Empurrando com a barriga?

O governo Fátima já deveria ter iniciado a discussão sobre a crise pelo qual a previdência estadual vem passando. A calamidade financeira não vem deste governo, porém não adianta ficar empurrando com a barriga, pois os aposentados e pensionistas estão cansados de receber seu benefício com atraso.

Não adianta ficar só falando que herdou dívidas com fornecedores e salários atrasados, os servidores inativos querem ações práticas para que a situação seja resolvida. As medidas que o governo tomou até aqui estão muito tímidas para que o problema venha a ser resolvido.

Administrador