Presidente eleito indica nomes para Turismo, Cidadania e Desenvolvimento Regional

O presidente eleito Jair Bolsonaro indicou mais três nomes para os ministérios. O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, anunciou na tarde de hoje (28) que o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL) será ministro do Turismo no governo de Jair Bolsonaro. O anúncio foi feito ao lado do presidente eleito, no momento em que ele deixava a sede do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), para retornar ao Rio der Janeiro.

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) foi confirmado  pela assessoria do governo de transição para ocupar a pasta da Cidadania.

O ministério será responsável por programas como o Bolsa Família e vai fundir as atribuições dos ministérios do Esporte, da Cultura, além da Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad), vinculada atualmente ao Ministério da Justiça.

Terra foi ministro de Michel Temer no Desenvolvimento Social e deixou o cargo em abril para concorrer à reeleição na Câmara. O nome dele é uma indicação de diversas frentes parlamentares que atuam no Congresso Nacional, como a da assistência social, de deficientes físicos, idosos e doenças raras.

O presidente eleito Jair Bolsonaro indicou o atual secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, para o Ministério do Desenvolvimento Regional. A informação foi postada por Bolsonaro em sua conta oficial no Twitter na tarde desta quarta-feira.

Com informações da Agência Brasil

Administrador