Lula pede desculpas por ter dito “ainda bem” que o “monstro” do novo coronavírus apareceu

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu desculpas por ter dito que “ainda bem” que o “monstro” do novo coronavírus apareceu no mundo para alertar sobre a importância do Estado.

Segundo o ex-presidente, ele desejava mostrar que somente o Estado é “capaz de resolver problemas graves que o mercado nunca vai resolver” e que a pandemia está mostrando a importância do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Eu peço desculpas às pessoas pela frase ‘ainda bem’. É uma frase que não cabia, duas palavras que não cabiam na frase, mas eu também não posso aceitar a má fé de quem tentou, a partir daí, achar que eu estava comemorando a pandemia”, ressaltou.

Administrador