Projeto do PAX é apresentado a Associação Nacional

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) apresentou na última sexta-feira, 04, em reunião no prédio do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), o Projeto de Concepção e Implementação do Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) a membros da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). Por videoconferência, a explanação foi conduzida pela assessora especial do gabinete que coordena o projeto do Parque, Ângela Maria Paiva Cruz.

“As associações podem participar como facilitadores, e podem ser associados mesmo ao Parque. O que a direção nos passou é que eles tem muito interesse em aumentar a presença no Rio Grande do Norte dado o volume possível de produção no Estado”, colocou Ângela Paiva. A ex-reitora especificou que, durante a apresentação, procurou-se evidenciar que a instituição trata o projeto como estratégico para o próximo decênio.

Com três áreas de interesse iniciais, a de energias, reabilitação em saúde e tecnologias da informação, ela especificou ainda que, em todas essas áreas, a UFRN detém expertise comprovada nestas frentes de pesquisa. A reunião teve a participação ainda do diretor-presidente do Cerne, Darlan Santos, e da secretária-adjunta de Internacionalização, Renata Arcanjo.

Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX)

 Localizado na cidade de Macaíba/RN e uma área prevista de 50 hectares, o PAX está inserido em um ambiente de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação/ICTs, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal. O PAX tem vocação inicial nas áreas de energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação com ampla oferta de espaços e serviços para as entidades apoiadoras e empresas.

O Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual através da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

Administrador