Em audiência pública, vereadores, secretários e populares cobram e apontam medidas que podem melhorar o serviço da Trampolim em Macaíba

Do Informativo Atitude – Devido ao péssimo serviço oferecido à população, especialmente a de Macaíba, vereadores, secretários municipais, deputado e populares debateram, em audiência púbica realizada nesta quinta-feira, possíveis melhorias no sistema de transporte intermunicipal que cobre a região macaibense. No Pax Club, por voltas das 16h foram debatidos pontos importantes visando resolver a má qualidade do serviço. A audiência foi proposta pelo vereador Silvan Feitas.

Preço das tarifas, dupla função de motoristas, ônibus em condição ideal para realizar o transporte das pessoas, veículos adaptáveis para os deficientes, a questão das passagens entre Mangabeira/Macaíba – Macaíba/Distrito Industrial, disponibilidade de linha para a região de Ponta Negra, Ribeira e aeroporto de São Gonçalo do Amarante além de uma melhor prestação de serviços pela empresa Trampolim da Vitória ao povo macaibense foram os temas mais debatidos na sessão solene.

O Secretário de Trânsito e Transporte de Macaíba, Juedson Costa, manifestou sua preocupação com o fornecimento de um serviço de qualidade para o cidadão, pontuou exemplos bons que podem ser copiados e defendeu a integração do transporte público na Região Metropolitana como solução para o problema. “Enquanto não pensarmos os habitantes das cidades como cidadãos metropolitanos, não será resolvida a questão do transporte intermunicipal. Faz-se necessário observar outros exemplos que deram certo, como Goiânia e ser criada uma Autoridade Metropolitana de Transporte que possa gerir um novo modelo de transporte público, assim como diversas regiões metropolitanas do Brasil o fizeram”.

Sérgio Cunha, Secretário de Integração da Região Metropolitana, compartilhou do pensamento de Juedson e destacou as ações da administração municipal para tentar melhorar o sistema debatendo com representantes das cidades que compõem a Grande Natal. Por fim, todos lamentaram o fato da Trampolim (empresa responsável pelo serviço de transporte de passageiros na região) não ter enviado um só representante para o evento.

Administrador