avisada do assalto, mas não sabia que entre os criminosos havia também uma vítima. Durante a abordagem, deu-se início a uma troca de tiros e Heliton foi atingido no tórax. Dois criminosos também foram baleados.

Na ocasião, os próprios assaltantes teriam confirmado a inocência de Heliton.

Grande Ponto

Brisanet Macaíba: Rua Nossa Senhora da Conceição, em frente aos Correios

Vacinação em massa contra a covid-19 de moradores do Complexo da Maré.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Brasil já registra 70 milhões de brasileiros imunizados contra a covid-19 com as duas doses da vacina ou a dose única. Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde neste sábado (11), 44% da população maior de 18 anos estão com o ciclo vacinal completo.

Mais 136,9 milhões de aplicações foram realizadas em primeira dose, ou seja, mais de 85% da população adulta vacinável recebeu ao menos uma dose de imunizante contra a covid-19.

No momento, 23 estados já estão com ocupação de leitos de UTI e clínicos abaixo de 50% e dentro dos padrões de normalidade. Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul ainda estão na zona de alerta, com taxas de ocupações que variam de 51% a 69%.

As médias móveis de casos e óbitos também estão em queda e registraram, nos últimos dois meses, redução de 61% e 60%, respectivamente.

“Vamos continuar avançando e contando com o apoio de todos. Quando assumi o Ministério da Saúde, o objetivo era vacinar 1 milhão de pessoas por dia, número que estamos atingindo com normalidade. Se continuarmos nesse ritmo será possível vacinar todo o público-alvo do país com as duas doses até o mês de outubro”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Em agosto, a pasta bateu outro recorde e distribuiu mais de 60,8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 para todos os estados e o Distrito Federal. Desde o início da campanha, já foram distribuídas mais de 259,4 milhões de doses.