Coordenador Geral do Pronatec/EAJ visita projeto da EAJ sobre clones de eucalipto

Aws4 request&x amz signedheaders=host&x amz signature=69bebe5db58778faee80aed13d170bae357a783c7d467c9c3bb541147d03e475

Foto: Cecília Oliveira/EAJ-UFRN

Informações do Portal Pronatec/EAJ/UFRN

Em três hectares, a Escola Agrícola de Jundiaí testa 10 tipos de clones de eucalipto provenientes das maiores empresas florestais do Brasil a fim de entender o nível de tolerância desses materiais genéticos sob estresse hídrico, climáticos e abióticos. O experimento é único no Rio Grande do Norte e foi visitado pelo Coordenador Geral do Pronatec/EAJ-UFRN, Prof. João Inácio da Silva Filho.

De acordo com o Professor Doutor Gualter Guenther Costa da Silva, o projeto começou em 2013 em parceria com o Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF). “O projeto começou em 2013 a partir de um convite do professor Prof. Dr. José Luiz Stape. O Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais queria desenvolver áreas experimentais para análise dos principais estresses ambientais que afetam a eucaliptocultura e como os distintos materiais genéticos respondem frente aos mesmos, para tanto, foi criada uma Área de Experimentação Florestal utilizando os melhores clones de cada empresa florestal do país com uma enorme variedade genética para análise”.

Aws4 request&x amz signedheaders=host&x amz signature=2f71b95f95d0c04a972bdbf184ad68cb6d74925b70ffc8a340b33eb37c4aea38

Foto: Cecília Oliveira/EAJ-UFRN

“A cada seis meses, a EAJ desenvolve análises dos clones implantados na área experimental e envia os dados ao IPEF, determinando não só o crescimento, mas os fluxos de carbono, água e nutrientes para caracterizar e explicar o comportamento diferenciado entre os materiais testados. Os estudos são submetidos à análise do programa Techs e do Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais para apreciação, e depois encaminhados às empresas proprietárias dos clones”, aponta a Professora Doutora Rosimeire Cavalcante dos Santos.

Aws4 request&x amz signedheaders=host&x amz signature=aa91d4049e2ab77906344d363f3a85ac36b6678eeab6df600aa291efbb8c235c

Foto: Cecília Oliveira/EAJ-UFRN

Durante a visita, o Coordenador parabenizou os professores pelo projeto. “É muito importante para a Escola Agrícola de Jundiaí e para a UFRN um projeto como esse, o professor Gualter e a professora Rosimeire estão de parabéns”.

Administrador