No mínimo estranho

O decreto presidencial 9.690/2019, assinado pelo presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, não pegou bem. Um governo que diz ter como um dos seus objetivos combater a corrupção precisa ser totalmente transparente e o decreto permite que servidores imponham sigilo ultrassecreto e secreto a dados públicos.

É no mínimo estranho.

Administrador