UFRN lidera no RN e está em 4° lugar no Norte e Nordeste

Foto: UFRN

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) teve a maior nota do Estado no Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), divulgado nesta quinta-feira, 12, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Com média 3,67319 e nota 4, a UFRN mantém o histórico acima da média nacional.

O IGC é o indicador que avalia a instituição. Segundo o Inep, fazem parte desse cálculo a média do Conceito Preliminar de Curso (CPC) do último triênio (2016, 2017 e 2018) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), relativo aos cursos avaliados da instituição; média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) na última avaliação trienal disponível; e distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

Na edição 2018, 2.052 instituições tiveram indicadores divulgados, em valores que vão de 1 a 5. O IGC levou em conta, nos cálculos, o CPC de 23.228 cursos, além de 4.356 programas stricto sensu da CAPES 2018. Na faixa 3, estão 1.306 instituições (63,6%); na faixa 4, encontram-se 438 (21,3%); na faixa 5, 42 (2%); na faixa 2, são 259 instituições (12,6%) e 7 instituições (0,3%) estão na faixa 1.

O Enade avaliou 27 cursos em 2018: administração; administração pública; ciências contábeis; ciências econômicas; design; direito; jornalismo; psicologia; publicidade e propaganda; relações internacionais; secretariado executivo; serviço social; teologia; turismo; tecnologia em comércio exterior; tecnologia em design de interiores; tecnologia em design de moda; tecnologia em design gráfico; tecnologia em gastronomia; tecnologia em gestão comercial; tecnologia em gestão da qualidade; tecnologia em gestão de recursos humanos; tecnologia em gestão financeira; tecnologia em gestão pública; tecnologia em logística; tecnologia em marketing e tecnologia em processos gerenciais.

Em outubro, divulgamos que a UFRN melhorou o conceito dos cursos de graduação avaliados no Enade, do Ministério da Educação (MEC). A última edição analisou os bacharelados das áreas de Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas, além de cursos superiores de Tecnologia nas áreas de Gestão e Design. 75% das graduações alcançaram conceito 4 e 5, pontuação considerada de excelência.

Conforme o coordenador de Acompanhamento, Planejamento e Avaliação Acadêmica da UFRN, Fabiano do Espírito Santo Gomes, a evolução na avaliação dos cursos se deu devido ao Programa de Apoio à Melhoria da Qualidade do Ensino de Graduação aprovada em 2017, o qual permitiu o planejamento dos cursos a partir de avaliações externas e internas, como o Enade ou as comissões próprias de avaliações, por exemplo.

Administrador