A polícia civil junto aos policiais da polícia militar conseguiram prender na tarde de ontem (26) um traficante no bairro campinas, segundo informações da Connecttv, o individuo já vinha sendo monitorado pela polícia há mais ou menos um mês. Por nome de Hismailhy Algutangme, de 33 anos, Com ele foi apreendido  103 pedras de crack, 300 gramas de maconha, aparelhos celulares, uma faca e dinheiro fracionado, sendo caraterizado o tráfico de drogas.
     
Lideranças do agronegócio se reuniram nesta sexta-feira com Beto Albuquerque, candidato à Vice-Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, encabeçada por Marina Silva, na sede da Sociedade Rural Brasileira, em São Paulo. Questões envolvendo proteção das florestas, índice de produtividade agrícola, política externa, financiamento, seguro e trabalho foram debatidos no encontro promovido pela entidade setorial.
“O grande desafio, não só na agricultura como em outros setores, é governar o governo”, disse Beto, na ocasião. “Cada um puxa para um lado e ninguém puxa para a mesma direção.” O candidato reforçou a importância estratégica de haver coordenação política na esfera governamental. “É preciso ter muito diálogo interno, com planejamento meta e medição de resultados”. Ainda nesse campo, Beto disse que o Ministério da Agricultura precisa ganhar força política e orçamentária.
Capítulo importante no debate com o setor é o que envolve a produtividade agrícola. “Índice de produtividade, eu esclareci e foi bem compreendido aqui na reunião, para nós é premiar. Se queremos ser o player número um no mundo em produção e fornecimento de alimentos no curto prazo, temos que incentivar isso”, disse o candidato da coligação. De acordo com Beto, seria como estabelecer meritocracia no setor. Os melhores têm de ser premiados para servir de exemplo. Enquanto isso, será necessário criar condições para apoiar os pequenos e médios produtores que, muitas vezes, não conseguem investir em tecnologia e inovação. “Os assentamentos são áreas que precisam de grandes investimentos pela extensão e, em muitos lugares, por abandono do próprio governo. São terras que estão muito aquém da capacidade de produtividade”, citou Beto. O país tem cerca de 88 milhões de hectares de assentamentos. Também foi reforçado no encontro que há um falso debate envolvendo proteção e produção. É possível melhorar o rendimento da terra sem deixar de lado a sustentabilidade.
“Abrimos uma discussão também importante sobre seguro. Hoje se assegura o financiamento, mas não a renda”, disse Beto. Segundo ele, representantes de seguradoras estiveram presentes no encontro. “Achamos que a conversa vai abrir uma mesa lá na frente e é só dessa forma que vamos conseguir encontrar solução para um assunto que há muito tempo os governos vêm falando, mas não sentaram com as seguradoras para criar uma equação”.
Boa parte dos cem representantes setoriais que esteve no encontro questionou o candidato sobre o modo de gestão de Marina Silva. “Falei que ela tem uma virtude. Diferentemente da atual presidente, Marina não é de tomar decisões sem ouvir as partes interessadas”, comentou Beto. “Falei também do meu papel no governo, que terá os limites que a presidenta determinar, mas eu não serei um vice que apenas vai substituí-la em sua ausência. Não é o que ela quer e não era o que Eduardo previa para ela”.
Os representantes da coligação conversaram com produtores de grãos e da área citrícola, além de executivos de companhias nacionais e internacionais de segmentos como biotecnologia e defensivos agrícolas. O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, também esteve presente.
Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras
Foto :Folha de São Paulo
O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa deve ser solto até segunda-feira (29) e usará tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar no Rio de Janeiro, segundo a Folha apurou.
Antes de ser preso na Operação Lava Jato, em março, o ex-diretor morava no Rio de Janeiro com sua família. Ele está preso na superintendência do Paraná. A tornozeleira eletrônica foi cedida à PF nesta tarde pelo governo do Paraná. Agentes da Polícia Federal farão a segurança da residência do ex-diretor.
A soltura deve ocorrer ao longo do final de semana para evitar que ele seja transportado em avião de carreira. A operação eleitoral da PF já começou, e as aeronaves do órgão ficam comprometidos com a movimentação de policiais entre os Estados.
A liberação de Paulo Roberto ocorre após o ex-diretor fechar um acordo de delação premiada com a Justiça Federal do Paraná. Ele decidiu contar o que sabe para deixar a prisão.
O ex-diretor da Petrobras foi preso pela segunda vez no dia 11 de junho, após as autoridades da Suíça informarem a Justiça brasileira que ele tinha contas com US$ 23 milhões naquele país. Ele havia sido preso inicialmente em 20 de março sob acusação de ocultar provas, mas foi liberado 59 dias depois por decisão do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal.
No dia 29 de agosto, Paulo Roberto fez acordo com o Ministério Público Federal e a Polícia Federal para fazer delação premiada após saber que a PF poderia prender suas filhas. A Justiça havia autorizado operações de busca e apreensão em 13 empresas no Rio de Janeiro que pertencem a uma filha, um genro e um amigo de Costa.

Mais informações Folha de São Paulo

                              HEA, Robinson, Robério_Reprodução

Será realizado na noite de hoje (26) mais um debate com os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte, o debate acontece às 22 horas e 40 minutos na TV Tropical. Para este debate foram chamados apenas os candidatos que os partidos tem representação no congresso ou câmara dos deputados, sendo assim estarão presente Henrique Alves, Robinson Faria e Robério Paulino.
A mediação será feita pela jornalista Cleisla Garcia, enviada pela TV Record.
 c03fad84bf9acbeec05fb1498448e54c
As Polícias Civil do Rio Grande do Norte e da Paraíba deflagraram na madrugada desta última quinta-feira (25/09), em Natal e região metropolitana, uma operação Conjunta denominada “Vale da Justiça”, com o objetivo de prender uma quadrilha interestadual especializada em roubo, receptação e adulteração de veículos.
A ação contou com a participação do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do RN juntamente com a equipe da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Cargas e Veículos (Deprov). No total foram presas oito pessoas, além da apreensão de arma, drogas e veículos.
Ao todo foram cumpridos sete mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Comarca de Mamanguape-PB. As prisões aconteceram nas cidades de Natal, Parnamirim-RN e São José de Mipibu-RN. Segundo o delegado da Paraíba, Marcos Paulo Sales, as investigações se iniciaram há três meses pela Polícia Civil paraibana após uma ocorrência de roubo a veículos na localidade do Vale do Mamanguape.
Após a identificação dos integrantes da quadrilha, que tinham residência no Rio Grande do Norte, foi pedido o apoio da Polícia Civil deste estado. “Além dos roubos a veículos, os criminosos também faziam os serviços de clonagem desses carros e vendiam a preços abaixo do mercado.
Os presos foram identificados como sendo Antonio Eduardo Bezerra de Melo, 59 anos, Erinaldo Medeiros dos Santos, Leandro Rodrigues da Silva, 22 anos, Luiz Gomes da Silva, vulgo “Gordo”, considerado líder do bando, de 43 anos, Claudineide Marcelino da Silva, 36 anos,Rafael da Costa Silva, Érika Dantas e Luiz Gomes da Silva Júnior, 27 anos, este último conduzido em flagrante por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, receptação e adulteração de veículos. Todos os presos são do Rio Grande do Norte e praticavam assaltos a veículos no estado da Paraíba.
Com a quadrilha foram apreendidas uma pistola ponto quarenta de uso restrito, a quantia de R$ 7.500 em espécie, documentos em branco do DETRAN-PB, três tabletes de crack, dois veículos roubados, sendo um Ford Fiesta, cor Cinza, com placa fria, e um carro tipo Chery Tiggo, além de outros objetos como celulares e notebook.
190 RN
Diário oficial da união divulgou nesta última quinta-feira (25), que será realizado concurso público para a polícia federal.  A  remuneração de R$ 7.514,33, o concurso prevê o provimento de 600 vagas para o cargo de Agente de Polícia Federal, das quais 30 são reservadas para candidatos com deficiência, em cumprimento ao Decreto nº 3.298/99; e 120 vagas para os candidatos negros, conforme estabelece a Lei nº 12.990/2014. 
É requisito para participar deste certame ter formação de nível superior em qualquer área. 
Inscrições
As inscrições poderão ser realizadas através do site da Cespe/UNB, no período de 6 a 26 de outubro de 2014. A taxa para se inscrever é de R$ 150,00.
O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, reiterou nesta quinta-feira (25/09), em Caxias do Sul (RS), a certeza de que sua eleição vai garantir a retomada do crescimento da economia brasileira, possibilitando a geração de empregos e o combate à desindustrialização que afeta o país.
“Chego a Caxias muito confiante na vitória de um projeto de Brasil que interessa a todos os brasileiros, mas aos gaúchos e a Caxias do Sul em especial porque a nossa eleição é a que garantirá a retomada do crescimento da economia, com o retorno dos empregos que estão indo embora”, afirmou Aécio.
O candidato alertou sobre o processo de desindustrialização que vive o país e que impacta principalmente nas regiões industrializadas, que geram muitos empregos, como é o caso de Caxias.
Para Aécio, cabe ao governo tomar as medidas necessárias para assegurar a competitividade do setor, prática que não vem sendo seguida pela atual gestão.
“Nós temos que simplificar o nosso sistema tributário. Fazer os investimentos em infraestrutura que vão garantir competitividade a quem produz no Brasil e aumentar os nossos mercados mundo afora. Fazer tudo que o atual governo não vem fazendo. Nossa candidatura é a única que tem as condições de resgatar a confiança dos investidores no Brasil para que nós possamos viver um novo ciclo de crescimento”, ressaltou ele.
Crédito: Divulgação PSOL
Em debate com mais de 500 estudantes no campus da UERJ em São Gonçalo-RJ, a candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, apresentou suas propostas para o país e defendeu a importância de manter a coerência e evitar as conveniências eleitoreiras na campanha. “Rafinha Bastos me perguntou se eu quero ganhar as eleições defendendo temas polêmicos. É claro que eu quero ganhar e fazer avançar as pautas democráticas. Para isso não vamos tomar atalhos, como o PT tomou e a Marina quer tomar agora. A Carta ao Povo Brasileiro de 2003 de Lula, destinada a acalmar os banqueiros, eram incompatíveis com a promessa de mudança. Marina, com a promessa de autonomia formal do Banco Central faz o mesmo gesto. Marina não é a nova politica. Nova política somos nós que estamos fazendo, nas ruas, nas mobilizações”, disse a presidenciável.
:
Renata Campos viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos,  gravou depoimento de apoio à candidatura de Marina Silva (PSB) à Presidência; material que já está sendo compartilhado  nas redes sociais na reta final da campanha da socialista; no vídeo, Renata diz que eleger Marina presidente “vai ser uma grande e bela experiência para o Brasil”; “Tive a oportunidade de conviver com Marina e Eduardo e vi a afinidade que eles tinham. Eduardo pegou um pouco de Marina, e Marina pegou um pouco de Eduardo. Eles se complementavam e se entendiam muito bem”, diz; aparição de Renata na propaganda de Marina na TV. 
Ainda em suas palavras, Renata diz que sua família está  representada por Marina Silva.
Amanda-Gurgel---------JA--(3)
Fenômeno eleitoral na campanha de 2012, a vereadora Amanda Gurgel (PSTU) se mostra decepcionada na presente campanha eleitoral – mesmo sem ser candidata. Ao avaliar a disputa pelo governo do Estado, questiona a desigualdade de espaços oferecidos pela mídia aos candidatos categorizados como nanicos. Sobre a polarização entre o candidato do PMDB, Henrique Alves, e o do PSD, Robinson Faria, dispara: “Tanto faz (a vitória de um ou de outro). Não tem diferença. Ambos serão ruins para o Estado, que irá continuar na mesma”
Segundo Amanda Gurgel, no próximo governo, sendo de Henrique, ou sendo de Robinson, os trabalhadores do Rio Grande do Norte e a população “continuarão prejudicadas como são hoje”. “Não tem diferença nenhuma nas duas candidaturas, tanto faz Henrique ou Robinson. Os trabalhadores do RN, a população que precisa dos serviços públicos, continuarão prejudicadas, como são hoje”.
Ela também critica a polarização entre os dois candidatos, afirmando não ser natural, mas produzida pelo sistema. “A polarização é previsível, não é espontânea, mas produzida pelo próprio processo, como ele se dá”. Segundo Amanda, é perceptível que “a população está muito desiludida com o processo político e com os políticos, porque não consegue fazer a distinção entre o nosso partido e os demais”.
Com a eleição de Henrique ou Robinson, de acordo com Amanda Gurgel, a realidade do RN tende ainda a piorar. “As perspectivas para o Estado, não é pessimismo como pode aparentar a princípio, mas realismo: A realidade tende a piorar, apesar da propaganda bem produzida, dos textos bem elaborados e produzidos (desses candidatos no rádio e na TV). Mas tende a se repetir a lógica do financiamento de empresas, e governantes comprometidos com as empresas e não com a população”, diz ela
O jornal de hoje
Jogo entre América e Flamengo no estádio Arena das Dunas irá conta com 500 policiais, o jogo vale pelo campeonato copa do Brasil. A reunião que decidiu como será feita a segurança no estádio foi realizada pela PM, Ministério público , Federação Norte-rio-grandense de Futebol, América Futebol Clube e da Arena das Dunas.
O grande jogo acontece dia 1º de outubro às 19 horas. Na área externa do estarão 400 policiais e na interna 100.  Ficou acertado na reunião que os Portões B e C do 1º Anel Noroeste serão de acesso exclusivo para a torcida do Flamengo; o portão D – Cadeira Premium – será Zona Mista; o Portão E 1º Anel Sudoeste (inferior) exclusivo para a torcida do América e o Portão F 2º Anel Sudoeste (superior) será Zona Mista.

Foto: Augusto Gomes

                                      

Em mais uma vinda à Macaíba o candidato ao governo do estado, Henrique Alves percorreu várias ruas do centro da cidade, acompanhado de várias lideranças políticas, entre elas estavam os três ex- prefeitos da cidade, Marília Dias, Valério Mesquita e o vereador Luizinho.
Henrique vem a Macaíba após no último domingo o candidato Robinson Faria ter passado pela cidade em uma carreata pelo interior. Além de Henrique também esteve presente na cidade a candidata ao senado Wilma de Faria, que vem sofrendo quedas nas intenções de voto.
Na cidade não se ver um grande entusiamos para o pleito estadual, já que para muitos eleitores os dois principais candidatos que lideram as pesquisas  não representam o “novo”.

O portal UOl inova mais uma vez e trás para seus leitores um aplicativo que mostra o número de vezes que os principais candidatos à presidência é mencionado na rede social, Facebook, além trazer esses dados, o aplicativo mostra a situação de cada candidato em cada estado brasileiro, apenas ficando de fora de três estados do norte, Amapá, Roraima e Acre.
A candidata pelo PSB é mencionada na rede social por 40% dos internautas, em segundo vem Dilma Roussef com 33%, na terceira colocação vem o mineiro Aécio Neves com 27%.
O aplicativa ainda trás um gráfico mostrando a evolução dos candidatos. Além de cores simbolando cada candidato, Dilma aparece em primeiro lugar em dois estados, Aécio em um, e Marina Silva lidera em todos os estados restantes.
No Rio Grande do Norte Marina Silva é mencionada por 53.30%, Dilma 35,10% e Aécio por 11,60%.
Ilustrativa
A onda de assaltos não para em Macaíba, desta vez a vítima foi um jovem que estava nas proximidade da prefeitura de Macaíba, quando foi surpreendido por dois assaltantes em uma moto. O fato aconteceu ontem (23), segundo a connecttv um dos criminosos anunciou o assalto e levou vários objetos da vítima, notebook, cartão de crédito e uma corrente foliada a ouro, após praticaram o crime os dois bandidos fugiram.
A polícia foi acionada, mais até o momento nenhum dos dois ladrões foram encontrados.
UOL – Saiu mais uma pesquisa do Ibope. Revela o seguinte: Aécio Neves (19%) parou de crescer. Marina Silva (29%) oscilou para baixo. Mas mantém um pé na disputa de um derradeiro round contra Dilma Rousseff (38)%, que oscilou para cima. Num embate direto entre as duas, o quadro hoje é de empate: 41% para cada uma.
A análise comparativa das últimas quatro pesquisas do Ibope dá uma ideia do efeito que das porretadas desferidas pelo comitê de Dilma contra Marina. Num intervalo de 20 dias, a taxa de intenção de votos de Marina no segundo turno caiu cinco pontos. Ela tinha 46% em 3 de setembro. Desceu para 43% no dia 12. Reteve o mesmo percentual no dia 16. Agora, escorregou para 41%.
No mesmo período, Dilma se apropriou de apenas dois dos cinco pontos perdidos por Marina. E o bloco dos que manifestam a intenção de anular o voto ou votar em branco subiu de 8% para 12% na sondagem de segundo turno. Significa dizer que parte do eleitorado que desembarcou de Marina preferiu permanecer no acostamento a embarcar na candidatura de Dilma.
O resultado da sucessão de 2014 pode estar nas mãos desse eleitor. Um eleitor do tipo São Tomé. Não morre de amores por nenhuma das candidatas. E vai ao segundo turno com olhos de quem deseja ver um pouco mais para crer que a concessão do seu voto pode valer a pena. Nem que seja para ajudar a eleger a menos pior.