Vice de Ciro, Kátia Abreu diz que trabalho escravo é inaceitável, mas critica divulgação de lista de autuados

Resultado de imagem para katia abreu you tube

De acordo com informações do G1Kátia Abreu, candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes(ambos do PDT), reforçou ser contrária à divulgação de lista dos autuados por prática de trabalho escravo. Ela defendeu, porém, punição “na hora” para o produtor que for flagrado com “menor trabalhando” ou pessoas “impedidas de sair da propriedade”.

A candidata concedeu entrevista à GloboNews, que, nesta semana, entrevista os postulantes ao cargo de vice-presidente das 5 chapas mais bem colocadas nas pesquisas de opinião.

“Ninguém aprova o trabalho escravo nem degradante. É colocar na lista pública a questão de condenação administrativa. Não é só uma informação […]. Nesta lista os produtores são proibidos de vender gado aos frigoríficos, quem produz açúcar é proibido de vender cana às usinas, quem produz soja é proibido de vender para as traders que compram soja. Então não é simplesmente uma listinha, é uma condenação antecipada”, explicou a candidata.

“Tem que ser um trabalho educativo, e não só punitivo. Agora, onde chegou e encontrou alguém como jovem, criança, menor trabalhando, ou pessoas de fato impedidas de sair da propriedade. Isso não tem discussão nem ensino, tem que ser punida na hora”, acrescentou.

Matéria na íntegra

Administrador