Estudantes da Escola Alfredo Mesquita participam de encontro nacional de astronomia

Por Rômulo Estânrley (via Facebook)

Os estudantes Marlon Gabriel Nascimento da Silva e Lara Cecília, da Escola Estadual em Tempo Integral Alfredo Mesquita Filho, participaram do 21º Encontro Nacional de Astronomia – ENAST, realizado de 1º a 4 de novembro de 2018, no IFRN.

A dupla, que é concluinte da 3ª série do Ensino Médio, apresentou um banner das atividades de astronomia desenvolvidas na escola de Macaíba, na disciplina de Física, cuja professora é Radma Almeida, que curiosamente faz parte da comissão organizadora do evento.

O 21º ENAST reuniu cerca de 300 pessoas, entre astrônomos profissionais, amadores, entusiastas, estudantes e educadores com objetivo de compartilhar experiências e pesquisas para o desenvolvimento e difusão da astronomia no Brasil. Na foto, os alunos estão ladeados por Radma Almeida e Ricardo José Vaz Tolentino, que falou sobre a importância da observação lunar.

Segundo a professora, o próximo evento será em Sobral, para celebrar o centenário do eclipse ocorrido naquela cidade.
Na programação houve palestras de astrônomos renomados, apresentação de trabalhos de diversas instituições do país, além de oficinas, minicursos, exposição de pôsteres, astrofotografias, instrumentos, observações telescópicas, apresentações artísticas, dentre outros.

Os ENASTs são realizados anualmente desde 1998, sempre no mês de novembro, com organização de comissões locais, compostas por grupos e associações de astrônomos, e com apoio de um conselho nacional. Com isso, tem se consolidado como um importante meio de divulgação da astronomia, possibilitando o acesso da população em geral ao conhecimento científico, além de servir como fórum de discussão de assuntos de interesse da comunidade científica.

Esta edição do evento, realizada no Campus Natal-Central do IFRN, é organizada pela Associação Norte-rio-grandense de Astronomia (ANRA), e conta com o apoio da BRAMON (Brazilian Meteor Observation Network), do Instituto Reis Magos, da Associação de Servidores do IFRN (ASIFRN), além da colaboração de diversas outras entidades como a CLBI, AEB, UFRPE, Parque da Cidade, Natal Convention Bureau, Zenite e Planetary Society.

Por Rômulo Estânrley (via Facebook)

Administrador