Secretário de Segurança nega que blitzen são para “perseguir” motociclistas

É destaque no Portal Agora RN: O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Canindé de Araújo, disse que a intensificação de blitzen da Operação Lei Seca e de controle do trânsito tem como principal objetivo a “preservação de vidas”, e não a perseguição a motociclistas, como sugeriram críticos das ações policiais na semana passada.

De acordo com o coronel, a ação da polícia tenta coibir que motoristas – sejam eles motociclistas ou não – ponham vidas em risco por dirigirem após a ingestão de bebida alcoólica ou por conduzirem veículos roubados com a finalidade de praticar assaltos e até homicídios.

“A polícia não pode deixar que um cidadão pegue uma moto ou qualquer outro veículo, vá ingerir alcoólica e depois vá conduzi-lo. Vai colocar (em risco) a vida dele, dos passageiros e de terceiros que estejam na rua. Além disso, se fizermos um levantamento em todas as mídias, roubos contra pessoas ou patrimônios (muitas vezes) são praticados por uma dupla em uma motocicleta. A polícia está como regulador, para tentar inibir ações delituosas. Não está tentando perseguir motociclistas”, argumentou o secretário nesta segunda-feira, 12, em entrevista à rádio 96 FM.

Administrador