PM realiza cerco e liberta refém em Parnamirim

PM/ASSECOM – Sd Ricardo

Na manhã desta segunda-feira (27), a Polícia Militar frustrou um assalto em andamento, onde uma mulher foi mantida refém por quase três horas por dois assaltantes em um posto de combustíveis no bairro Coophab, Parnamirim, região metropolitana de Natal.

Os bandidos realizavam um assalto a funcionários e clientes do posto, quando uma viatura da PM chega ao local e frustra a ação. A vítima, funcionária do posto, foi trancada na sala da gerência e mantida de refém.

Durante as negociações, eles se entregaram e a mulher foi libertada pouco antes das 10h, após a mãe de um dos bandidos, a imprensa e um advogado serem chamados. Com os criminosos foram apreendidas duas pistolas calibre .40, 23 munições e uma motocicleta tipo Honda Bros 150 com registro de roubo.

O Major Soares, Comandante do BOPE, afirmou que as negociação ocorreram com técnica e parabenizou o resultado do excelente trabalho em equipe.

Segundo o coronel Zacarias Mendonça, comandante do policiamento da região metropolitana, os assaltantes chegaram ao posto por volta das 7h40 e, desde então, com a chegada da polícia, mantiveram a funcionária trancada. “Eles prometerem se entregar quando o advogado deles chegassem. E foi o que aconteceu. No final, deu tudo certo”, ressaltou.

A funcionária não sofreu ferimentos e, apesar do trauma, passa bem. Já os dois assaltantes presos, Diego Gomes de Moura, 19 anos, e Eduardo Tarcísio do Nascimento Silva, 20 anos, foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde serão autuados.

Participaram da ação, policiais militares do 3º BPM (3º Batalhão de Polícia Militar), BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), BPCHOQUE (Batalhão de Polícia de Choque), CPRE (Comando de Polícia Rodoviária Estadual) e ROCAM (Rondas Ostensivas com apoio de Motocicletas).

Administrador