Trânsito Arquivo

O vereador Igor Targino (PRB) comentou em seu perfil no Facebook a necessidade da modificação do “quebra-molas” gelo baiano para que acidentes não voltem acontecer em frente do Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho.

Esse final de semana aconteceu um grave acidente em frente ao Hospital Regional Alfredo Mesquita, devido à forma instalada do Gelo Baiano que permite que os condutores façam o desvio, o que acabou ocasionando um grave acidente com vítima fatal, faço essa indicação para que seja colocado de forma que não possibilite a infração de condutores.

Processed with MOLDIV

Foto: Senadinho Macaíba

Na noite de ontem (17) dois motociclistas colidiram em frente ao Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba. O acidente acabou vitimando um dos ocupantes de uma das moto. Ainda é desconhecida a causa do acidente. O condutor da outro moto ficou bastante ferido.

Mas este não foi o único acidente registrado ontem em Macaíba. Já passava das 19 horas quando um acidente foi registrado próximo da passarela do Vilar. Neste não houve vítima fatal.

IMG_0414

Coordenadores de comunicação das prefeituras que compõem o Fórum Permanente de Trânsito e Transporte da Grande Natal estiveram reunidos nesta segunda-feira (11), na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), para planejar uma campanha publicitária unificada alusiva à Semana Nacional de Trânsito (SNT) deste ano. Entre 18 e 25 de setembro ocorre a campanha, com o tema “Minha escolha faz a diferença no trânsito”, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A campanha interligada tem o propósito de reduzir os números de acidentes na Região Metropolitana de Natal (RMN), por meio da sensibilização da sociedade sobre o assunto escolhido. A escolha do tema deste ano possibilita ações em todos os setores: ciclistas, motociclistas, pedestres passageiros e condutores. Sérgio Nascimento, coordenador da Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura falou da importância de elaborar uma campanha conectada a todos os municípios da Grande Natal.

“Como a maioria dos municípios que formam o Fórum sofre dos mesmos problemas remissivos ao trânsito, a ideia é desenvolver um material integrado a essas cidades, fazendo com que a população perceba que a campanha não é realizada apenas na capital Natal, mas sim em todos os municípios que fazem parte do Fórum. Nesta campanha, vamos todos falar a mesma língua e usar a mesma identidade”.

Na reunião na STTU, além de Nascimento, também estiveram presentes a secretária de Trânsito de Natal e presidente do Fórum, Elequicina Maria dos Santos, o chefe do Departamento Municipal de Trânsito de São Gonçalo do Amarante, coronel Edilson Fidélis da Silva, Aurino Borges, diretor de Educação de Trânsito da STTU, Cristiane Crispino, diretora do Departamento de Educação de trânsito de São Gonçalo do Amarante, Alan Victor, assessor da STTU e do Fórum e Tácio Cavalcante, assessor da STTU e do Fórum. Lançamento oficial da campanha relacionada à Semana Nacional de Trânsito acontece na próxima segunda-feira (18), na cidade Parnamirim.

Assecom

A imagem pode conter: céu, carro e atividades ao ar livre

Foto: Mário Victor/ Macaíba no Ar

A Prefeitura do Natal deu início hoje (10) a fiscalização do trânsito através de câmeras de videomonitoramento. Os fiscais da STTU estarão na central de videomonitoramento e poderão autuar os motoristas que cometerem infrações nas principais vias da capital que estejam com câmeras instaladas. As câmeras conseguem captar imagens em até 500 metros, com alta definição.

Resultado de imagem para rn 160

Foto: Arquivo

Um acidente registrado ontem (08) na RN-160 na  cidade de Brejinho resultou em duas vítimas. De acordo com o G1 RN, o acidente envolveu uma motocicleta e um caminhão.

O cabo Gildo  do CPRE informou  ao portal que a moto bateu de frente com o caminhão. O condutor e a passageira da motocicleta morreram na hora.

Resultado de imagem para transporte público macaiba

Agência Brasil – O transporte público é o quarto maior problema das cidades para 12,4% da população de 319 municípios brasileiros, ficando atrás apenas da violência e segurança, da saúde e do desemprego, de acordo com pesquisa sobre o perfil da mobilidade urbana nas grandes cidades, divulgado hoje (30), durante o Seminário Nacional NTU 2017 & Transpúblico, que tem como tema Qualidade no transporte público: uma demanda social. De acordo com os dados, 61,1% das pessoas consideram que o poder público é o responsável pela melhoria do transporte público.

Segundo a pesquisa realizada pela Associação Nacional de Transportes Urbanos (NTU), em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), 59% dos entrevistados se deslocam todo dia e 53,3% estão se deslocando para ir ao trabalho, dos quais 45,2% fazem isso de ônibus. O estudo mostra ainda que 38% deixaram de utilizar o ônibus e 35,85 passaram a usar o carro. Entretanto, 62,6% estariam dispostos a voltar a se deslocar de ônibus caso os valores das tarifas fossem mais baixos e houvesse rapidez na viagem e flexibilidade para as opções de volta.

Quando questionados sobre a gratuidade das tarifas, 53,3% disseram não ter acesso à prioridade e entre aqueles que têm, 47,4% consideram a medida boa. Com relação à gratuidade, 50,9% sabem que o custo recai sobre os outros usuários, e 86,9% concordam com o benefício.

De acordo com o presidente da NTU, Otávio Cunha, a pesquisa mostra que as redes de transporte urbano não estão atendendo as necessidades de deslocamento da população e precisam ser melhoradas com investimentos em infraestrutura e com prioridade para o transporte público. “A questão das faixas seletivas, por exemplo, são um investimento barato. Não é só fazer a faixa e requalificar o serviço convencional. É colocar uma faixa para dar velocidade, reduzir os tempos de viagem, fazer pontos de parada mais civilizados e dar confiabilidade na viagem”, disse.

Segundo Otávio Cunha, muitas cidades estão fazendo investimentos em faixas seletivas, mas não ainda de forma que a população perceba as melhorias. “Está claro que pode se ter ganho significativo de aumento de velocidade quando o ônibus trafega livre. E é muito fácil identificar em cada município os principais corredores de escoamento onde há adensamento de veículos e o ônibus disputando espaço com o automóvel”.

Para Cunha ao reduzir o custo do serviço, a tarifa também é reduzida, atraindo nova demanda e novamente a tarifa pode ser reduzida, reproduzindo o ciclo.

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Sérgio Avelleda, avaliou que o transporte público urbano deixou de ser a principal preocupação da população não porque o serviço está adequado, mas porque o desemprego, a preocupação com a saúde e a segurança aumentaram consideravelmente.

“Temos atributos que não estão atendendo os nossos usuários. Estamos perdendo usuários porque não estamos entregando o que eles querem. Se não olharmos para a revolução que a tecnologia pode promover para o setor, corremos o risco de acordar com uma concorrência difícil de ser combatida”.

 

Resultado de imagem para carteira de habilitação

 

Agência Brasil –  Uma versão de teste da Carteira Nacional de Habilitação eletrônica já está disponível para ser baixada pelos motoristas. O documento digital será usado a partir de fevereiro de 2018 e terá o mesmo valor jurídico do impresso.

A versão de demonstração do aplicativo CNH-e está disponível apenas para aparelhos com sistema operacional Android e pode ser encontrado na internet.

O aplicativo, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), permitirá aos motoristas terem acesso ao arquivo digital da CNH por meio do telefone celular.

O aplicativo deverá estar disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play até fevereiro do próximo ano.

Como vai funcionar

Com a CNH eletrônica, os agentes de trânsito poderão checar os dados dos documentos por meio do mesmo aplicativo, que fará a leitura do QRCode. Assim, o motorista poderá apresentar o documento digital a qualquer autoridade de trânsito, evitando multas caso tenha esquecido ou perdido o documento impresso.

A habilitação física continuará sendo emitida aos condutores que a solicitarem aos departamentos de trânsito estaduais.

Futuramente, o motorista também poderá conferir, pelo aplicativo, a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito.

Nesta última quarta-feira (23), a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT, em parceria com a Polícia Militar – 11º BPM, realizou uma nova blitz com o intuito de fiscalizar o tráfego de veículos pesados no município (com mais de três eixos).

A blitz aconteceu nas proximidades da divisa entre os municípios de Macaíba e São Gonçalo do Amarante, na RN-160. Em 2015, em busca de melhorar o trânsito e conservar as vias locais, a Prefeitura de Macaíba elaborou o Decreto 1.766/2015, que dispõe sobre a circulação de veículos pesados.

Desde então, veículos com mais de três eixos tiveram a circulação restrita em determinados dias e horários, salvo em exceções ou com autorização da SMTT. Dessa maneira, blitzes são realizadas periodicamente para fins de fiscalização e orientação de condutores desses veículos.

Assecom

Brasília - Contra fraude, a nova Carteira de Habilitação com o QR Code foi divulgada pelo Ministério das Cidades e pelo Departamento Nacional de Trânsito (José Cruz/Agência Brasil)

foto: José Cruz/Arquivo/Agência Brasil

Da Agência Brasil – O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu antecipar a implantação, pelos estados, da nova Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e). Por meio de uma pequena alteração no texto legal em vigor desde julho deste ano, o conselho responsável por regulamentar as normas de trânsito estabeleceu que os órgãos estaduais devem implantar o novo sistema até 1º de fevereiro.

Pela Resolução 684, de 25 de julho, os órgãos e entidades de trânsito dos estados e do Distrito Federal deveriam estar aptos a fornecer e fiscalizar a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica a partir de 1º de fevereiro de 2018. Já a Resolução 687, publicada no Diário Oficial da União de hoje (16), estabelece que os estados devem estar aptos a fazê-lo até 1º de fevereiro de 2018.

Segundo a assessoria do Ministério das Cidades, pasta responsável por coordenar o Sistema Nacional de Trânsito, a antecipação foi aprovada em virtude da conclusão do aplicativo para aparelhos do tipo smartphone. Com a mudança, os departamentos de Trânsito (Detrans) podem começar a testar a emissão do documento digital – que será opcional, uma vez que a habilitação impressa continuará a ser emitida.

O aplicativo desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) permitirá aos motoristas terem acesso ao arquivo digital da CNH por meio de seus próprios telefones celulares. O documento digital terá a mesma validade da habilitação física, que continuará sendo emitida aos condutores que a solicitarem aos departamentos de trânsito estaduais.

Os agentes de trânsito poderão checar os dados dos documentos por meio do mesmo aplicativo, que fará a leitura do QRCode (do inglês, Código de Resposta Rápida). Assim, o condutor que tiver aderido ao modelo digital poderá apresentá-lo a qualquer autoridade de trânsito, evitando multas caso tenha esquecido ou perdido o documento impresso.

“Os Detrans que tiverem interesse já podem iniciar seus testes e se adequarem, com antecedência, à data prevista para entrada em vigor da [nova] resolução, 1º de fevereiro”, informou o Ministério das Cidades, acrescentando ainda não ter um diagnóstico sobre os preparativos estaduais para implementar o sistema, ainda em fase de testes.

Um projeto-piloto começa a funcionar no próximo mês, em Goiás. Escolhido para o desenvolvimento da experiência, o estado deve começar a disponibilizar a CNH-e a todos os motoristas que solicitarem permissão provisória, renovação, adição de categoria e emissão de segunda via a partir do próximo mês. Junto à versão digital, os interessados continuarão recebendo o antigo modelo, impresso. Segundo o Detran-GO, o novo sistema não acarretará qualquer mudança na rotina dos cidadãos, nem gerará custos adicionais aos motoristas.

Reprodução

Um acidente foi registrado  na noite de ontem (05) em Macaíba. De acordo com a ConnectTV, o condutor teve apenas ferimentos leves.

O acidente aconteceu próximo de uma fábrica de cigarros na BR-226, moradores que estavam próximo da rodovia, ao ver o carro da vítima fora da pista acionaram a central de atendimento do Samu que enviou uma ambulância ao local e socorreu o motorista.

 

Resultado de imagem para reta tabajara

Reprodução G1 RN

Atendendo ao pedido da Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) vai retirar mais da metade das lombadas da BR-304, no trecho da Reta Tabajara em Macaíba. O trecho vem sendo utilizado pelos bandidos para roubar os condutores que trafegam pela rodovia. Segundo a Tribuna do Norte, das 13 lombadas, 7 serão retiradas do local.

Era por volta das 8:30hm da manhã de hoje (28), quando aconteceu um acidente na rua principal do Conjunto Tavares de Lira, em Macaíba.  Um jovem que estava em uma motoneta  colidiu com um carro modelo estrada, o veículo estava parado e o jovem ao sair de uma das ruas laterais do conjunto só percebeu o veículo parado quando estava muito próximo e acabou batendo na traseira do carro.

Sem muitos ferimentos o jovem se levantou e foi embora, os danos foram mais na motoneta.

IMG_9061

 

Duas pessoas morreram no acidente na RN-160 em Macaíba. Segundo a Tribuna do Norte, três pessoas vinham no caminhão no trecho que liga Macaíba à Vera Cruz. A terceira vítima sobreviveu e foi socorrida pelo Samu.

O caminhão vinha carregado de material reciclável e capotou. O Corpo de Bombeiros realizou os procedimentos de resgates.

 

IMG_9061

Reprodução

Segundo informações da ConnectTV, um acidente foi registrado na noite desta sexta-feira (14) na RN-160, no distrito Jundiaí, em Macaíba.

De acordo com o site, um caminhão carregado de reciclável tombou na rodovia interditando parte da pista.

“Três pessoas estavam na cabine do veículo. Algumas viaturas do SAMU já estão no local para a realização do socorro das vítimas, no qual ainda não se sabe o estado de saúde dos mesmos”, publicou o site.

IMG_9063

Reprodução