EAJ promove o Egg Day nesta sexta

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN), através do Núcleo de Pesquisa em Avicultura (NUPAVI) e Grupo de Estudos em Produção animal (GEPA), promove nesta sexta-feira, 11, o Egg Day, que tem como objetivo proporcionar um dia dedicado a discutir a produção e consumo de ovos, bem como novas tecnologias de manejo, nutrição, sanidade na produção de ovos e mitos e verdades sobre seu consumo. O evento, que acontece entre às 8h e 16h, é destinado a professores, estudantes, produtores rurais e demais públicos interessados no assunto.

Para o professor Jorge Cavalcanti, a temática é bastante atual e precisa ser debatida mais profundamente. “O ovo comercial é o produto da mais eficiente máquina biológica de transformação: a galinha. Essa ave consegue transformar recursos alimentares de menor valor biológico em um produto da mais alta qualidade nutricional  para o consumo humano. Entretanto, essa eficiente transformação depende de fatores relacionados à composição fisiológica dessa máquina, aliada a conhecimentos sobre o aporte nutricional necessário, somado ao manejo e ambiente adequados de criação dessas aves”, reitera o docente do Técnico Agrícola.

Durante as últimas duas décadas, cientistas têm indicado a limitação do consumo de ovos devido ao colesterol encontrado na gema. Esse nutriente estava, originalmente, relacionado com o aumento da colesterolemia e associado a doenças cardiovasculares (DCV). No entanto, pesquisas recentes têm reavaliado essa ideia e os resultados desses estudos indicam que a ingestão de gordura saturada, e não o colesterol, é o maior responsável pelas DCV.

Outros estudos apontam que ele pode oferecer muitos benefícios, como contribuir para o coração, a memória, o combate à diabetes e até na perda de peso. Assim, se torna imperativo para uma instituição de ensino e pesquisa como a EAJ/UFRN, trazer esse assunto para ser debatido na academia. É notória a importância do projeto, que busca levar informação para toda a comunidade com o apoio de professores da Escola Agrícola, além dos alunos que participam dos grupos de estudo em avicultura e produção animal.

Administrador