Polícia Militar retorna a utilizar drone nas operações

Esta semana, o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel PM André Azevedo, realizou pessoalmente o teste do drone da CIPAM (Companhia Independente de Proteção Ambiental), que retornou a ser empregado nas operações de patrulhamento ambiental e também em ações das diversas unidades da instituição.

O equipamento foi adquirido por meio de um convênio entre a Polícia Militar e o Ministério Público. O dispositivo aéreo é de grande importância para a realização e transmissão de imagens aéreas em tempo real, dando apoio as viaturas em terra.

O drone voltou a funcionar após a atualização do software e homologação junto aos órgãos ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) e ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

A corporação está adquirindo um novo drone (industrial), com capacidade de transportar até dois quilos de carga, câmeras com zoom de 30x e imagem de qualidade 4K, capaz de operar em ambientes de difícil acesso, como por exemplo áreas de comunidades, florestas, mangues, entre outras.

A ANAC determina que para voos particulares não são permitidos a filmagens de pessoas á uma distância menor que 30 metros, porém, esta regra não se aplica a órgãos de segurança pública.

 

Administrador