Políticos se manifestam após estupro de jovem no Rio

Blog da Marina

Blog da Marina

A ex-senadora Marina Silva (REDE) através de sua página no Facebook, manifestou sua indignação com o estupro de uma jovem no Rio Janeiro. Veja o que disse a porta-voz da REDE Sustentabilidade.

Por todo canto há vigílias: nas casas, nas ruas, praças, igrejas. O Brasil não pode dormir.
Não pode adormecer o que há de humano em nós, para que o desumano não vença. Cada um expresse seu inconformismo, sua indignação. Quanto a mim, que sou mulher e tenho três filhas, adoeço se não consigo traduzir em versos minha tristeza solidária. Contra o estupro, contra toda a violência, que ninguém seja conivente, que ninguém fique indiferente.

Presidente interino Michel Temer

Presidente interino Michel Temer

O presidente interino, Michel Temer (PMDB), também se manifestou pelas redes sociais.

Repudio com a mais absoluta veemência o estupro da adolescente no Rio de Janeiro. É um absurdo que em pleno século 21 tenhamos que conviver com crimes bárbaros como esse.
O ministro da Justiça convocou reunião com os secretários de segurança pública de todo país, nesta terça-feira, quando tomaremos medidas efetivas para combater a violência contra a mulher.

 (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), também comentou a situação

Presto minha total solidariedade à jovem, menor de idade, estuprada por vários homens no Rio de Janeiro.

Além de cometerem o crime, os agressores ainda divulgaram fotos e vídeos da vítima, desacordada, na internet. Uma barbárie.

Mais uma vez reafirmo meu repúdio à violência contra as mulheres. Precisamos combater, denunciar e punir este crime. É inaceitável que crimes como esse continuem a acontecer. Repito, devemos identificar e punir os responsáveis.

 

Administrador