Projeto de Extensão utiliza prática do Jiu Jitsu para melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho e escolar na EAJ

A ação intitulada “A prática do jiu-jitsu como ferramenta de melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho” dá-se através de encontros semanais para socialização e integração entre servidores e discentes da Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EAJ-UFRN), através da prática do jiu-jitsu, em todas suas vertentes. As atividades foram iniciadas em setembro de 2019 e serão encerradas no dia 05 de dezembro de 2019, quando será finalizado o projeto de e solicitada a renovação para o período 2020.1.

Na primeira quinzena de dezembro será realizado o primeiro evento de graduação dos alunos do projeto, que acontecerá na sede da Carlson Gracie Team, em Parnamirim-RN. Os discentes que participaram da ação neste período e que conservaram ou apresentaram melhora no seu índice de rendimento acadêmico terão preferência prevista em edital para a continuação das atividades em 2020.1. Já os discentes com decréscimo no IRA, que participaram das atividades em 2019.2, concorrerão de forma igualitária com os demais inscritos pela primeira vez.

A importância do projeto se dá na propagação do “estilo de vida jiu-jitsu”, que estimula o trabalho contínuo do corpo e o fortalecimento da mente, primando por respeito e disciplina, e contribui efetivamente como ferramenta na qualidade de vida em uma sociedade formada por pessoas cada dia mais desconectadas de si mesmas. “O esporte pode ser praticado por pessoas de todas as idades e proporciona a obtenção de ganhos qualitativos para a saúde dos praticantes, bem como para socialização e estreitamento saudável de relações interpessoais nos contextos social, familiar e profissional” acrescenta o Professor José Hamilton Filho, responsável pela ação.

O projeto destina-se, exclusivamente, a servidores e discentes em qualquer nível de formação da Escola Agrícola. Semanalmente são realizados dois treinos coletivos, podendo ocorrer um terceiro eventualmente. A primeira parte do treino é destinada ao alongamento, aquecimento dos músculos e integração entre os participantes. Ao tempo em que são realizados exercícios físicos coletivos, também são abordados temas livres, objetivando descontração, integração, relaxamento e aproximação entre os participantes; em seguida, o treino técnico é realizado por duplas, constantemente modificadas para que todos os atletas tenham a oportunidade de treinar juntos; por fim, realiza-se a prática das técnicas através da simulação de combate.

As rotinas de trabalho e de atividades acadêmicas levam servidores e discentes a situações contínuas de estresse e, em alguns casos, ao adoecimento físico e psicológico no ambiente universitário. O Projeto foi idealizado buscando mitigar os efeitos do estresse e do cansaço através da prática esportiva e da socialização, e tem contribuído para a melhoria das relações interpessoais entre os participantes e entre participantes e a comunidade universitária, bem como estimulado o empenho dos discentes em suas obrigações acadêmicas.

A equipe formada pelos participantes do projeto representará a EAJ-UFRN em campeonatos registrados na Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), a partir de 2020.1, e em 2020.2 projeta-se a oferta de uma turma de Jiu-Jitsu Kids, para filhos e filhas de servidores da EAJ-UFRN.

Administrador