Styvenson tem WhatsApp clonado e diz que “safado” está usando ele para pedir dinheiro

O senador Styvenson Valentim (Podemos) teve o número do seu celular clonado e teve seu WhatsApp utilizado para pedir transferências bancárias às pessoas. No perfil das suas redes sociais, Styvenson avisou, nesta segunda-feira (10) e alertou para que não caíssem no golpe.

“Gente, quem tiver meu WhatsApp e tiver recebendo mensagem pedindo dinheiro, 5 mil ou 10 mil reais, clonaram meu telefone. Não sou eu. É um vagabundo, safado e bandido, que deve estar usando meu número para pedir dinheiro para vocês”, falou.

O senador reforçou que não fosse depositado “nenhum real” na conta do golpista. “Não depositem nenhum real na conta deste vagabundo. Clonaram meu telefone”, disse.

Este tipo de golpe acontece quando os fraudadores se apropriam do código de ativação do mensageiro, enviado por SMS ao celular do usuário. Roubos de informações em sites famosos também podem ser utilizados para clonar seu número.

Agora RN

Administrador