Sargento Heronides fala pela primeira vez sobre acontecimento envolvendo seu irmão

Irmão do PM Hermano Mangabeira, que fez o filho refém em Macaíba, o sargento Heronides Mangabeira se manifestou neste domingo (08) em seu perfil no Facebook e  agradeceu pelo apoio de todos os amigos que conhecem a história.

“Neste sábado a tarde fiquei muito feliz com a carreira do meu sobrinho em minha direção

Com aquele salto e abraço bem forte e apertado.
Nunca vi um amor tão forte que esse garoto tem, de tocar o coração de todos.
O amor que ele tem pelo pai, mãe, avós, tios e madrinha são enormes.
Mesmo com todo susto que passamos, o nosso anjinho está bem, feliz e brincalhão.
Tendo sempre o pai como herói dele.
Isso, não justifica o surto psiquiátrico que o mesmo fez. Mas todas as medidas estão sendo tomadas para que o pai tenha o tratamento adequado para ser cuidado.
A mãe da criança não tem culpa de nada, pelo contrário, sempre ajudou para que o fim do relacionamento fosse de paz e tranquilidade.
Infelizmente o pai não aceitou e potencializou um problema psiquiátrico que ja vinha tendo, com o função exercida dentro da segurança pública. Algo que comete a muitos policiais.
Em nemhum momento a vida da criança correu risco, pois o amor entre pai e filho são muito forte.
Agradeço a Deus, a Polícia Militar e Civil e o apoio dos amigos que conhecem a história.
InfeliZmente, teve que ter um surto para que medidas mais enérgica de internação acontecesse. Antes tarde do que nunca.
Agora ele ficará internado durante o período necessário.
Foram dois anos de luta para que o surto não acontecesse.
Agradeço ao psiquiatra Dr. Brasíliano que durante esses dois anos acompanhou, medicou, e orientou o paciente.
Com o amor de Deus, o apoio da Policia Militar, dos médicos, da assistência da Associação de Cabos e Soldados, dos amigos e familiares tudo isso será superado com um final feliz.

Sargento Heronides
(Em breve posto um vídeo para o conhecimento real de todos) [sic…]”.

Administrador