O juiz Luiz Alberto Dantas Filho, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, mandou notificar a vice-prefeita da capital, Wilma Maria de Faria, o presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson, e o vereador Júlio Protásio, para que no prazo de 24 horas se manifestem sobre o pedido de medida liminar impetrado pelo vereador Maurício Gurgel, que pede a intimação de Wilma de Faria para assumir o comando da Prefeitura do Natal.

Na ação movida pelo vereador, ele pede que Wilma assuma interinamente devido à ausência do prefeito Carlos Eduardo de Natal, que está em viagem, ou que a vice-prefeita renuncie ao mandato. Com a utilização de oficial de justiça, caso não seja localizada a vice-prefeita, que sejam intimados o Presidente da Câmara Municipal e o Primeiro Vice-Presidente daquela casa, Albert Dickson e Júlio Protásio, respectivamente.

A ação foi protocolada durante o plantão judiciário, perante a 1ª Vara de Família do Distrito Judiciário da Zona Sul de Natal, oportunidade em que o juiz José Undário de Andrade, em decisão interlocutória, denegou a apreciação do pedido em sede de plantão judiciário, para que o mesmo fosse apreciado pelo Juízo Competente, conforme Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte.

Após distribuição, a ação foi recebida pela 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, que despachou o pedido na data de ontem (22), determinando a notificação do presidente da Câmara Municipal de Natal e da vice-prefeita da capital e do vereador Júlio Protásio para, em 24 horas, se manifestarem sobre o pedido.

Wilma de Faria não assumiu a Prefeitura porque já cumpre o prazo de desincompatibilização para disputar as eleições deste ano ao Senado Federal. A situação é semelhante à de Albert Dickson, que vai disputar uma vaga de deputado estadual. Nos dois casos, os políticos ficarão impossibilitados de disputar a eleição caso assumam o comando da Prefeitura.

Panorama político

                             Aeroporto Governador Aluízio Alves: Mudança para o empreendimento é considerada ‘complexa’

O Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, tem nova data para entrar em operação: dia 22 de maio. A informação foi divulgada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) após reunião realizada no fim da tarde de ontem, em Brasília.

Dilma Rousseff sanciona Marco Civil da Internet durante o evento Netmundial

Na manhã desta quarta-feira (23), no dia seguinte à aprovação do Marco Civil da Internet pelo Senado, a presidente Dilma Rousseff sancionou o projeto de lei durante um evento em São Paulo. A sanção foi feita pouco antes da cerimônia de abertura do evento Netmundial, realizado até quinta-feira (24) em São Paulo.

A aprovação do projeto foi agilizada justamente para que pudesse ser apresentado já como lei durante o evento internacional, que aborda a governança da internet. Agora é necessário esperar a publicação do marco no “Diário Oficial”, para saber quando ele entra em vigor.

Dilma agradeceu ao deputado Alessandro Molon (PT-RJ), relator do Marco Civil, e também aos responsáveis pela aprovação do projeto em “tempo recorde”. Durante a votação da matéria na terça, diversos senadores reclamaram da pressa para aprovação e pediram mais tempo para a análise e possíveis alterações na proposta.

UOL

                                 

Foi registrado na manhã de hoje (22), um assalto no ônibus que faz a linha G, segundo informações colhidas com um  dos passageiros, um menor de idade adentrou no coletivo e anunciou o assalto, armado com uma faca,o menor ladrão conseguiu render o motorista e levou todo o dinheiro apurado, o fato ocorreu aproximadamente às 9 horas da manhã.

Há duas semanas um cano da Caern está desperdiçando água na avenida Enock Garcia (Lagoa grande), o fato não é novidade na região, segundo um morador não é a primeira vez que esse cano estoura, segundo ele o problema é causado por carros pesados que trafegam pela Lagoa Grande, ônibus e caminhões passam constantemente nesta avenida, pois é rota de escolas e pedreira, para o morador que conhece o problema a profundida do cano facilita que isso venha ocorrer.

                                             Garota foi vista pela última vez no colégio onde estuda na zona Norte de Natal (Foto: Mônica Santos/Arquivo pessoal)

A menina Júlia Beatriz Cabral Santos, de 11 anos, voltou para casa sozinha na tarde de segunda-feira (21) após ter ficado desaparecida por uma semana, em Natal. Segundo a família, a garota havia sido vista pela última vez deixando o colégio onde estuda – Escola Estadual Josino Macedo, no conjunto Panatis II, na Zona Norte da capital potiguar.

De acordo com Marta Santos, avó da menina, Júlia Beatriz disse que estava na casa de um homem no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade. “Ela apareceu sozinha. Disse que estava na casa desse homem, mas não sabemos se ela foi levada até lá ou se foi por conta própria”, contou.

Ainda de acordo com a avó, a neta saiu de casa por volta das 6h40 da última terça-feira (15). “São só 10 minutos para chegar à escola. Depois da aula, que acaba às 11h30, ela vai para um projeto do colégio junto com o primo e a irmã, mas desta vez não a encontraram”, relembrou Marta.

A família chegou a procurar a polícia e o Conselho Tutelar de Natal em busca de Júlia Beatriz.

G1 RN

                             

Começa nesta terça-feira (22) a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Este ano, também podem ser vacinadas crianças entre seis meses e cinco anos de idade. Ano passado, podiam ser imunizadas apenas crianças com até dois anos.

O público alvo inclui ainda pessoas com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), presos e funcionários do sistema prisional. A vacinação termina dia 9 de maio.

                   Foto: Divulgação

O Governo do Estado terá reunião hoje (21) com policiais militares e membros do Corpo do Bombeiros para tratar sobre as reivindicações das categorias, que ameaçam suspender os serviço a partir de amanhã (22). Caso não tenha acordo, o procurador-geral do Estado, Miguel Josino, afirmou que acionará imediatamente a Justiça para solicitar a manutenção das atividades.

Acampados no Centro Administrativo desde a semana passada, os policiais militares querem, entre outras coisas, a aprovação da Lei de Promoção dos Praças, reajuste salarial de 56,8% e implementação da lei que trata sobre a remuneração por níveis, que está aprovada e ainda não é aplicada. Já os bombeiros cobram a realização de concurso público para ampliar os quadros da corporação.

No fim de semana, o Governo do Estado afirmou que encaminhará a lei de promoções de praças e garantiu também a convocação de mais policiais civis e realização de concurso público para o Corpo de Bombeiros. No entanto, a categoria cobra a discussão sobre os outros pleitos e também garantias de que as promessas serão cumpridas.

De acordo com Miguel Josino, a peça judicial para solicitar a continuidade dos serviços da PM e Corpo de Bombeiros já está pronta, mas ele acredita que haverá acordo. “Vamos negociar e tentar chegar a um consenso”, disse.

Tribuna do Norte

A Policia militar e Bombeiros do estado do Rio Grande do Norte planejar a partir de amanhã deflagrar greve, e como já vimos em cenário nacional, recentemente o estado da Bahia teve um grande aumento de homicídios e assaltos durante a paralisação da polícia, por este motivo todo atenção tanto em casa e na rua é importante, pois até este momento a polícia não deu nenhuma informação que ela não realizará a greve, o secretário de segurança pública do estado, o General Eliézer Girão disse em entrevista que até primeiro de maio o governo do estado atenderá parte das reivindicações.

É importante lembrar que as reivindicações da policia é de fundamental importância para que se melhore a estrutura  e que os soldados possam ter motivação profissional em trabalhar, entre as reivindicações esta  lei de promoção de praças.

O governo federal está disponibilizando aos estados a força nacional e as forças armadas em caso de greve.

Os candidatos a cargos públicos costumam repetir que agora ainda é cedo para analisar o cenário eleitoral, pois a maioria dos brasileiros ainda não está conectada à disputa de outubro e poucos eleitores conhecem neste momento todos os principais nomes na corrida pelo Palácio do Planalto.

É tudo verdade. Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, realizada nos dias 2 e 3 deste mês, apenas 17% dos eleitores afirmam conhecer “bem” ou “um pouco” os três principais pré-candidatos a presidente: Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

Nesse universo, embora a margem de erro do levantamento se torne bem maior por causa do número pequeno de entrevistados, o resultado final é muito diferente daquele apurado quando é considerado o total da amostra do instituto.

No cenário testado apenas com eleitores que conhecem os três principais candidatos, Campos fica com 28%. É seguido por Dilma, com 26%. Aécio pontua 24%.

Os três estão tecnicamente empatados. É que a margem de erro sobe para cinco pontos percentuais, para mais ou para menos. No âmbito geral da pesquisa, essa margem chega a apenas dois pontos percentuais.

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, faz um alerta: “Os eleitores que conhecem os três candidatos são os que mais acessam o noticiário, ou seja, são os mais escolarizados, de renda mais alta etc. Nada indica que o eleitor típico de Dilma, ao conhecer Aécio e Campos, deixará de votar nela”.

Ou seja, a oposição não terá certeza de sucesso se garimpar apoio apenas entre os que já conhecem e votam em Dilma sem saber direito quem são Aécio e Campos.

A jazida inexplorada de votos à disposição de adversários do PT –e também aberta para a própria presidente Dilma– está no vasto grupo de eleitores que não vota na candidata governista e ainda não conhece muito bem as opções em jogo para pensar em fazer uma mudança.

Em todos os cenários pesquisados pelo Datafolha, no levantamento completo, a petista pontua de 38% a 43% e aparece à frente dos demais candidatos. O restante dos eleitores prefere outros nomes, está indefinido ou vota em branco, nulo ou em nenhum candidato.

Ainda dentro do universo dos que dizem conhecer bem Dilma, Aécio e Campos, desaparece o amplo favoritismo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, registrado em todas as pesquisas até agora.

Quando é ele, e não Dilma, o candidato, seu percentual chega a 32%. Aécio e Campos pontuam 23% cada um.

Se Campos é substituído pela ex-ministra e ex-senadora Marina Silva como candidata do PSB a presidente, ela fica com 34% e lidera numericamente a pesquisa contra 23% de Dilma e 25% de Aécio –tudo no universo dos que dizem conhecer os três principais nomes na disputa.

Marina Silva também permanece competitiva se disputar nesse nicho eleitoral contra Lula e Aécio. Nesse cenário, a ex-senadora pontua 32%. O ex-presidente registra 29% e o tucano tem 24%.

Nessa semana, no entanto, o PSB confirmou que a chapa da legenda terá Campos como candidato e Marina na vaga de vice.

SEGUNDO TURNO
Nas simulações de segundo turno feitas pelo Datafolha com esse grupo de 17% dos eleitores que conhece Dilma, Aécio e Campos, os vitoriosos são sempre de oposição –com uma vantagem fora da margem de erro.

Numa eventual disputa entre Dilma e Aécio, a petista seria derrotada porque sua marca é de 31% contra 47% do tucano. Na hipótese de embate com Campos, o socialista registra 48% contra 31% da atual ocupante do Palácio do Planalto.

Folha de São Paulo

Imagens captadas pelas câmeras de segurança mostram duas jovens deixando a casa onde empresário foi morto em Macaíba (Foto: Reprodução/G1)

Descobrir quem está mentindo e quem está falando a verdade. É o que a polícia pretende descobrir ao colocar, frente a frente, duas suspeitas de terem participado diretamente da morte do empresário potiguar Eumar Freire de Farias, de 56 anos, assassinado com golpes de punhal. O crime aconteceu no dia 25 de março em Macaíba, na Grande Natal. A acareação será realizada na manhã desta terça-feira (22) na delegacia da cidade. As suspeitas são uma adolescente de 15 anos e uma jovem de 19 anos. “As duas confessaram o crime, mas não estão contando a mesma história”, afirma o delegado Normando Feitosa.

Imagens gravadas pela câmera de segurança de um vizinho mostram o momento em que duas garotas deixam a casa do empresário, onde ele foi morto. Uma delas é a adolescente de 15 anos, apreendida no dia seguinte ao assassinato. Na ocasião, o namorado da garota – um menor que tem a mesma idade – e um jovem de 21 anos, ex-namorado dela, também foram detidos. Os dois teriam sido chamados à residência e também teriam participação no crime.
Na delegacia, ainda de acordo com Normando, os dois rapazes negaram envolvimento. “Porém, a menor disse que os dois foram chamados para ajudar na fuga e revelou que eles ainda roubaram alguns pertences da vítima. Um cordão de ouro, um aparelho celular e o dinheiro que estava na carteira do empresário foram levados, o que caracteriza latrocínio (roubo seguido de morte)”, afirma o delegado.
Além de entregar o namorado e o ex-namorado, a adolescente também disse à polícia o nome da jovem que foi com ela para a casa do empresário. A amiga foi presa na noite da última quinta-feira (17) juntamente com a irmã, uma adolescente que também tem 15 anos. Em depoimento, a jovem admitiu que estava na casa, mas acabou inocentado a colega apreendida. “Pior, ela livrou a cara da amiga mas acabou incriminando a própria irmã. Quem está falando a verdade? Será a menor de 15 anos que confessa o crime e diz que estava na casa junto com a jovem de 21 anos? Ou será a jovem de 21 anos que também admite o crime mas diz que estava na casa junto com outra pessoa, que seria a sua própria irmã?”, questiona Normando. “É para isso que faremos a acareação. Alguém está mentindo”, acrescentou.

G1 RN

Senadinho Macaíba: De acordo com o dicionário Aurélio, a palavra “Chefe” significa: “Aquele que governa, comanda, dirige”. E é a partir dessa palavra, que começa a nossa pergunta: É possível um setor do serviço público ter 2 chefes? A pergunta veio ao ar quando a equipe do senadinho se deparou com algumas publicações, encontradas nos últimos boletins, divulgados pela Prefeitura de Macaíba. Ultimamente virou moda, a prefeitura criar chefias para promover seus cargos comissionados. Mas será que na prática, esses cargos realmente funcionam como devem funcionar? Será que todos esses “Chefes”, realizam na prática atividades de chefias? Que por sinal, muitos desses chefes são nomeados para o mesmo setor. Um desses exemplos, é o boletim divulgado na última quarta-feira (16/04), aonde o sr. Prefeito Fernando Cunha Lima Bezerra, nomeia 2 pessoas para a chefia do Setor de Programas Sociais, conforme portaria 134 e 135/2014.

Em nossa opinião a atuação do chefe pode motivar os servidores ou desencadear uma sequência de eventos capazes de minar sua chefia trazendo prejuízos absurdos ao serviço público. Uma chefia, gerenciamento, supervisão, liderança ou outro nome que se queira conferir, exige determinados talentos que se não forem natos podem ser adquiridos. Para isso é necessária a dedicação, estudo e boa dose de perseverança. O chefe precisa ser antes de tudo um líder. Já disseram que liderar é a arte de fazer os outros fazerem o que você quer, querendo. Segundo Warren Bennis, “Bons lideres fazem as pessoas sentir que elas estão no centro das coisas, e não na periferia. Cada um sente que ele ou ela faz a diferença para o sucesso da organização. Quando isso acontece, as pessoas se sentem centradas e isso dá sentido ao seu trabalho”. Vamos ver até onde será criado tanta chefia, e ainda mais, nos mesmos setores. Logo logo, todos se perguntaram, quem é o “Chefe” de quem?

Por Túlio Santos

                                     

Na manhã deste domingo (20), uma moto de cor vermelha colidiu com um carro fiat uno em frente da padaria fibra pão, o acidente ocorreu na avenida jundiaí, segundo informações o motociclista não viu que o condutor do carro iria estacionar em frente da padaria e acabou batendo de frente com o veículo, a polícia rodoviária estadual esteve no local e fez a ocorrência, o motorista do carro ão teve nada e o motociclista teve apenas algumas escoriações.

Macaíba no Ar/ Informativo atitude