O ator João Maria Pinheiro, conhecido como Zé da Sorte, morreu nesta quinta-feira (18) em Natal. Conhecido na televisão por trabalhar entregando prémios do Natal Cap, João Maria estava internado na Liga tratando de um câncer.

Nota de pesar

O Rio Grande do Norte perdeu na noite desta quinta-feira um dos grandes atores de rua de sua história. Faleceu João Pinheiro, vítima de um câncer quando realizava um tratamento no Hospital da Liga Contra o Câncer.

A direção da Fundação José Augusto e o corpo dos seus servidores lamenta a perda deste artista que encantou milhares de potiguares durante mais de três décadas, através dos grupos Alegria Alegria, Artes e Traquinagens e Charanga do Riso.

Segundo informações prestadas pela família. o velório e o sepultamento serão realizados nesta sexta de Páscoa no Cemitério Morada da Paz, em Emaus. O horário do funeral será informado nas próximas horas.

A Fundação José Augusto expressa pesar a família desse talentoso ator.

 

Em Macaíba, alguns grupos estão se organizando para a próxima eleição municipal. A maioria das pessoas desses grupos são “novos na política”, o que vem chamando atenção é que são poucos que têm filiação partidária e sem partido ninguém disputa.

Um suspeito de assalto morreu na manhã desta quinta-feira (18), após entrar em confronto com policiais militares no conjunto Cidade Satélite, em Natal. De acordo com informações do Portal BO, ele teria tentado assaltar uma academia. Populares desconfiaram da movimentação e alertaram a PM, que realizou um cerco em busca do homem.

Os PMs chegam logo em seguida na viatura e tentam encontrar o suposto assaltante, que teria atirado contra os agentes, dando início ao confronto. Na troca de tiros, o suspeito foi ferido e chegou até a ser socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu.

Com Informações do Portal BO

(Rovena Rosa/Agência Brasil)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu hoje (18) arquivar sua decisão que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas à imprensa. De acordo com informações da Agência Brasil, com a medida, o ex-presidente poderá conceder uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que teve pedido rejeitado pela Justiça Federal em Curitiba.

 

Agência Brasil – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou, há pouco, a decisão que determinou a retirada de uma reportagem sobre o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, do site O Antagonista e da revista Crusoé.

A medida foi tomada após críticas de membros da Corte, da Procuradoria-geral da República (PGR), de parlamentares e de entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Na segunda-feira (15), por determinação do ministro, o site de notícias O Antagonista e a revista Crusoé foram obrigados a retirar da internet a reportagem intitulada O amigo do amigo de meu pai.

A decisão ainda determinou que os responsáveis pelas publicações prestassem depoimento na Polícia Federal (PF) e aplicação de multa de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

A matéria trata de uma citação feita pelo empresário Marcelo Odebrecht, um dos delatores da Operação Lava Jato, a um codinome usado em troca uma de e-mailscom um ex-diretor da empreiteira.

Segundo os advogados do delator, a expressão “o amigo do um amigo de meu pai” refere-se ao ministro Dias Toffoli. O texto das mensagens não trata de pagamentos ou de alguma situação ilícita. O caso teria ocorrido quando Toffoli era advogado-geral da União (AGU), durante o governo da então presidente Dilma Rousseff, sobre interesses da Odebrecht nas licitações envolvendo usinas hidrelétricas.

Alexandre de Moraes revogou a decisão por entender que foi esclarecido posteriormente que o documento no qual Toffoli foi citado realmente existe.

“Comprovou-se que o documento sigiloso citado na matéria realmente existe, apesar de não corresponder à verdade o fato que teria sido enviado anteriormente à PGR para investigação. Na matéria jornalística, ou seus autores anteciparam o que seria feito pelo MPF {Ministério Público Federal] do Paraná, em verdadeiro exercício de futurologia, ou induziram a conduta posterior do Parquet [corpo de membros do Ministério Público]; tudo, porém, em relação a um documento sigiloso somente acessível às partes no processo, que acabou sendo irregularmente divulgado e merecerá a regular investigação dessa ilicitude”, disse o ministro.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, texto

Os ex-candidatos à Presidência da República Marina Silva (REDE) e Ciro Gomes (PDT) estarão reunidos em Brasília, na próxima terça-feira (23), para analisar os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro. Os senadores Randolfe Rodrigues (REDE-AP) e Cid Gomes (PDT-CE), idealizadores do encontro, também participarão do debate, que será realizado no auditório Interlegis do Senado Federal. As discussões serão mediadas pelo jornalista Matheus Leitão.

O evento será transmitido ao vivo pelo Facebook dos debatedores e da REDE. Além de acompanhar o encontro pela internet, a sociedade poderá enviar perguntas usando a hashtag #Debate100dias.

O Rio Grande do Norte foi o segundo estado com a maior redução no número de homicídios no 1º bimestre deste ano. De acordo com o Monitor da Violência do G1  que analisa números de assassinatos em todo o Brasil – o RN teve 41,9% a menos de assassinatos em comparação com os dois primeiros meses de 2018. O Ceará foi o estado com a maior diminuição de mortes: 57,9%. No país, a redução foi de 25%.

Informações do G1

Veterinários e pesquisadores de todo o Brasil se reúnem em Natal durante realização do primeiro Encontro Regional Nordeste da Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório (SBCAL). O evento acontece no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), entre os dias 23 e 26 de abril, com recepção no auditório do Instituto Internacional de Física (IIF).

O objetivo é capacitar estudantes, profissionais e pesquisadores através de palestras, minicurso e discussões, incentivando o desenvolvimento da Ciência em Animais de Laboratório. Temas como ética, bem-estar animal, legislação, manejo e cuidado de animais de laboratório e métodos alternativos serão abordados durante todo o evento. As inscrições podem ser feitas através do site do Encontro. Os valores variam de R$ 100, para estudantes sócios da SBCAL, a R$ 180, para profissionais não associados.

Durante os quatro dias de atividades, oito palestrantes atualizarão o público com as mais novas informações sobre a área. Entre eles, estão confirmados membros do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, da Fiocruz, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Rede de Biotérios do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), além da presidente da SBCAL Ekaterina Akimovna Botovchenco Rivera, vencedora do título de pesquisadora emérita do CNPq, edição 2019.

I Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório foi idealizado pela médica veterinária Josy Carolina Covan Pontes, do Instituto do Cérebro (ICe) da UFRN, e conta com apoio do Centro de Biociências (CB) e da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da UFRN.

Nesta quarta-feira (17), parte da população de Macaíba ficou sem internet por voltas das 20h20. O problema foi causado devido ao furto de parte dos cabos de um dos provedores de internet da cidade. Nas redes sociais, whatsap e facebook, muitos usuários reclamavam que estavam sem conseguir acessar e a solução foi os dados móveis, mesmo que limitado.

Uma das empresas provedora de internet de Macaíba, a Conect Telecom afirma que o problema é resolvido com um tempo mais estendido para situações extremas, quando há furto de cabos óticos e que os técnicos precisam encontrar o local exato onde houve o furto dos materiais para poder fazer a reposição, medidas estão sendo tomadas para que os roubos sejam reprimidos diminuindo assim a incidência desse crime.

O restabelecimento da conexão só voltou por voltas 23h30. Desta vez até o blog ficou sem internet.

 

Nesta quarta-feira (17), Dia Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, uma comitiva de representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) se reuniu com a governadora Fátima Bezerra para apresentar uma pauta de reivindicações e o fez como um ato simbólico ao chamado “Abril Vermelho”.A data é uma referência ao Massacre de Eldorado do Carajás, quando 19 trabalhadores rurais que lutavam pela desapropriação de terras no sul do Pará foram mortos por uma ação da polícia militar daquele estado, no ano de 1996.

Participaram da reunião os secretários Getúlio Marques (Educação-SEEC), Íris Oliveira (Trabalho e Ação Social-SETHAS), Alexandre Lima (Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária-SEARA) e Arméli Brennand (futura Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos-SEMJIDH), cujas pastas são relacionadas aos assuntos apresentados pelos dirigentes representados pela coordenadora nacional Vanusa Macedo e pelo coordenador estadual Hidelbrando Andrade. Atualmente, há no RN 200 assentamentos e cerca de três mil famílias acampadas. A chefe do Executivo Estadual reforçou que a Segurança do Estado está comprometida para garantir a integridade física dos acampantes.

A principal reivindicação é com relação à desapropriação da fazenda Baixa Verde e a solução para as 48 famílias que estão ocupando o prédio onde funcionou a creche Santo Antônio, ambos em Mossoró. Os dirigentes do MST afirmaram que foram à sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e tiveram a informação que não há nenhuma perspectiva de recursos para desapropriação. “Ontem o ocupamos o INCRA e não nos deram nenhuma esperança. Hoje tem acontecido diversos atos no Brasil e queremos agradecer à governadora que tirou esse tempo para nos receber”, declarou Hidelbrando.

A governadora destacou as dificuldades financeiras do Estado e orientou que os dirigentes do MST fiquem em contato com os secretários para encaminharem as questões apresentadas. “Considero essenciais todos os pontos apresentados e deixo nossa equipe à disposição para que as reivindicações sejam encaminhadas da melhor forma possível”, disse. Alexandre Lima afirmou que por enquanto não há programação de renovação do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) e Getúlio Marques falou que alguns pontos estão contemplados, como a Educação no Campo, através do programa que vai alfabetizar 2.500 homens e mulheres, e iniciá-los em técnicas agrícolas, via programa Governo Cidadão.

Com relação à cessão do prédio da antiga creche, a secretária Íris Oliveira se comprometeu a acompanhar o processo e verificar a viabilidade jurídica. Quanto às reivindicações a respeito do fortalecimento das mulheres e juventude, Arméli afirmou que a secretaria dialoga com as pautas do movimento. “A gente pretende interiorizar as políticas de mulheres e juventude de acordo com as peculiaridades do trabalho rural”. Ficou também decidido que o Comitê de Conflitos Fundiários Rurais, criado por decreto no governo passado, será implementado e dará continuidade aos pleitos do MST no que diz respeito à terra e habitação.

Durante fiscalização de rotina, na BR-304, em frente à Unidade Operacional da PRF em Mossoró, os policiais abordaram a condutora de um veículo Cobalt, de cor prata, uma mulher de 45 anos.

Ao consultar o veículo nos sistemas informatizados, foi constatada a ocorrência de apropriação indébita, datada de 07 de dezembro de 2018.

Em contato com o proprietário da locadora, em Recife/PE, o senhor informou que o veículo havia sido locado em Recife, em 06 de fevereiro de 2018 e não foi devolvido.

Ao verificar a propriedade do veículo no CRLV, já constava no nome de uma pessoa física e não mais da locadora, configurando uma possível transferência fraudulenta.

A condutora informou à equipe que havia locado o veículo no Aeroporto de Maceió/AL, em uma locadora de outro nome e que já estava voltando de viagem para devolvê-lo.

A ocorrência foi então encaminhada à Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações de Mossoró (DEFD).

Resultado de imagem para conta de luz

Conta de luz Arquivo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável pela regulamentação do setor elétrico no país, definiu na manhã dessa 3ª feira (16) as novas tarifas de energia elétrica a vigorar a partir do dia 22 de abril para o Estado do Rio Grande do Norte.

O índice médio do reajuste tarifário anunciado pela Aneel foi de 4,73%. Para a baixa tensão, que inclui os clientes residenciais, o efeito médio será de 5,48%. A variação percebida pelos clientes atendidos em alta tensão, como indústrias e comércio de médio e grande porte, será de 2,81%.

As tarifas entrarão em vigência a partir do dia 22 de abril, sendo que os clientes somente começarão a perceber uma variação proporcional das tarifas, considerando a data da entrada em vigência das mesmas e a emissão das faturas. O efeito integral do reajuste realizado pela ANEEL apenas será atingido no decorrer do mês de maio, quando todo o período de leitura contemplar as datas pós-reajuste.

Para definição da tarifa de energia, a ANEEL também considera diversos fatores: os custos com encargos setoriais representam 8% do total da conta média de energia; tributos 26,1%; despesas com a compra da energia 36,2%; transmissão da energia 5,3%; e custos de operação, manutenção, expansão do sistema, administração do serviço e remuneração dos investimentos 24,4%.​

 

Logo após o prédio do Tribunal Regional Eleitoral, na rua Ovídio Pereira, um buraco se formou e coloca em risco tanto os motociclistas quanto os ciclistas que trafegam em direção ao centro de Macaíba. O trecho onde o buraco fica localizado perdeu a camada asfáltica depois das últimas chuvas ocorridas neste mês.

Fica o registro!