t5y54y45y4

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim, sob o comando do Delegado Genezio Menezes, prenderam na manhã desta sexta-feira (13/06) um homem identificado como Jaime Santos de Figueiredo. A ação se deu em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo Juízo de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnamirim. Jaime responde por dois processos criminais por tráfico de drogas naquela Comarca.

O jornal de hoje

                             54u756884

A próxima luta de Renan Barão no Ultimate deverá ser a revanche contra TJ Dillashaw, para quem o brasileiro perdeu o cinturão do peso galo no dia 24 de maio, pelo UFC 173. A revelação foi feita por Dana White, presidente da organização, em conversa com a imprensa na sexta-feira (13), em Vancouver, no Canadá.

“(A próxima luta de Dillashaw) possivelmente será a revanche contra o Barão. Há caras para encarar o TJ, o que é ótimo, mas como não dar a revanche ao Barão, que permaneceu invicto durante todo esse tempo? Ele apanhou por cinco rounds até ser nocauteado, mas não faz sentido receber a revanche? Quem não quer ver essa luta de novo?”, questionou o cartola, ao site MMA Junkie.

Caso o reencontro seja marcado pelo Ultimate, quem sairá perdendo é outro brasileiro: Raphael Assunção. O recifense soma seis vitórias consecutivas na categoria, aguarda o title shot há algum tempo e poderá amargar ainda mais tempo na fila.

 Tatame

                                 20140613-170047-61247234.jpg

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) acompanhou a partida entre México e Camarões, nesta sexta-feira (13), na Arena das Dunas, onde o México venceu por 1 X 0.

Diferente da presidenta Dilma Rousseff na abertura da Copa, a governadora nem foi vaiada, nem muito menos hostilizada.

Rosalba foi respeitada pelos norte-rio-grandenses e turistas.

Heitor Gregório

                  

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra um pai tentando impedir o filho de participar do protesto realizado na zona leste de São Paulo, na última quinta-feira (12), durante a abertura da Copa do Mundo.

O adolescente foi repreendido pelo pai, que tenta levá-lo para casa à força. Os dois discutem sobre a manifestação — enquanto o garoto argumenta que quer um País melhor, o pai pondera que ele não vai mudar o mundo e que os pais trabalham para sustentá-lo.

O vídeo mostra o garoto usando uma camiseta preta para cobrir o rosto. Ele é identificado como Renan.

O rapaz explica as razões para participar do protesto. Duas pessoas foram presas e pelo menos dez, entre elas duas jornalistas da CNN, ficaram feridas em confrontos entre PMs e manifestantes.

— Eu quero um governo certo. Eu não quero essa m**** que está no Brasil. Eu quero escola. Eu quero saúde. Eu não quero isso. Deixa eu protestar.

O pai, no entanto, insiste em levá-lo para casa.

— Não interessa. Eu pago tua escola. Eu e sua mãe trabalhamos para você. Por favor, vamos para casa.

Renan pede para o pai deixá-lo protestar.

— Deixa eu ir atrás. Isso é bom pra todo mundo. Eu não vou me machucar, relaxa.

Porém, ele não consegue convencer o pai.

— Você não vai mudar o mundo, meu filho.

R7

                           Crime aconteceu na Rua da Fé, no bairro Felipe Camarão, em Natal (Foto: Muriu Mesquita/Inter TV Cabugi)

Um bebê de oito meses, a avó e um adolescente de 17 anos foram baleados durante um tiroteio no início da noite desta quinta-feira (12) no bairro Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal. Os responsáveis pelos tiros foram dois homens que estavam em uma motocicleta, segundo informações da Polícia Militar.

De acordo com a família de duas das vítimas, a criança levou um tiro na cabeça, enquanto a mulher foi atingida nos dois braços. Já o adolescente foi baleado no ombro, na perna e no braço. De acordo com a Polícia Militar, o jovem de 17 anos era o alvo dos disparos. Todos os feridos foram socorridos para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

O oficial de operações do 9ª Batalhão da Polícia Militar, aspirante Eduardo Roberto, conta que o crime aconteceu por volta das 18h30 na Rua da Fé. “Pelo que ouvimos da família, as vítimas estavam chegando em casa quando aconteceu. O adolescente estava passando pela rua nessa hora e era o alvo dos tiros”, relata.

G1 RN

Foto: Divulgação
Ilustrativa

A Copa do Mundo começa em Natal (RN) com os rodoviários de braços cruzados. A categoria iniciou o movimento a 0h desta quinta-feira e afastou a possibilidade de aceitar o acordo proposto pelos empresários. Apenas 30% da frota dos ônibus municipais circulavam na capital pela manhã. Já a região metropolitana conta com o efetivo de 50% circulando. Por determinação do Tribunal Regional do Trabalho, a categoria deve manter a frota de 30% durante todo dia, mas no horário de pico (5h às 9h e 16h às 20h) a frota deve ser de 50%. Em caso de descumprimento, o TRT determinou que o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários deve pagar multa de R$ 100 mil.

Os trabalhadores dizem que o movimento não tem relação com o campeonato mundial de futebol. “Não tem nada a ver com a Copa. Nossa database é no dia 1º de maio. Estamos há 35 dias negociando com os empresários. A proposta oferecida por eles foi 100% reprovada. Sendo assim, a greve continua”, declarou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do RN (Sintro-RN), Nastagnan Batista.

Os funcionários decidiram em assembleia, às 10h de hoje, não aceitar a proposta de 5,82% de reajuste oferecido pelo Sindicato das Empresas do Transporte Urbano de Natal (Seturn). A categoria pede aumento salarial de 16%, aumento do vale-alimentação para R$ 450 e melhores condições de saúde e segurança.

Para tentar minimizar os impactos da greve para natalenses e turistas, a prefeitura colocará em atividade um “plano B”. A secretaria de Mobilidade Urbana planeja colocar nas ruas toda a frota de 360 ônibus escolares, convocar as vans que fazem o transporte opcional para fazer as linhas regulares e locar táxis para que atendam a população no esquema “lotação”. Essas medidas serão formalizadas por meio da publicação de uma portaria.

Ainda hoje o Tribunal Regional do Trabalho(TRT) deve decidir sobre o pedido de dissídio coletivo impetrado pelo empresários. Caso seja aprovada, a ação prevê que pelo menos 50% da frota voltará a circular na cidade em horário normal e, em horários de pico, 70% deve estar nas ruas.

 Terra

Imagem ilustrativa

A Polícia Militar e o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte realizaram blitz da operação Lei Seca na Via Costeira durante a madrugada desta sexta-feira (12) e prenderam nove motoristas alcoolizados. Entre os detidos, estavam dois americanos, um espanhol e um mexicano, que vieram à Natal assistir aos jogos da Copa do Mundo na cidade.

De acordo com a PM, foram realizados 400 testes de bafômetro, entre às 23h dessa quinta-feira e às 2h de hoje. Todos os detidos foram autuados em flagrante e tiveram suas habilitações recolhidas. Após o pagamento de fiança, eles foram liberados.

A maioria dos estrangeiros abordados pelos policiais alegaram desconhecer os limites da Lei Seca no país.

31.jan.2014 - Imagem aérea da Arena das Dunas, em Natal
Divulgação/Portal da copa

Palco do jogo entre México x Camarões, nesta sexta-feira, às 13h, a Arena das Dunas não teve aval do Corpo de Bombeiros para a utilização de sua estrutura completa. Em inspeção realizada na quinta, a corporação observou que não havia fixação de cadeiras móveis e guarda corpos (proteção contra quedas) em pontos do estádio.

A princípio, o Corpo de Bombeiros faria uma nova inspeção nesta sexta de manhã para verificar se os serviços teriam sido completados da noite para o dia. Mas a Fifa proibiu os bombeiros de acessar o local nesta manhã.

Resultado: o Corpo de Bombeiros acionou a Secretaria de Segurança do Estado destacando que caso aconteça algum incidente, a Fifa é quem deverá ser responsabilizada.

“Na quinta, podemos dizer que 95% dos serviços estavam dentro dos critérios. Eu não sei se eles arrumaram. Pode ser que o jogo esteja com 100% das estuturas ajustadas. Informamos a secretaria no sentido de que qualquer incidente que ocorrer no estádio será de responsabilidade do organizador”, declarou ao UOL Esporte o tenente Christiano Couceiro.

Foto Blog Macaíba no Ar
Diante do anúncio da greve dos motoristas de ônibus de Natal levou o deputado Kelps Lima (SOLIDARIEDADE) a fazer um pronunciamento, na sessão desta quarta-feira (11), defendendo a criação de um sistema metropolitano de transporte. Para o parlamentar, o Governo do Estado tem se omitido da responsabilidade e não tem tratado o assunto com a devida importância. “Existem cerca de 700 mil pessoas que andam de ônibus por dia na região metropolitana. Aí o povo não entende porque há congestionamentos na cidade. Não há competência de gerenciamento no Estado. O trabalhador que precisa se deslocar todos os dias de ônibus sofre”, declarou.
Para o deputado, a unificação do bilhete é uma medida importante para o usuário e tem que ser tratada de forma técnica. “Precisamos de subsídios, equilíbrio econômico e financeiro e um novo sistema de linhas de transporte. O atual está vencido. Há uma grande falta de atenção do poder público com a Região Metropolitana”, disse o deputado.
Kelps informou que participou de uma audiência com a governadora Rosalba Ciarlini para tratar do assunto e mostrar os benefícios da implantação desse sistema único de transporte. Mas, segundo ele, nenhuma providência foi tomada sobre o tema. “O atual setor que cuida do transporte municipal não tem condições de cuidar também do transporte intermunicipal. Aliás, esse setor deveria ser extinto e criar um órgão único de transporte metropolitano. O Governo é incompetente, tecnicamente, para tratar do sistema de transporte”, declarou.
ALRN