Deputado Gustavo Carvalho questiona contrato da Sesap-RN para ...

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) disse em sessão virtual da Assembleia Legislativa que a omissão do esclarecimento sobre os dados da Covid-19 no Rio Grande do Norte é proposital e política. “Há divergências na divulgação de informações precisas, fato que vem gerando confusão na divulgação pela grande imprensa que aumentou os números. O que foi divulgado não reflete os números e mexe com a economia do Estado”. E arrematou: “Esse vírus no RN tem cor e torcida organizada. Ela é vermelha. E isso é grave. Muito grave…”.

Blog do Robson Pires 

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na tarde desta quinta-feira (06), no Km 167 da BR 406, em São Gonçalo do Amarante, dez quilos de maconha e prendeu um casal.

Policiais realizavam fiscalização em frente à Unidade Operacional de São Gonçalo do Amarante/RN, quando deu ordem de parada ao condutor de uma Strada de cor vermelha. Ocupava o veículo, um casal que apresentava bastante nervosismo, motivo pelo qual foi realizada fiscalização minuciosa.

Ao ser verificado o compartimento de cargas do automóvel foi localizada um caixa contendo 11 tabletes de maconha, que totalizaram 10 Kg da droga.

Indagados sobre a origem do entorpecente, o casal não revelou onde o teria buscado, somente informou que o destino seria a cidade de Ceará-Mirim/RN e que receberiam um telefonema de uma pessoa desconhecida para realizar a entrega.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, Central de Flagrantes, em Natal.

Envolvido e comprometido com Macaíba – Macaíba Melhor

Chapa puro sangue?

O pré-candidato a prefeito Janssen Motos caminha para disputar o pleito com chapa puro sangue. O vice deverá sair do próprio Podemos. De acordo com uma fonte ligada ao partido, o grupo está preparado para uma composição própria da chapa, caso não seja possível coligar na majoritária.

Fake News

Circulou boatos que o presidente do PSDB de Macaíba, Edi do Posto da Maré, estaria caminhando para uma aliança com a ex-prefeita Marília. Através do Blog Informativo Atitude, Edi do Posto desmentiu o boato e tratou de informar ao público que o PSDB vem dialogando com todos os pré-candidatos a prefeito de Macaíba e até o momento não definiu quem irá apoiar.

Suspeito de matar cabo da PM em Natal é morto em confronto com ...

Incomodando

O pré-candidato a prefeito Delegado Normando tem sido alvo constante de críticas de uma ala radical da esquerda. Pelo fato de ter como principal bandeira a segurança pública, Normando tem causado um incomodo nessa ala que não tem um nome próprio para colocar na disputa.

Além dos criminosos que não querem ver o delegado na disputa, Normando tem incomodado figuras radicais da política local. Ao blog um aliado de Normando disse “ninguém joga pedra em árvore que não dá fruto”.

Novos caminhos para a comunicação - CDI

Definição

Com a neutralidade do governo, muitos servidores da Prefeitura de Macaíba estão tomando partido. Até o momento não se viu preferido entre os cargos, estão indo para todos os lados.

Apoio

O vereador Netinho França segue buscando apoio para sua pré-candidatura a prefeito de Macaíba. Esta semana, Netinho recebeu o apoio da servidora pública Soraya Mesquita. O anuncio foi feita através das redes sociais.

Live

A partir de segunda-feira (10), o Macaíba no Ar dará início ao “bate-papo sobre política” com os pré-candidatos a prefeito de Macaíba. Dos seis pré-candidatos, cinco aceitaram o convite e agradeceram ao blog por promover esse espaço democrático.

O bate-papo sobre política com os pré-candidatos a prefeito será realizado na página do Facebook do Macaíba no Ar.

A partir da próxima semana o Blog Macaíba no Ar promove live com os pré-candidatos a prefeito de Macaíba, dentro do “Bate-papo sobre política”. Apresentado por Mário Victor, o formato de entrevista ao vivo pelas redes sociais do Macaíba no Ar vem fazendo sucesso, já foram entrevistados em nossas lives o senador Styvenson Valentim, o vereador Jefferson Stanley e outros nomes da política local.

A primeira entrevista com os pré-candidatos a prefeito começa a partir da próxima segunda-feira (10), às 20h, pelo Facebook do Macaíba no Ar.

Programação das lives

Delegado Normando (PSC), dia 10/08.

Janssen Motos (Podemos), dia 12/08.

Netinho França (PSB), dia 17/08.

Bolinha da Federal (Rede), dia 19/08.

Emídio Júnior (PL), dia 24/08.

Marília Dias (MDB), Não deu retorno sobre sua participação.

 

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no final da noite desta terça-feira (04), nas proximidades do Km 277 da BR 304, dois homens, ambos com 24 anos por realizarem arrombamento e tentarem furtar equipamentos em prédio de telefonia móvel.

Uma equipe PRF realizava rondas ostensivas, quando se deparou com um Punto de cor vermelha abandonado às margens da rodovia, próximo de uma torre de telefonia móvel. Ao averiguarem a localidade, observaram sinais de arrombamento na parede do imóvel e indícios de tentativa de furto no interior do terreno, onde foram encontradas ferramentas como “pé de cabra”, alicate de cortar cadeados e uma maleta abandonada.

As ferramentas e o veículo foram recolhidos. Horas depois, dois homens se apresentaram na Unidade Operacional de Macaíba a procura do carro. Após uma investigação e entrevistas aos homens, foi descoberto pela equipe que se tratavam dos arrombadores.

A dupla foi presa e encaminhada à Central de Flagrantes da Polícia Civil em Natal.

Foto: Anastácia Vaz

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) ampliou o número de bolsas concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Segundo a Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), o aumento de bolsas em chamadas de iniciação científica e tecnológica corresponde a mais que o triplo da média nacional.

No Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), houve uma evolução de 393 para 450 bolsas, o que representa um incremento de 14,5% e corresponde a mais que o triplo da ampliação de bolsas em âmbito nacional (4%). Na perspectiva da pró-reitora adjunta de Pesquisa, Elaine Gavioli, esse resultado premia o trabalho realizado pelo setor e por todos os pesquisadores da instituição nos últimos anos.

No edital do Programa Institucional de Iniciação Científica no Ensino Médio (PIBIC-EM), a UFRN manteve as 80 bolsas; no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-Af), conseguiu seis bolsas; e no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) está com 20 bolsas.

Programas do CNPq

O PIBIC disponibilizará um total de 26 mil bolsas de iniciação científica (IC). No PIBIC-EM, o apoio será de 5.600 bolsas de iniciação científica júnior (ICJ). O PIBIC-Af ofertará 800 bolsas de iniciação científica (IC) e, no PIBITI, serão 3.100 bolsas. Confira os resultados no portal do CNPq.

José Nelson Ferreira recebe alta após ficar 103 dias internado em hospital de Natal — Foto: Joana Lima

Foto: Joana Lima

Um homem de 56 anos se recuperou da Covid-19 e recebeu alta após ficar 103 dias internado em Natal. José Nelson Ferreira chegou a ficar 90 dias em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Natal (HMN).

Portador de rim único, José Nelson Ferreira chegou no dia 24 de abril ao Hospital Giselda Trigueiro, que na época era a porta de entrada de pacientes com o novo coronavírus. Foi encaminhado para o Hospital Municipal de Natal e lá permaneceu até a tarde desta quarta-feira (5). De acordo com a prefeitura, ele foi o quinto paciente com Covid-19 a dar entrada na unidade e se tornou o com maior tempo de internação.

“Tivemos mais de 180 pacientes enquanto ele esteve internado aqui. Aprendemos como tratar Covid-19 com ele. Todas as complicações que um paciente pode ter, ele teve: diálise, pneumonia, lesão por pressão… Nunca atendi por tanto tempo um paciente numa UTI. Ele lutou muito e hoje volta pra casa. É um paciente que nos surpreendeu, que quis muito viver”, comentou Ana Patrícia Tertuliano, Coordenadora da UTI do Hospital Municipal.

No período de internação, esteve entubado durante 60 dias e há 13 dias apresentou melhora no quadro. Foi transferido para a enfermaria até receber alta. Na saída do hospital, vários profissionais fizeram questão de aplaudir José Nelson.

“Todos os dias a gente recebia notícias no fim da tarde, por telefone. A expectativa era grande, assim como nossa fé. Hoje ele volta pra casa”, comemora Ana Helena, filha de José Nelson.

G1 RN

Taxa de transmissibilidade em 63 municípios do RN é perigosa — Foto: Reprodução/Lais

Foto: Reprodução/Lais

Macaíba é uma das poucas cidades do Rio Grande do Norte que a taxa de transmissão do covid-19 está na zona segura, isso significa que a taxa está abaixo de 1. Em São Gonçalo do Amarante, cidade vizinha, um infectado tem potencial para transmitir o vírus para 5 pessoas. No dia 20 de julho a taxa era de 0.78. O ideal, segundo a Sesap, é que fique abaixo de 1.

Em relação à transmissão da Covid-19, o RN tem 24 municípios em zona segura, quando a taxa de transmissão é menor de 1; dois municípios em zona neutra, com taxa entre 1 e 1,03; 78 municípios em risco, com taxa entre 1,03 e 2; e 63 em zona de perigo, quando a taxa de transmissão é maior que 2.

Mesmo diante de uma zona segura, a população deve manter todos os cuidados na prevenção ao covid-19.

Com informações do G1 RN

O comando de Policiamento Metropolitano (CPM) da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte contabilizou durante o mês de julho de 2020 a apreensão de 74 armas de fogo (entre longas, curtas, artesanais e simulacros). Também foram apreendidos 34Kg de drogas, na capital e grande Natal.

Além das apreensões, a PM ainda conduziu 436 pessoas às delegacias, quer seja em flagrante delito, mandados de prisão e foragidos do sistema penitenciário, os quais foram reconduzidos aos estabelecimentos prisionais para o cumprimento de suas respectivas penas restritivas de liberdade.

A Polícia Militar ainda recuperou 138 veículos que continham registro de roubo ou furto, que foram restituídos aos seus devidos proprietários.

Reunida da noite desta terça-feira, 4, na sua casa (o Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim), a diretoria da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) debateu as possibilidades relativas à Festa do Boi 2020 diante do cenário de pandemia em virtude da Covid-19. Além disso, os diretores analisaram as recentes notícias veiculadas pela imprensa do estado sobre o assunto. Para evitar distorção de fatos ou ruídos de comunicação, a entidade vem a público esclarecer os seguintes pontos:

1. Há mais de 30 anos tem sido única e exclusivamente da Anorc a coordenação e execução efetiva da Festa do Boi, sempre em parceria com o Governo do Estado que é apoiador e incentivador da mesma;
2. No entendimento da diretoria da Anorc, a realização do evento este ano, nos moldes tradicionais, está totalmente descartada visto que, sem a existência de uma vacina para a Covid-19, tal atitude poderia ser comparada a um genocídio, que colocaria em risco as vidas de milhares de pessoas e, ainda, se traduziria em uma severa ameaça às curvas de redução dos números de infectados e de mortos que felizmente começamos a registrar em nosso estado.
3. Fica claro, portanto, que uma eventual realização presencial da Festa do Boi 2020 iria de encontro, inclusive, à essência do “Pacto Pela Vida” defendido pelo Governo do Estado e que merece o nosso aplauso e respeito.

4. O posicionamento de não realizar o evento presencial é, também, uma atitude de profundo respeito por cada uma das mais de 52 mil pessoas já contaminadas oficialmente pela Covid-19 no estado e, principalmente, por todos os quase 1.900 potiguares que já perderam a vida em consequência da doença. Vale registrar que entre este enorme contingente estão grandes nomes da agropecuária deste estado, aí incluídos diretores, ex-diretores e um ex-presidente da Anorc, que felizmente se recuperou da doença depois de uma duríssima batalha que, por vários dias, o manteve preso a um leito de UTI, em uma comovente luta pela vida que marcou fortemente a todos os que fazem o segmento agropecuário potiguar.

5. A opção de não realizar presencialmente a Festa do Boi 2020 é um posicionamento corroborado pelas entidades parceiras da Anorc na realização do evento todos os anos, como a Ancoc, ANQM e todos os Núcleos de Criadores. Além disso, trata-se de uma decisão responsável, sensata e equilibrada, que se alinha ao que já foi feito em relação aos grandes eventos agropecuários do Brasil este ano como Agrishow (SP), Expozebu (MG), Expogenética (MG) e Expointer (RS). Uma possível realização da Festa do Boi 2020 em formato virtual não está descartada, estando o modelo e seus detalhes ainda em estudo.

6. Por fim, a diretoria esclarece que irá levar seu posicionamento à governadora do Estado, Fátima Bezerra, esperando encontrar na chefe do Executivo potiguar o devido, necessário e desejado apoio.

*ASSOCIAÇÃO NORTERIOGRANDENSE DE CRIADORES*

Portal da UFRN

O Brasil já contabiliza mais de 2,7 milhões de casos de pessoas infectadas com a covid-19. Destes, quase de 95 mil foram a óbito. Ainda sem uma vacina, o tratamento adequado é fundamental para manter a vida dos pacientes. E um dos instrumentos principais, nos casos mais graves, é o ventilador mecânico, que tem com função essencial, auxiliar no fluxo respiratório dos pacientes. No entanto, com a pandemia e a necessidade mundial, o equipamento se tornou um produto raro no mercado internacional.

Diante da necessidade, pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN) criaram um novo modelo de ventilador mecânico, de fácil manutenção e um custo até 80 vezes mais baixo do que o praticado no mercado internacional. O respirador do LAIS tem características próprias, como atender a dois pacientes simultaneamente. Ao mesmo tempo, seu custo está estimado em 3 mil reais, enquanto o valor de um ventilador no mercado atual pode chegar a 240 mil reais, em virtude da alta demanda dos serviços de saúde pelo equipamento.

De acordo com o professor Danilo Nagem, do Departamento de Engenharia Biomédica da UFRN, o projeto do LAIS foi desenvolvido para atender  normas vigentes, de características eletro-mecânicas, de fácil manutenção e controle de preço muito competitivo, além de poder apresentar segurança ao paciente. “Esse ventilador foi projetado para trabalhar principalmente com o modo de volume controlado, onde o paciente recebe um volume de ar indicado pelo profissional de saúde e o pico de pressão que vai variar de acordo com o grau de elasticidade do pulmão e resistência das vias aéreas, mas sempre nos limites de segurança”.

Seu sistema robusto reforça seu uso em centros e unidades de saúde, pois apresenta pouca manutenção, baixo custo de operação e permite atender, de forma inédita, dois pacientes simultâneos com características diferentes. Dessa forma o equipamento pode e deve ser utilizado como um sistema de apoio ao tratamento da covid-19, mas principalmente para o suporte a esses centros que não possuem esse tipo de equipamento.

 “Além da questão dos custos reduzidos, é importante destacar que este protótipo foi pensado e desenvolvimento usando ferramentas já regulamentadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ou seja, parte de tecnologia já existente e aprovada. Do jeito que está hoje, já poderemos iniciar os testes com pequeno animais, como cães e porcos, que é a chamada fase pré-clínica. Mas nossa expectativa é que em três ou quatro meses já possamos disponibilizar o ventilador para as primeiras unidades de saúde”, disse o professor Ângelo Roncalli, do Departamento de Engenharia Mecânica da UFRN.

Ele explicou ainda que para funcionar, o equipamento usa um carregador de celular. “Isso é importante, pois não será necessário mexer na rede elétrica das unidades onde o equipamento for utilizado. Até mesmo em um acendedor de carro o produto pode ser ligado, o que o qualifica para uso em ambulâncias, por exemplo”, afirmou.

Uma primeira versão do equipamento já está em funcionamento e finalizando os ajustes requeridos no projeto, para atender as exigências da Anvisa. Pequenos ajustes para inclusão de alguns poucos alarmes exigidos pela agência em questão, bem como os testes clínicos para sua validação, estarão no foco das próximas etapas já previstas no projeto.

Para o professor Ricardo Valentim, coordenador do LAIS e um dos desenvolvedores do projeto, o caráter de inovação do ventilador mecânico é a possibilidade de aplicá-lo em unidades que não possuem leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Quando a equipe de trabalho começou a pensar neste ventilador mecânico, nossa ideia era que ele contemplasse unidades de urgência e emergência, como as UPAS (unidades de pronto de atendimento, presentes em diversas cidades do país). Este protótipo custou cerca de 3 mil reais, porém, se produzido em larga escala, esse valor cai pela metade, o que o torna acessível até para unidades de saúde menores. Nosso objetivo não é concorrer com equipamentos com custo maior, mas sim oferecer aos serviços de saúde uma opção. Se tivéssemos algo assim nas UPAs no início da pandemia, talvez os números de óbitos pudessem ser menores”, disse.

Equipamento também poderá ter uso veterinário

Segundo o professor William Fernandes, do Departamento de Engenharia Mecânica da UFRN, já está em desenvolvimento também versões menores do ventilador. De acordo com ele, a ideia é que o produto possa ser portátil, facilitando tanto o manuseio quanto o deslocamento de unidades. Ainda de acordo com ele, este diferencial vai permitir que até mesmo clínicas veterinárias possam contar com equipamento.

“A própria questão da testagem é feita com pequenos animais, e como será um produto de custo baixíssimo, essas pequenas clínicas também poderão contar com o equipamento quando ele estiver devidamente validado, com todas as funcionalidades pensadas para o uso em humanos. Esta possibilidade é ter um recurso quase portátil traz versatilidade para o produto”, finalizou.

Formaram a equipe os professores Evans Ferreira, William Fernandes e Ângelo Roncalli, do Departamento de Engenharia Mecânica; Custódio Guerra, Danilo Nagem, Karilany Coutinho e Ricardo Valentim, do LAIS e do Departamento de Engenharia Biomédica, além do servidor João Maria Frazão, do Núcleo de Tecnologia Industrial da UFRN.

A taxa de transmissibilidade (RT) da pandemia da Covid-19 nesta terça-feira, 04, no RN continua variando. A média é de 0,98, mas 63 municípios estão na zona de perigo (RT acima de 2), outras 78 cidades estão na zona de risco (taxa entre 1,03 e 2), há 2 municípios na zona neutra (entre 1 e 1.03) e apenas 24 municípios estão registrados na zona segura (RT menor que 1). A taxa é um dos principais indicadores para medir a evolução de uma doença endêmica como a provocada pelo novo coronavírus.

A coordenadora e articuladora de redes de atenção à saúde da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Samara Dantas, apresentou as informações em entrevista coletiva para atualização de dados e prestação de contas das ações do Governo do RN no enfrentamento à pandemia, realizada na Escola de Governo em Natal. “É preciso que a população continue com as medidas de prevenção, distanciamento social e uso correto da máscara para conseguir manter o cenário controlado e evitar que esta taxa aumente e mais pessoas sejam contaminadas”, destacou a coordenadora.

Os números epidemiológicos da Sesap mostram que nesta terça-feira há 436 pessoas internadas, sendo 219 em leitos críticos e 217 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 3 pacientes para leitos críticos, 6 para leitos clínicos e 18 aguardando transporte sanitário. O isolamento social caiu para 37%.

A taxa geral de ocupação de leitos é de 60,7%. As maiores concentrações são registradas nas regiões Seridó (86%) e Oeste (83%) e caem nas regiões Metropolitana de Natal (54,6%) e Pau dos Ferros (22%). Nas regiões do Mato Grande e Agreste esse percentual é de 0%. As ocorrências de Covid-19 somam 52.566 casos confirmados, 63.245 suspeitos, 83.615 descartados, 1.926 óbitos (2 nas últimas 24 horas) e há 208 óbitos em investigação.

RN TEM CONCEITO MÁXIMO EM DOIS RANKINGS DE TRANSPARÊNCIA
A transparência do Governo do RN em relação às informações da pandemia foi outro assunto abordado na coletiva. O Governo do RN obteve dois conceitos máximo no acompanhamento da aplicação dos recursos públicos para o enfrentamento à Covid-19 pelas Organizações Não Governamentais OKBR – Open Knowledge Brasil e Transparência Internacional.

O trabalho de transparência do Governo do Estado é coordenado pela Controladoria Geral (Control) com informações das Secretaria de Saúde, da Administração e outros órgãos. O Rio Grande do Norte se encontrava no nível “BOM” até o último ranking. Na mais recente avaliação subiu sete pontos, alcançando 84,8 pontos de 100 possíveis, que elevou a classificação de transparência para “ÓTIMO”.

“Divulgamos as ações de enfrentamento à Covid levando informações fidedignas e reais à população. Este trabalho da Control é feito em parceria com a Sesap, Sead, Assessoria de Comunicação e vários outros órgãos. É um trabalho de todo o Governo mostrando como são empregados os recursos públicos em nosso Estado”, afirmou o Controlador Geral, Pedro Lopes.

RN + PROTEGIDO
Lopes também informou a mais nova doação recebida pelo Programa RN + Protegido: um lote de suplementos alimentares no valor de R$ 3,8 milhões que foi apreendido pela Secretaria de Tributação do Estado (SET) no dia 21 de maio último por não recolhimento de impostos. A empresa responsável emitia a nota fiscal eletrônica, circulava com a mercadoria e fazia o cancelamento. A fiscalização da SET constatou 33 notas fiscais no valor de mais de R$ 5 milhões emitidas e canceladas pela empresa. Com autorização do Poder Judiciário, os produtos apreendidos foram doados ao Programa RN + Protegido, que vai fazer a entrega a instituições esportivas que promovem trabalho voluntariado.

Ainda através do Programa RN + Protegido o Governo do RN continua a distribuição de máscaras à população. Nesta terça-feira uma ação da Defesa Civil com apoio da Cruz Vermelha e associado ao Programa RN + Saudável entregou mais 3 mil unidades na zona norte de Natal. Nos últimos 15 dias, 200 mil já foram distribuídas. Nesta quarta-feira, 05, a distribuição será no município de São Gonçalo do Amarante onde a taxa de transmissibilidade é bastante alta: 5. Serão 8 mil máscaras entregues gratuitamente à população.

A partir da próxima quinta-feira, 06, e até a terça-feira seguinte, todos os municípios da região Seridó serão visitados para entrega de máscaras pela Defesa Civil Estadual e Cruz Vermelha. Outros 18 municípios da região Oeste que possuem taxa de transmissibilidade elevados ais também serão contemplados neste período.

O RN + Protegido já entregou 3 milhões de máscaras em sua primeira fase de execução (já concluída) e está encerrando a segunda fase com a entrega de mais 2 milhões de unidades. Ainda está prevista uma terceira fase com mais 2 milhões de máscaras, totalizando 7 milhões. As máscaras são produzidas nas oficinas de costura no interior do Estado, do Projeto Pró-Sertão e asseguram o emprego de 4 mil costureiras. A iniciativa é uma parceria do Governo do RN, que paga a mão de obra no valor de R$ 3 milhões, com a indústria têxtil do Estado que doa o material e organiza a produção.

O prefeito Fernando Cunha visitou as obras da creche municipal do distrito de Cajazeiras, nesta segunda-feira (3). Na ocasião estiveram presentes os secretários municipais de Integração da Região Metropolitana, Sérgio Cunha; de Educação, Domingos Sávio de Oliveira e de Infraestrutura, Nilton Fontes Barreto.

Os trabalhos de infraestrutura da creche estão na fase final, local que atenderá mais de 200 crianças entre um e cinco anos de idade, do distrito e de comunidades próximas, entre elas, As Marias, Retiro, Lagoa do Lima, Mata Verde, Lagoa do Espinheiro, Lagoa dos Currais, Lagoa dos Cavalos e assentamento José Coelho. O modelo do estabelecimento educativo é Proinfância Tipo 2.

A estrutura conta com salas de aula climatizadas, banheiros adulto e infantil, cozinha, dispensa, copa, playground, fraldário entre outros espaços. No que diz respeito ao mobiliário, a Prefeitura de Macaíba solicitou ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) a autorização para uso de R$ 114 mil na compra dos materiais e aguarda liberação da autarquia federal. O planejamento é que o local seja entregue para a população neste ano de 2020.

Após visitar a obra futura creche modelo de Cajazeiras, o gestor municipal foi conferir, juntamente com os secretários municipais de Integração da Região Metropolitana, Sérgio Cunha; de Educação, Domingos Sávio; e de Infraestrutura, Nilton Fontes, a obra pertinente à pavimentação do acesso à futura Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Macaíba.

O referido trecho contemplado com a pavimentação está localizado nas imediações da Reta Tabajara, na Rua Antônio Pinheiro, conhecida antigamente como “Rua da Palha”. São mais de 5.400 metros quadrados somente nesta primeira etapa da obra, com 450 metros de extensão. A pavimentação total será feita em duas etapas, de acordo com a pasta de Infraestrutura.

 

A secretaria estadual de Saúde divulgou nesta segunda-feira, 03, o boletim epidemiológico com os últimos dados do covid-19 em Macaíba. A cidade registra 2018 casos suspeitos, 802  descartados, 688 confirmados, 3 óbitos em investigação e 43 óbitos confirmados.

Os dados referente ao número de pacientes recuperados ainda não foram atualizados, a última divulgação informava 85 recuperados.