Trânsito Arquivo

Foto: Divulgação/Via Whatsap

Devido a chuva que cai sobre Macaíba neste domingo (10), os motoristas devem evitar trafegar no trecho da avenida Jundiaí onde fica localizada a Caixa Econômica Federal. No início da tarde o trecho  citado alagou e os motoristas estavam tendo transtornos para transitar.

 

 

 

Condutor morreu em colisão frontal com carreta na BR-304 em Macaíba, RN, segundo a PRF.  — Foto: Redes sociais

Foto: Redes sociais

Na manhã desta sexta-feira (08), uma batida entre um carro e uma carreta resultou com um homem morto na BR-304, em Macaíba. O impacto da batida foi no lado em que o motorista estava. De acordo com o G1 RN, a colisão ocorreu porque o carro saiu da mão que estava e a carreta vinha no sentido contrário.

Assecom

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) registrou por mais um ano a infração de “Dirigir sem possuir CNH ou Permissão para Dirigir” como a primeira no ranking das autuações de trânsito assinaladas durante o ano de 2018 na área de jurisdição do órgão. O dado apontado pelo setor de Estatística do Departamento informa que 4.875 infrações dessa natureza foram notificadas no decorrer do ano, correspondendo a 22,30% do total de multas catalogadas no sistema do Detran no período.

Em números absolutos, esse tipo de infração teve uma queda quando comparado com o ano anterior. Nesse caso, foram notificadas 5.254 infrações em 2017, resultando numa queda de 379 autuações em 2018. O percentual de queda foi de 7,2%. Já no ranking geral, em 2017, a infração de dirigir sem possuir documento de habilitação também estava no topo da lista, correspondendo a 22,45% de todas as multas registradas pelo Detran naquele ano.

De acordo com os dados, a infração de conduzir veículo por motorista não habilitado é mais presente nos municípios do interior do Estado. Nesse caso, é comum as blitzen de fiscalização flagrarem menores de idade pilotando, principalmente, motocicletas ou ciclomotores, o que resulta num perigo maior para segurança no trânsito, já que esses tipos de veículos são os que mais se envolvem em acidentes.

Dirigir sem possuir CNH é registrada no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) como infração de natureza gravíssima, com notificação de 7 pontos na CNH do proprietário do veículo automotor conduzido por cidadão não habilitado. O valor da multa gravíssima é multiplicado pelo fator três, o que eleva a multa para R$ 880,41. Outra punição administrativa é que o veículo fica retido até a apresentação de um condutor habilitado.

Primeira Habilitação

O Detran vem aprimorando o processo de primeira habilitação de condutores por meio da descentralização dos serviços. Hoje o cidadão, além de poder iniciar os procedimentos em qualquer central de atendimento do Órgão, pode também abrir o processo pela internet ou em qualquer um dos centros de formação de condutores credenciados pelo Detran no Estado.

O procedimento para abertura do processo citado é simples. Basta o cidadão se dirigir a uma das autoescolas espalhadas pelo Estado, apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência e informar o tipo de serviço que deseja realizar. Em seguida, as informações são inseridas no banco de dados e será impressa uma guia de identificação gerada pelo sistema de Registro Nacional de Carteira da Habilitação (Renach). De posse da guia do Renach e da documentação pessoal, o usuário busca uma unidade do Detran onde o processo de primeira habilitação é sequenciado.

Já para a solicitação do serviço pela internet, o usuário entra no site do Detran e clica no botão “Consulta de Pessoas e Boletos”. Logo em seguida, abre uma nova tela em que o sistema pede para que o cidadão insira o número do CPF e, logo após, clica em “consulta”. Dessa maneira, o usuário tem acesso ao ambiente online para iniciar o processo de primeira habilitação, bastando seguir as informações fornecidas pelo sistema.

Já o pagamento da taxa gerada pode ser realizado assim que o cidadão concluir a etapa online. Os meios utilizados para a quitação podem ser pelo aplicativo do Banco do Brasil; imprimir a guia e pagar diretamente no caixa do banco de preferência do usuário; ou mesmo buscar uma agência do Pagfácil e informar o CPF, que o débito será localizado, podendo assim ser quitado. Com essa opção, ao chegar no Detran, o cidadão já ultrapassa duas etapas da abertura do processo, fazendo com que a conclusão do serviço seja mais ágil e prática.

Nesta última quinta-feira (31), um grave acidente foi registrado na avenida Jundiaí, no centro de Macaíba. Duas motocicletas se colidiram em frente a rotatória. Em uma motocicleta estava um mototaxi e na outra uma mulher. De acordo com relatos, uma das motos que deveria ter entrada na rotatória não fez a manobra e foi direto no sentido a rua do Fórum da Justiça, foi neste momento que ocorreu o acidente.

Ambos foram socorridos rapidamente.

 

 

 

ASSECOM

O final de semana foi de ações de fiscalização empreendidas no litoral potiguar pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) por meio da Operação Lei Seca. Em dois dias sequenciados de fiscalizações realizadas na faixa de areia das praias e nas rodovias de acesso ao litoral foram verificados 119 veículos, 17 autos de infração de trânsito foram expedidos e um automóvel foi retido e levado ao pátio do Detran.

Nas abordagens a beira-mar os policiais da Operação Lei Seca fiscalizaram principalmente bugueiros. Nessa situação, os condutores eram orientados a respeitar o limite de passageiros dos veículos, utilizar o cinto de segurança e trafegar respeitando os limites de velocidade e os locais onde o tráfego de automóveis é proibido. Os policiais ainda inibiram o tráfego de veículos em áreas impróprias no sentido de preservar a integridade física dos banhistas.

Já nas rodovias de acesso ao litoral foram montadas barreiras onde os veículos e condutores passaram pelas abordagens. No momento, foram checadas a documentação dos motoristas e veículos, e averiguada a combinação ilegal de álcool e direção.

Durante a Operação os policiais se depararam com biólogos da Associação de Proteção e Conservação Ambiental Cabo de São Roque, que solicitaram apoio para fiscalizar uma área de ninhos de tartarugas na orla de Muriú. “Os policiais fizeram a fiscalização, juntamente com os biólogos, e se colocaram à disposição para ajudar na causa ambiental, tendo em vista que essa época do ano é o período do nascimento de filhotes de tartarugas e essa região é um berçário dessa espécie”, explicou o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos.

No primeiro dia da Operação os policias patrulharam a orla do litoral Norte que vai da Redinha Velha a Barra de Maxaranguape, e no litoral Sul a região que vai de Pium até Malembá. Já no segundo dia de ação foram intensificadas as fiscalizações na orla Norte partindo de Pitangui até Maracajaú e na Sul o patrulhamento agiu da Praia de Cotovelo até Malembá.

 

Cedida

Uma aposentada de 80 anos perdeu o controle do carro e colidiu com o veículo contra um poste localizado no canteiro central da avenida Prudente de Morais, em Candelária, zona Sul de Natal, próximo à Arena das Dunas. O acidente aconteceu nas primeiras horas da manhã desse sábado, 26.

Com o choque da batida, o veículo praticamente “subiu” o poste e ficou em posição vertical. Apesar disso, a idosa teve apenas escoriações leves. Ela, que disse ter saído de casa para ir à padaria neste sábado, 26, relatou só ter mordido a língua durante o acidente.

Agentes do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) compareceram ao local e auxiliaram na retirada da senhora, que não teve a identidade divulgada, de dentro do carro.

Informações do Agora RN

DETRAN/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) está com equipes de fiscalização da Operação Lei Seca distribuídas no litoral potiguar. As ações que fazem parte da Operação Verão 2019, deflagrada pelo Governo do Estado no início deste mês, têm a missão de proporcionar segurança no trânsito combatendo a mistura álcool e direção, como também inibindo possíveis delitos relacionados a roubo de veículos e tráfego irregular sem a devida documentação legal do condutor e do automóvel.

Neste domingo (20), as barreiras fiscalizatórias serão montadas em áreas dos litorais Sul e Norte da região metropolitana de Natal. Os policiais da Lei Seca estão utilizando o bafômetro para identificar motoristas que insistem em beber e dirigir. Também estão sendo averiguadas a situação documental dos veículos e condutores, além de itens de segurança dos automóveis e a utilização de cinto de segurança por parte de todos os ocupantes do veículo.

Já fiscalização no sábado (19) focou as abordagens no litoral Sul. A medida resultou na fiscalização de 207 veículos, sendo 175 automóveis de passeio, 27 motocicletas e cinco ônibus. Outro ponto importante realizado nas abordagens é que os policiais orientam os condutores de veículos 4X4 a não trafegarem na faixa de areia de praia para não colocar em risco a integridade física dos banhistas. O tráfegos nessas áreas é proibido por portaria específica do Detran e aquele condutor flagrado desobedecendo a norma será autuado, podendo até mesmo ter o veículo retido.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca do Detran, tenente-coronel Flávio Santos, o trabalho de fiscalização vai continuar durante todo o período do veraneio. “É uma importante ação no sentido de evitar acidentes e preservar vidas. A atuação planejada, especializada, imparcial e ética dos policiais militares da Lei Seca são algumas das características da confiabilidade da população no nosso trabalho”, comentou.

Reprodução/Redes sociais

Uma colisão frontal envolvendo um caminhão-baú e um Renault Duster na BR-304 matou três pessoas e uma ficou ferida na manhã desta quinta-feira, 17.

O acidente aconteceu nas proximidades da cidade de Lajes, na região Central potiguar. No local, morreram os três homens ocupantes do automóvel enquanto no caminhão estavam duas pessoas, o motorista ficou ileso e o passageiro com lesões leves.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 6h30, no Km 205. As vítimas ainda não foram identificadas.

Do Agora RN

DETRAN/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) empregou na madrugada desse domingo (06), mais uma ação dentro da Operação Verão 2019, que é coordenada pelo Governo do Estado. A fiscalização realizada pelos policiais da Operação Lei Seca foi montada na Rota do Sol e averiguou cerca de 1.600 condutores e veículos que circularam na via durante a madrugada.

A ação encampada pelo Detran, por meio da Operação Lei Seca, teve o objetivo de evitar que motoristas embriagados venham a dirigir veículos automotores e possibilitem a ocorrência de acidentes de trânsito. Outro ponto importante da fiscalização é manter a área do litoral segura, evitando delitos relacionados a roubo de automóveis e outros tipos de crimes.

“Optamos por montar a fiscalização na Rota do Sol por ser uma importante via de acesso as praias do litoral Sul que nessa época do ano se torna extremamente movimentada devido ao período de veraneio e de eventos organizados na região”, explicou o oficial da Lei Seca, major Charleson.

Durante a fiscalização foi possível flagrar 18 motoristas conduzindo veículo sob efeito de bebida alcóolica, sendo um deles preso por se enquadrar na lei de crime de trânsito. Nessa situação, além das medidas administrativas de multa e perda do direito dirigir por um ano, o condutor responde a processo na esfera criminal.

As abordagens coordenadas pelo Detran não se limitam a fiscalização das normas estabelecidas pela Lei Seca. Os condutores fiscalizados tiveram a documentação pessoal de habilitação e a dos veículos averiguadas pelos policiais. A iniciativa busca também combater o roubo de automóveis na capital.

O motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH, apreensão do veículo, que só será liberado com a presença de um condutor habilitado, multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na carteira, além de outras penalidades administrativas (artigo 165 CTB). Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se ele se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, vai ser enquadrado no artigo 306 (crime de trânsito): será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (2), no perímetro urbano da BR-110, em Mossoró/RN, um homem de 34 anos, condutor de uma caminhonete Hilux que se envolveu em acidente com ferido, no km 2 da mesma BR, na cidade de Areia Branca/RN.

Logo depois do acidente, o motorista se evadiu do local, deixando de prestar socorro à vítima. Após denúncias através do número de emergência 191, o veículo foi interceptado por uma equipe da PRF no km 30 da BR-110.

Submetido ao teste de etilômetro, foi constatado o teor alcoólico de 1,25 mg/l, no ar alveolar do condutor. Esse índice equivale a mais de quatro vezes o teor alcoólico que é considerado crime (0,30 mg/l).

Diante do flagrante, o homem foi preso e encaminhado à delegacia de Polícia civil de Mossoró.

Durante a operação Ano Novo que transcorreu de sexta-feira passada até a última terça-feira (1), 65 motoristas foram autuados por dirigirem sob efeito de bebida alcoólica nas rodovias federais no RN.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na madrugada desta quinta-feira (27) no perímetro urbano da BR-101 em Natal, 1 Kg de pasta base de cocaína e prendeu dois homens, um de 30 anos e outro de 31 anos.

A dupla seguia em um Classic quando foi abordado por uma equipe da PRF. Ao perceberem o nervosismo do condutor, os policiais realizaram uma busca no interior do automóvel, quando encontraram sob o banco do passageiro, um pacote contendo aproximadamente um quilo de pasta base de cocaína. A droga estava sendo levada da praia do meio para ser entregue em um posto de combustível, na zona sul de Natal.

Após o flagrante, foi dada voz de prisão e os ocupantes do veículo foram conduzidos à Polícia Judiciária para os procedimentos cabíveis. O crime de tráfico de drogas remete a uma pena de 5 a 15 anos de reclusão. Essa foi a segunda apreensão de droga feita pela PRF, nas últimas 48 horas, na região metropolitana de Natal.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, carro e atividades ao ar livre

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) realizou uma operação de fiscalização no trânsito em parceria com o Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), nesta quarta-feira (19), no Centro.

O objetivo da ação foi combater o fluxo de transportes clandestinos no município, prevenindo ações ilegais e criminosas feitas com uso de veículos irregulares, além de melhorar o trânsito. Na operação foram feitas 18 notificações e oito apreensões de motos que apresentaram alguma irregularidade.

Assecom (Via Facebook)

A operação Rodovida 2018/2019 no Rio Grande do norte teve início com dois grandes eventos na capital do Estado. Foi realizado no período de 13 a 16 de dezembro, um dos maiores carnavais fora de época do Brasil, o Carnatal, além do festival Halleluya. Muito embora tenham sido festas em ambientes internos, aconteceram às margens da rodovia BR 101. Durante esse período a PRF intensificou a fiscalização na área dos eventos.

Ao final foram registrados os seguintes dados:

– Veículos Fiscalizados ………….………………………… 1.085;

– Pessoas Fiscalizadas ………………………………….… 1.403;

– Motoristas submetidos ao etilômetro ……………..……… 793;

– Motoristas autuados por embriaguez ……………………… 34;

– Veículos retidos por irregularidades ……………………….. 92;

– Carteiras de Habilitação recolhidas ………………………… 34;

– Autuações por não uso do cinto ……………………………. 38;

– Autuações por transporte de crianças sem cadeirinhas..… 12.

DETRAN/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) apresentou na manhã desta segunda-feira (17), o balanço das fiscalizações preventivas efetivadas pela Operação Lei Seca durante o Carnatal. Os dados apontam para a realização de 1.415 testes de etilômetro em duas noites sequenciadas de fiscalização nas ruas próximas ao evento.

No total, foram registradas 122 autuações por infração as regras legais de trânsito, sendo que dessa soma, 81 condutores foram flagrados por desrespeito a Lei Seca, quatro motoristas presos por crime de trânsito e outras 41 infrações notificadas por motivos diversos.

A ação alcançou a marca de 3 mil fiscalizações incluindo condutores e veículos averiguados durante o Carnatal. As blitzen realizadas nas avenidas Prudente de Morais e Engenheiro Roberto Freire, além das ruas próximas ao estádio Arena das Dunas, conseguiram retirar diversos motoristas embriagados das ruas da capital, o que resultou em índice zero de acidentes de trânsito envolvendo foliões.

Durante as fiscalizações dois casos chamaram a atenção dos policiais da Operação Lei Seca. Na primeira situação, um condutor tentou se evadir da blitz e jogou o veículo perigosamente sobre os policiais. O cidadão foi perseguido e preso, além de ter o carro retido e levado ao depósito de veículos apreendidos do Detran. No segundo caso, um folião tentou ludibriar os policiais chegando a beber e jogar perfume em si mesmo na intenção de mostrar que não havia ingerido bebida alcoólica e que o bafômetro registrava perfume, porém não conseguiu ludibriar a fiscalização e foi autuado.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, avaliou positivamente o trabalho de fiscalização no Carnatal apontando para a perspectiva do número de acidentes e de vítimas fatais do trânsito preservadas com a trabalho assíduo produzido pela equipe da Operação Lei Seca. “O trabalho foi realizado com competência e com o único e exclusivo objetivo de preservar vidas no trânsito, zelando por condutores e pedestres, e isso foi alcançado inibindo a combinação perigosa de álcool e direção”, comentou.

O motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH, apreensão do veículo, que só será liberado com a presença de um condutor habilitado, multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na carteira, além de outras penalidades administrativas (artigo 165 CTB). Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se ele se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, vai ser enquadrado no artigo 306 (crime de trânsito): será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.