Neste semana cinco residencias foram arrombadas na comunidade de Peri Peri, zona rural de Macaíba.
Segundo a Connect TV, uma delas foi  do padre Francisco de Assis, da igreja matriz de Macaíba. De acordo com informações colhidas pela  reportagem da Connect TV, os elementos danificaram algumas portas e janelas da residencia e levaram alguns objetos pequenos de cozinha. Ainda de acordo com informações, pegadas de crianças foram visualizadas no interior da residência, mais até o momento nenhum suspeito foi identificado. A Polícia Civil da delegacia da cidade já foi acionada para iniciar ás investigações.
Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos têm direito à gratuidade no transporte intermunicipal
Foto: Júnior Santos
Segundo a Tribuna do Norte, os idosos com mais de 60 anos que utilizam o transporte coletivo da rede intermunicipal gratuitamente precisarão passar por um cadastramento, como estabelece portaria publicada pelo diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER/RN), General Jorge Ernesto Fraxe, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (13).
A publicação aponta um prazo de 30 dias para que a Diretoria de Transportes do DER/RN organize “todos os atos e termos necessários à formação do registro, administração e regulamentação” do cadastro.
A gratuidade no transporte intermunicipal é assegurada aos idosos com mais de 65 anos desde 1992, sendo de responsabilidade do DER sua administração e regulamentação. Em 2006, a lei foi alterada e idosos a partir de 60 anos passaram a receber o benefício.
Foto: Heitor Gregório
Foto: Heitor Gregório
Por  Heitor Gregório
Ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Macaíba, Chico Cobra disse ao blog nesta terça-feira (11) que vai disputar a Prefeitura do município na eleição do ano que vem.
“Vou ser a novidade que o povo espera, como alternativa aos grupos políticos locais”, disse Chico ao blog.
Apesar de afirmar sua pré-candidatura, Chico mantém um bom diálogo com os ex-prefeitos Marília Dias e Valério Mesquita, ambos do PMDB, além do também ex-prefeito Luizinho (PSB).
O grupo formado por Chico Cobra, Marília Dias, Valério Mesquita e Luizinho deverá chegar unido a 2016.






Por Ligia Silva
Não é de admirar que muitos programas tem ganhado ibope com a atual situação que encontra-se a segurança de Macaíba, só que esses meios de comunicação tem difamado a minha cidade como a terra do medo, hora, quem conhece a historia do Rio grande do norte, sabe que muitos governantes não investiram em segurança, da capital ao remoto interior, todos têm sofrido com o aumento  da violência, claro que é de se indignar mas eu me recuso a receber tal título de “terra do medo”, medo  do que?. Aqui ninguém tem medo, aqui tem muito trabalhador rural, que acorda as cinco da manhã, e muita mãe de família que  alimenta seus filhos com o que consegue apurar na feira, aqui tem muito  microempreendedor que não tem medo de arriscar apesar da crise. Guarde seu título de cidade do medo para os desinformados e alienados da mídia, para os mendigos de seguidores, eu conheço minha historia e poderia citar grandes pensadores e estudiosos da minha cidade, mas prefiro falar dos corajosos que fazem parte do meu dia a dia.
Outra coisa que é triste é o preconceito do próprio macaibense com as áreas periféricas: Morada da Fé, Vila São José, Campinas, Campo das Mangueiras e Alto da Raiz. Para um preconceituoso quem mora nesses bairros, vive de colete á prova de bala, ou é trancado a sete chaves, sinto-lhes dizer não é verdade, na periferia de  macaíba existem formados que contribuem para a sociedade. Na Morada da Fé por exemplo existem: Bombeiro, Pedagogo, Estudante de Direito, Teólogo, Enfermeira, Bilíngüe se eu fosse citar aqui não caberia tantos títulos. Mas qual a realidade que vemos? é  a que queremos enxergar pela lente do preconceito. Periferia não é curral político, digo isso  pois muitos se aproveitam da realidade de alguns para prometer e não cumprir, periferia não é só marginalidade,  a periferia de macaíba é cheia de heróis e heroínas que criaram seus filhos em meio a tanta violência, e  descaso,  porém saíram vencedores, ou mesmo a periferia é feita de senhoras que perderam seus filhos para as drogas mas continuam lutando, a periferia é lugar daquele filho que cresceu sem pai mais que se formou dando orgulho a sua mãe ou mesmo não se formou mas continuou incorruptível, a periferia é da turma do Hip-hop , que tem feito a diferença na vida de jovens que poderiam estar em outros caminhos.
Não devemos  nos envergonhar de nossas raízes, o lugar onde moramos não determina nosso caráter mas a forma que olhamos pra ele pode dizer muito sobre nós, pois quem nega suas raízes nega a si. Desconstruir a visão que a periferia é sinônimo de marginalidade não é fácil, tendo em vista  que sempre na TV somos vistos de forma caricata, um exemplo: ligue sua TV domingo a tarde e vai ver, que tem sempre um “anjo” tentando salvar um pobre para se promover . Por isso antes de achar que nossa cidade não presta; devemos pensar seriamente o que temos reproduzido e principalmente o que temos produzido em prol da nossa comunidade, se temos feito da nossa comunidade um lugar melhor , conhecer nossa historia é de fundamental importância para que não sejamos manipulados.
Creio que não devemos temer um jovem da periferia; mas sim, certos visitantes de bairro nobre e luxuoso, que adora exibir carros importados, mas que vem de quatro em quatro anos nos iludir  e levar  nosso voto e junto nossa dignidade. É visível o medo, temos sérios problemas, porém é visível a garra e a vontade de crescer desse povo, de superar, de ser maior que todos os rótulos dados pela mídia. Eu sou Morada da fé, eu sou Macaíba – RN,  por que como diz a letra da Música de Dialetos do Gueto,  grupo de  Rap do meu bairro: “ Apesar das criticas que falam por aqui, Morada da Fé já faz parte de mim. E bota fé irmão daqui não quero sair’’. Guarde para si, seus rótulos.
Cidadão Macaibense 
A Prefeitura de Macaíba vem a público informar que a solenidade de entrega das unidades do Residencial Campinas está confirmada para a próxima segunda-feira, 17 de agosto, a partir das 10h, na Avenida Dr. Enoque Garcia, no próprio residencial.
O empreendimento, que é Programa Minha Casa, Minha Vida, vai beneficiar 403 famílias de Macaíba. A informação da entrega foi transmitida por representantes do Banco do Brasil na tarde de hoje (13) em uma reunião ocorrida no gabinete do Palácio Auta de Souza.
Assecom PMM
Cedida
Portal BO – A noite desta última quarta-feira (12) foi marcada pela violência no Rio Grande do Norte. Sete pessoas foram assassinadas, em uma chacina e um triplo homicídio, registrados nas cidades de Tibau e Serra Caiada. Além disso, no caso de Serra Caiada, uma quarta pessoa ficou baleada, de acordo com a polícia.
Ainda segundo informações da polícia, duas pessoas foram mortas no local do triplo homicídio de Serra Caiada e uma terceira pessoa morreu após ser socorrida. Além disso, um quarto homem foi baleado de raspão na mesma ocorrência.
No caso de Tibau, na região Oeste do Estado, quatro pessoas foram assassinadas em uma casa de praia. Eles estavam reunidos no local quando homens fortemente armados invadiram o local e executaram os quatro, inclusive com tiros nos rostos.
Até a postagem dessa matéria, o Instituto Técnico-Científico de Polícia ainda não tinha feito a identificação das vítimas desses crimes. Além disso, a polícia foi acionada nos dois casos, mas nenhum suspeito foi preso até o momento.
Reprodução
Por KENNEDY ALENCAR 
A presidente Dilma Rousseff diz que “jamais” pensou em renunciar ou em adotar essa atitude em caso do agravamento das crises política e econômica. Afirma que “a cultura do golpe existe” na sociedade brasileira, mas não crê que ele “tenha condições materiais de se realizar”.
Na avaliação de Dilma, uma saída antecipada do poder “não se coaduna com a sociedade moderna” e poderia ser uma ameaça contra outros presidentes que venham a sucedê-la.
“Esse respeito à instituição é fundamental. Não é pra mim. Não é pra meu caso. É pra todos os presidentes que virão depois de mim.”.
Em relação aos protestos marcados para domingo, ela diz ser capaz de “conviver com as diferenças, as posições que não são aquelas que você deseja”. Afirma ser preciso evitar a intolerância, que vê aumentar no país.
“Tem um processo de intolerância como não visto antes no Brasil, a não ser nos períodos passados quando se rompeu a democracia.”
Dilma admite ter cometido erros no primeiro mandato. Cita como exemplo “as amarras” para desenvolver mais a infraestrutura do país.
Para justificar ter feito um discurso na campanha e adotado medidas diferentes no segundo mandato, ela diz que a partir de agosto do ano passado houve o fim do ciclo das commodities na economia mundial. “Eu tive a coragem de mudar, mesmo não querendo fazer e me comprometendo a não fazer”, afirmou. Ela admite que essa mudança da eleição para o governo, com medidas diferentes das defendidas, pode ser a causa da decepção da população em relação ao seu governo, como captou o Datafolha.
A presidente diz que não acredita na perda do grau de investimento, que é o selo internacional de bom pagador do Brasil. Avalia que economia começará a melhorar em 2016. Afirma que não está isolada politicamente. Declara concordar parcialmente com a “Agenda Brasil”, elogiando a iniciativa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).
A seguir, veja o vídeo e leia íntegra da entrevista ao SBT, concedida na manhã desta última quarta, no Palácio do Planalto:

Imagem Ilustrativa 
Mais um registro de assalto ocorreu na tarde de ontem (12) às 13 horas no sitio Guarapés, na cidade de Macaíba, Região Metropolitana de Natal. 
Segundo a Connect TV, Três homens armados aparentando ter  entre 20 a 25 anos ambos, assaltaram um casal que estava em uma moto tipo Honda Fan, 125 KS. Os criminosos tomaram os pertences das vítimas e no momento da fuga, fugiram levando a moto do casal, que foi abandonada minutos depois após os criminosos serem perseguidos pela a própria população que presenciou a ação dos assaltantes. Às vítimas já procuraram a delegacia de Macaíba para registrarem o boletim de ocorrência.
Lâmpadas incandescentes devem ser retiradas do mercado brasileiro até 2016 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
 Agência Brasil – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) apresentou hoje (13) proposta para uma redução de 18% no valor adicional pago pela energia elétrica, indicado pela bandeira vermelha – mecanismo adotado nas contas de luz para informar ao consumidor se ele está pagando mais caro. A redução já havia sido sinalizada pela presidenta Dilma Rousseff no dia 11, durante o lançamento do Programa de Investimento em Energia Elétrica (Piee).
Apresentada na audiência pública da agência, a proposta reduz o valor pago na cobrança extra, dos atuais R$ 5,50 por cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, para R$ 4,50. Essa redução representa para o consumidor uma redução média de 2% no valor final a ser pago.
Tem um  ex-vereador pensando em analisar mandato exercido em uma casa do povo da Grande Natal. Segundo informações passada ao blog, o resultado dessa apuração pode ter efeito de imediato no pleito de 2016. 

Anualmente, o TCU analisa o Balanço Geral da União (BGU) e faz um parecer sobre as contas do governo
Estadão – Os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) concederam nesta quarta-feira, 12, mais prazo para a presidente Dilma Rousseff esclarecer, e se defender, de distorções nas contas de 2014 encontradas pelos auditores do tribunal e pelo Ministério Público e que inicialmente não faziam parte dos questionamentos do TCU. Com isso, a presidente terá agora prazo adicional de 15 dias para responder. 
A proposta foi encaminhada nesta tarde pelo ministro Augusto Nardes, relator do processo de análise das contas de 2014 no TCU. “Dois novos elementos que não foram contemplados no relatório inicial, em virtude de terem sido apresentados pelo Ministério Público fora do prazo regimental. Devemos agora realizar oitiva complementar à presidente Dilma Rousseff para que caso entenda ser necessário pronuncie-se acerca desses dois novos indícios de irregularidade”, disse Nardes. “Vamos fazer todos os esforços para que o processo volte ao colegiado (de ministros) o mais breve possível”, disse o relator.
As novas questões foram levantadas pelo procurador Júlio Marcelo de Oliveira, do Ministério Público de Contas, que atua junto ao TCU, e pelo ministro substituto André Luís de Carvalho. Entre elas, constam questionamentos sobre a edição de decretos presidenciais de abertura de crédito suplementar pelo Ministério do Trabalho, no valor de R$ 9,2 bilhões, e omissões sobre os financiamentos concedidos pelo BNDES a grandes empresas. 
Foi a pedido da Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal, realizado na terça, que o TCU decidiu conceder novo prazo. O colegiado aprovou um requerimento solicitando a prorrogação com amplo apoio da base aliado, num contexto de reaproximação entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A informação foi antecipada ontem pelo ‘Estado’. 
O governo vê com bons olhos o prazo adicional uma vez que dará tempo, também, para o caso das pedaladas fiscais “esfriar”. As pedaladas constituem a principal distorção nas contas de 2014 e podem fazer o TCU rejeitar as contas federais, impulsionando no Congresso Nacional, o responsável pela decisão final deste processo, um pedido de impeachment da presidente por parte da oposição. 
O prazo extra atende ao interesse do Planalto, que tenta adiar a apreciação do caso na corte de contas para depois de setembro. A aposta é que, até lá, as crises política e econômica esfriem, abrindo caminho para um desfecho favorável a Dilma.

Mais prazo. Inicialmente, Nardes propôs 10 dias, mas o ministro Bruno Dantas solicitou 30 dias. Ele também chamou de “novela” a análise das contas federais de 2014 da presidente Dilma Rousseff. “Não vemos mais a hora de encerrar esse tema e concluir essa apreciação. Essa é a posição dos ministros, dos procuradores e dos nossos auditores, tenho certeza”, disse ele. 
“Como se trata de tema bastante novo e efervescente, não poderíamos simplesmente examinar dois novos pontos sem reabrirmos o prazo para a defesa”, disse Bruno Dantas, que justificou seu pedido por prazo adicional por um risco de “judicialização”. “Na sessão de junho demos 30 dias para a presidente esclarecer 13 irregularidades. Agora que temos mais duas fico a me perguntar se não correríamos o risco de abrir um flanco de judicialização. Um questionamento sobre um prazo de 30 dias antes e agora somente 10 dias”, disse Dantas. 
“Isso realmente precisa acabar”, reforçou o ministro José Múcio Monteiro, que relatou outro processo dramático para o governo, exclusivo sobre as “pedaladas fiscais”, realizado em abril. Na ocasião, o TCU condenou, de forma unânime, a prática do governo de atrasar propositalmente o repasse de recursos do Tesouro Nacional para a Caixa, que precisou usar recursos próprios para continuar pagando em dia programas obrigatórios, como Bolsa Família e seguro-desemprego. De todas as irregularidades encontradas pelos técnicos do TCU nas contas de 2014, as pedaladas são as mais dramáticas para o governo.
Depois do debate entre ministros, decidiram por 15 dias. 
Professor morto em macaiba
G1 RN – O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte negou nesta última  terça-feira (11) o habeas corpus que pedia a revogação da prisão preventiva de Allan Maycon de Medeiros, suspeito de ter assassinado a tiros o professor Airton Gomes Teixeira, de 39 anos, em 25 de novembro de 2014. O crime aconteceu em Macaíba, município da Grande Natal. O professor foi morto com 12 tiros em uma estrada de terra no distrito de Mangabeira.
Na sessão, os desembargadores julgaram e negaram o habeas corpus que pedia a anulação da prisão preventiva em favor do suposto autor do crime, Allan Maycon de Medeiros. Ele foi preso em 27 de junho deste ano.
O suspeito foi detido sob força de um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça deMacaíba. Allan foi monitorado por alguns meses e encontrado quando entrava em uma loja no bairro do Alecrim, em Natal. A vítima e o investigado teriam um relacionamento amoroso e, após o rompimento, o professor teria pedido a devolução de presentes e dinheiro, o que teria motivado o crime.
A defesa do suspeito pediu a revogação da prisão preventiva, sob as alegações de que Allan Maycon tem bons antecedentes, é primário, possui trabalho e residência fixa e de que a prisão foi “desnecessária”. No entanto, o juiz Ricardo Procópio Bandeira, relator do processo, destacou que os argumentos da defesa não são condicionantes para que a prisão não seja mantida. O juiz também levou em conta o depoimento de testemunhas que atestam a presença dos dois em local próximo onde ocorreu o homicídio, na comunidade de Mangabeira.
A vítima dava aulas de religião e filosofia na Escola Municipal Mário Lira, no bairro Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste de Natal, e integrava um grupo religioso no bairro do Alecrim, na Zona Leste da capital potiguar. Ele foi morto com 12 tiros, oito deles nas nádegas.

mangabeira
A Prefeitura de Macaíba realizou um mutirão de limpeza no distrito de Mangabeira, hoje (12). Serviços como capinação e poda foram realizados no local. No conjunto Manoel Dias foi realizada a coleta de entulho.
Os trabalhos de limpeza são realizados regularmente pela Prefeitura no município, de acordo com o cronograma de ações feito pela Semurb (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo).
Trabalhos como capinação, varrição, coleta de lixo, poda de árvores, pintura de meio fio e adequação paisagística estão disponíveis para a população. Caso o cidadão queira solicitar os serviços pode entrar em contato com a secretaria pelos números de telefone (84) 3271-6634 ou (84) 3271-6557.
Os interessados também podem ir pessoalmente à Semurb para preencher um cadastro informando um ponto de referência para que a equipe se desloque até o local e verifique a situação. A solicitação pode ser resolvida em alguns dias dependendo da demanda e do cronograma estabelecido.
Assecom -PMM