Agência PRF

Com o objetivo de identificar o comportamento do transporte de cargas realizadas em contêineres, a Operação, que recebeu o nome de “Pele de Sapo”, contou com a participação da PRF, MAPA, Receita Federal e Polícia Federal, que, integrados, intensificaram a fiscalização nas rodovias federais do RN e no porto.

A Operação ocorreu nesta última sexta-feira (5) e sábado (6), nas BRs 101 e 304, tendo como base as Unidades Operacionais de São José de Mipibu e Macaíba.

Durante a Operação, quatro pessoas foram presas e um veículo de luxo foi recuperado. Todas as prisões ocorreram na tarde do sábado (6).

A primeira ocorreu na BR 304, na cidade de Macaíba, quando os PRFs abordaram uma camionete Hilux. Ao realizarem uma inspeção minuciosa, os policiais constataram adulteração nos sinais identificadores do veículo.

Após consultas detalhadas, constatou-se que o veículo que tinha placa de Recife/PE, foi tomado de assalto em Paulista/PE no dia 18 de junho deste ano.

Os dois ocupantes do veículo foram presos por receptação e adulteração e o bem, avaliado em quase R$180.000,00, foi ressarcido ao proprietário.

A terceira prisão ocorreu na UOP de São José de Mipibu, após um condutor trafegar de maneira brusca e fazer arrancadas, após passar pela lombada dessa unidade.

Houve acompanhamento tático e o veículo do tipo I30 foi abordado próximo à entrada de Monte Alegre. Dentro do veículo, foram encontrados vários vasilhames de bebidas alcoólicas.

Após realização do teste etilométrico, ficou constatada a embriaguez do condutor de 22 anos, que foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Em outra abordagem, também em Macaíba, o motorista de caminhão que transportava manga com destino ao Porto de Natal, foi flagrado com nove comprimidos de anfetaminas, conhecido popularmente como “rebite”.

Diante do flagrante, foi confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e a ocorrência encaminhada ao Ministério Público Estadual. O motorista poderá cumprir pena de 6 meses até dois anos de prisão.

O fortalecimento entre as intuições de segurança pública tem sido uma marca da PRF no âmbito do Rio Grande do Norte. Instituições fortes e unidas geram maior segurança para a nossa sociedade.