2020 Arquivo

Vice? 

Edi do Posto da Maré se reuniu na noite dessa segunda-feira (11) com Jefferson Stanley. De acordo com o blog Informativo Atitude, o encontro foi marcado por uma longa conversa, e em meio a uma conversa e outra, surgiu o comentário da possibilidade de Jefferson ser o vice na chapa encabeçada por Edi do Posto da Maré.

Um bom nome 

Para todos que fazem a pré-campanha de Edi, Jefferson Stanley é um bom nome  para compor uma chapa. A reunião durou cerca de duas horas e contou com a presença de um dos membros do Alto Comando. Stanley ficou lisonjeado com a aceitação do  grupo pró-Edi.

Respeitado

Jefferson Stanley é um dos nomes mais respeitados no meio evangélico e é sem sombra de dúvidas, um nome que pode vir acrescentar bastante na pré-candidatura de Edi do Posto da Maré.

Reconhecimento

Um dos nomes da oposição já reconhece que o pré-candidato Edi do Posto da Maré é competitivo. A figura política em questão pretende entrar na disputa, porém, irá continuar sem anunciar sua intenção publicamente até que o cenário esteja mais definido, nos revelou em uma conversa.

Resultado de imagem para pesquisa entrevistador

Pesquisas

Diversas pesquisas foram encomendadas, mas nenhuma foi divulgada. O motivo? Entre os eleitores da oposição existe uma fragmentação entre quatro nomes, dois deles já anunciaram que são pré-candidatos, outros dois negam, pois, esperam um cenário favorável para avaliar se irão disputar ou não a eleição para prefeito em 2020.

Resistência

O vice-prefeito Auri Simplício continua na resistência e não pretende abandonar o seu projeto para disputar o Palácio Auta de Souza. Com uma biografia de fazer inveja a muitos políticos da cidade, Auri acredita que sua lealdade e o seu conhecimento sobre a máquina pública irá pesar em seu favor no momento que o governo Fernando Cunha decidir quem irá apoiar.

Resultado de imagem para edi do posto da maré

Adesões

O pré-candidato que mudou o cenário político que vinha se desenhando para 2020, Edi do Posto da Maré segue firme com seu projeto e deverá em breve receber apoio de mais lideranças importantes. Edi do Posto da Maré é hoje um dos nomes citados em rodas de conversa quando se trata da futura disputa pelo Palácio Auta de Souza.

A popularidade de Edi é reconhecida até mesmo por aqueles que fazem oposição ao prefeito Fernando Cunha. O mérito de acordo com observadores da política local, é todo dele, pois, sempre foi um servidor dedicado e uma pessoa que trata bem quem quer que seja.

Confiante

Correligionários do vereador Gelson Lima nos revelaram que o presidente da Câmara está bastante confiante nos números. Com apoio de nove vereadores, Gelson Lima espera ter o apoio do prefeito na disputa pela Palácio Auta de Souza.

Resultado de imagem para cicero militão e pt

Nome próprio

 

O anúncio da pré-candidatura de Cícero Militão pegou muita gente de surpresa, pois, era esperado que o vereador Netinho França fosse ao início do próximo ano anunciado como o nome da sigla para disputar a Prefeitura.

 

Enquanto algumas figuras da oposição acreditam que o PT fez certo em escolher um nome com história dentro da sigla para disputar o pleito, outra ala da oposição acredita que a pré-candidatura de Cícero Militão foi um recado ao vereador Netinho, visto que recentemente pessoas simpáticas ao nome do vereador andavam compartilhando nas redes sociais que o Solidariedade tinha interesse em tê-lo candidato.

Gabinete itinerante

 

O vereador Emídio Júnior deu início ao seu gabinete itinerante. O edil tem andado por diversos bairros da cidade ouvindo populares. Nos corredores da Câmara dizem que o gabinete itinerante de Emídio Júnior foi “inspirado” em um projeto de outro edil.

Reunião

Na última sexta-feira (21), informamos aqui um trecho de uma matéria onde afirmava que o grupo político que administra o Palácio Auta de Souza havia tido uma reunião tensa. A pauta da reunião ninguém sabia, porém era algo que iria desagradar alguns membros da base governista.

Rompimento

A reunião da semana passada discutiu a permanência ou não do vereador Netinho França na base governista. Diante da análise do cenário foi decidido pelo rompimento.

Exonerações

Nesta segunda-feira (24), o rompimento foi oficializado quando o Diário Oficial do município trouxe exonerações de pessoas ligadas ao vereador. Entre os exonerados consta Edvaldo Marinho, que ocupava o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico.

Falta de diálogo

Um dos motivos pelo rompimento foi a falta de diálogo entre o vereador e o governo. Segundo uma fonte do Palácio Auta de Souza, o edil vinha fazendo críticas a determinados assuntos na Câmara, porém não dialogava com o governo sobre esses assuntos.

Pronunciamento

Até este momento, o vereador Netinho França não se manifestou publicamente sobre o rompimento. Como o Legislativo encontra-se de recesso, talvez Netinho França espere  o fim do recesso para falar.

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

No início desta semana, o grupo político “Macaíba é nossa e sem medo de ser feliz” realizou sua primeira reunião. O grupo opositor é liderado pelo professor Hailton Mangabeira e conta com membros tanto da zona urbana quanto da zona rural da cidade. O grupo se organiza para disputar a próxima eleição municipal.

O grupo ainda não declarou por qual partido estará na disputa.