Sem Categoria Arquivo

O Processo Seletivo para Reocupação de Vagas Residuais para ingresso nos cursos de graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estará com inscrições abertas de 23 de setembro a 14 de outubro. Realizada pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da UFRN, a seleção disponibiliza 270 vagas do período letivo 2020.2 para os campi de Natal, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz.

As vagas residuais são geradas por cancelamentos de curso e serão distribuídas conforme o edital. Podem participar da seleção estudantes com vínculo ativo em curso de graduação pertencente à Instituição Nacional de Ensino Superior e autorizado pelo Ministério da Educação (MEC); portadores de diploma ou certificado de conclusão de graduação; além de ex-alunos de graduação da UFRN que tiveram seu programa cancelado por abandono de curso, por decurso de prazo máximo para conclusão ou por insuficiência de desempenho acadêmico.

A seleção será realizada em duas etapas, sendo a primeira denominada de Avaliação do Resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e a segunda etapa será a Avaliação Institucional e Acadêmica. As inscrições devem ser efetuadas, de 23 de setembro a 14 de outubro, exclusivamente pela internet. O candidato deve ter Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de identificação, bem como deve preencher todos os campos do Formulário de Inscrição. Confira o edital e a agenda do candidato na página da Comperve.

Operação desta segunda-feira (31), da Polícia Federal! Crédito para divulgação Polícia Federal. Operação Caixa Forte

Divulgação Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (31) a megaoperação Caixa Forte 2, para investigar tráfico de drogas e lavagem de dinheiro praticados por facção criminosa. Para a ação, foram mobilizados 1,1 mil policiais federais, que cumprem 623 mandados judiciais em 18 unidades federativas (Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) e no Chile. 

Ao todo, foram expedidos pela 2ª Vara de Tóxicos de Belo Horizonte 422 mandados de prisão preventiva e 201 mandados de busca e apreensão. Também foi ordenado o bloqueio judicial de R$ 252 milhões.

Em nota, a PF informou que, na primeira fase da operação, descobriu a existência do núcleo “Setor do Progresso”, que tinha como função promover lavagem de dinheiro dos valores gerados com a atividade de tráfico de drogas.

As investigações também conduziram a polícia ao chamado “Setor da Ajuda”, criado para recompensar membros de uma facção recolhidos em presídios e que mantinham contas bancárias para onde parte do dinheiro oriundo das atividades era destinada. Em alguns casos, as quantias eram depositadas em contas de pessoas que não pertenciam ao grupo criminoso, para despistar as autoridades policiais.

A PF apurou, ainda, que 210 suspeitos desempenham as funções no alto escalão da facção criminosa, como a execução de servidores públicos. Todos cumprem penas em presídios federais. Os presos deverão responder por crimes de participação em organização criminosa, associação com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, cujas penas podem chegar a 28 anos de prisão.

Agência Brasil

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no final da manhã deste sábado (16), no Km 297 da BR 304, em Macaíba/RN, um homem pelo crime de tráfico de drogas e apreendeu, aproximadamente, um quilo de maconha.

Durante fiscalização de combate à criminalidade, policiais rodoviários federais abordaram um ônix, de cor preta. O condutor, de 30 anos, apresentou nervosismo e já havia sido preso por receptação de veículo roubado e porte ilegal de arma de fogo.

Ao ser realizado vistoria no interior do automóvel, foi encontrado um tablete de aproximadamente 1kg de maconha. O homem, que estava acompanhado de sua namorada, e a filha desta de 1 ano e 7 meses, seguia de Parnamirim/RN, com destino a São Gonçalo do Amarante/RN.

Ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Plantão da Zona Sul, em Natal/RN.

Agência Brasil – A quarta parcela do auxílio emergencial começa a ser paga aos integrantes do Bolsa Família a partir de hoje (20). São 19,2 milhões de beneficiários do  programa de transferência de renda que receberão o recurso destinado a ajudar os mais vulneráveis a enfrentar a crise provocada pela pandemia de covid-19. As parcelas são de R$ 600 ou R$ 1,2 mil (mães solteiras).

A transferência dos recursos segue o calendário habitual do Bolsa Família para todos os integrantes do programa, conforme o último número do NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário. Hoje, o pagamento é para beneficiários com NIS final 1. Amanhã, será a vez daqueles com o NIS final 2 e assim por diante, exceto final de semana, até o NIS final 0 no dia 31 deste mês.

Balanço

Segundo o Ministério da Cidadania, os pagamentos do auxílio emergencial chegaram a 65,2 milhões de pessoas, no total de R$ 121,1 bilhões.

Além dos integrantes do Bolsa Família, são elegíveis a receber o auxílio emergencial 10,5 milhões de pessoas do grupo do Cadastro Único e outras 35,7 milhões do grupo de trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e contribuintes individuais do INSS que solicitaram o benefício via site ou aplicativo da Caixa.

Agência Brasil – Termina às 23h59 desta quarta-feira (27)  o prazo para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os interessados que não deixem para a última hora e lembra que quem solicitou a isenção da taxa de inscrição precisa se inscrever, assim como os demais participantes.

Os dados declarados pelos candidatos devem ser conferidos e apenas alguns deles podem ser modificados na página do participante, durante o acompanhamento da inscrição. No caso da escolha do município para fazer a prova, por exemplo, o Inep pede cuidado reforçado, porque, após o encerramento do prazo, não será possível trocar. Além disso, é necessário memorizar a senha ou anotá-la e guardá-la em local seguro, porque é com ela que o participante irá acompanhar todas as etapas de execução do exame.

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até amanhã. De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep, mais de 5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2020.

Data das provas

Por causa da pandemia do novo coronavírus, no fim de junho será feita uma enquete com os estudantes inscritos, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta.

A pré-campanha do delegado Normando Feitosa ganhou o apoio do empresário Jafet Almeida, proprietário da NetGo, provedor de serviços de internet consolidado no mercado macaibense. Pelas redes sociais, Dr. Normando deu as boas-vindas ao CEO da NetGo e destacou ser uma honra poder contar com mais esse apoio.

“É com muita satisfação que anuncio o apoio do empresário macaibense Jafet Almeida ao nosso projeto de pré-campanha. Sua vinda muito nos honra! Seja bem-vindo, amigo!”.

O delegado Normando tem ganhado o apoio de várias lideranças da cidade e do interior e a cada dia consolida ainda mais seu nome ao pleito deste ano em Macaíba. Até o momento, em basicamente todas as pesquisas de intenção de voto à eleição 2020 realizadas no município, o delegado tem liderado.

PM/ASSECOM

Na tarde deste domingo (22), policiais militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) efetuaram a prisão de um homem de 23 anos no bairro Planalto, zona Oeste de Natal.

O infrator foi detido por volta das 17h30, na travessa Mirassol, ele estava de posse de diversas peças de uma motocicleta, tipo Honda/CG start, 160cc, cor preta, que possuía registro de roubo.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na manhã desta terça-feira (11), Hélio Amaro dos Santos, 46 anos. A prisão se deu em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, expedido em agosto de 2019, referente à prática do crime de roubo majorado. Ele foi preso na Zona Norte de Natal.

O crime aconteceu no dia 11 de agosto de 2005, em uma rodovia estadual do RN. Na oportunidade os acusados subtraíram para si, mediante ameaça exercida com emprego de arma de fogo, um caminhão baú. ??Segundo as investigações, a vítima esperava um cliente para fretar seu veículo no estacionamento do supermercado Nordestão do Conjunto Santa Catarina, em Natal.

Na ocasião, os acusados acabaram fretando o veículo para uma viagem ao município de Macaíba. Em uma rodovia deste município, foi anunciado o assalto, com a exibição da arma de fogo, momento em que um dos suspeitos passou a dirigir o automóvel. A vítima foi deixada em São José de Mipibu.

Ele foi condenado a uma pena de 5 anos e 4 meses. Hélio Amaro foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Brasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, durante sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF) para o julgamento da validade das delações da JBS (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Agência Brasil – O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot disse na noite de ontem (26), em entrevista a diversos veículos de comunicação, que chegou a ir armado com um revólver ao Supremo Tribunal Federal (STF) com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes e depois se suicidar. Nesta sexta-feira (27), Mendes divulgou uma nota em que se diz surpreso e recomenda que o ex-PGR “procure ajuda psiquiátrica”.

Os dois protagonizaram um longo embate enquanto Janot ocupou o cargo, entre 2013 e 2017, com trocas constantes de críticas públicas. O ex-PGR disse ter, porém, chegado a um limite em 2017 quando o ministro envolveu sua filha em uma das pendengas.

O episódio é narrado por Janot no livro que lança esta semana, Nada Menos que Tudo, porém sem citar o nome de Gilmar Mendes. O ex-PGR, entretanto, resolveu agora revelar a quem se referia.

“Num dos momentos de dor aguda, de ira cega, botei uma pistola carregada na cintura e por muito pouco não descarreguei na cabeça de uma autoridade de língua ferina que, em meio àquela algaravia orquestrada pelos investigados, resolvera fazer graça com minha filha”, escreve Janot no livro.

Segundo o ex-PGR, ao encontrar o ministro sozinho na antessala do plenário do Supremo, antes de uma das sessões, chegou a sacar uma pistola, mas não puxou o gatilho somente porque “a mão invisível do bom senso tocou no meu ombro e disse: não”.

O episódio ocorreu em 2017, depois de Janot ter pedido ao Supremo que considerasse Mendes suspeito para julgar um habeas corpus de Eike Batista. O argumento era que a esposa do ministro, Guiomar Mendes, trabalhava em um escritório de advocacia que prestava serviços ao empresário.

Em seguida, circulou na imprensa a informação de que a filha de Janot, Letícia Ladeira Monteiro de Barros, defendia a empreiteira OAS, envolvida na Lava Jato, em processos no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O ex-PGR atribuiu a divulgação da informação a Mendes e, por isso, cogitou matá-lo, segundo o relato.

“Confesso que estou algo surpreso. Sempre acreditei que, na relação profissional com tão notória figura, estava exposto, no máximo, a petições mal redigidas, em que a pobreza da língua concorria com a indigência da fundamentação técnica. Agora ele revela que eu corria também risco de morrer”, escreveu Gilmar Mendes em nota divulgada nesta sexta.

O ministro lamentou que “por um bom tempo, uma parte do devido processo legal no país ficou refém de quem confessa ter impulsos homicidas”.

“Se a divergência com um ministro do Supremo o expôs a tais tentações tresloucadas, imagino como conduziu ações penais de pessoas que ministros do Supremo não eram. Afinal, certamente não tem medo de assassinar reputações quem confessa a intenção de assassinar um membro da Corte Constitucional do País”, acrescentou o ministro. “Recomendo que procure ajuda psiquiátrica”, concluiu.

O Palácio Auta de Souza não vai interferir nas pré-candidaturas governistas. O governo segundo uma fonte de alto coturno, não vai impor nenhuma candidatura ou muito menos  inibi-las. Todos os três pré-candidatos, Edir do Posto da Maré, o vereador Gerson Lima e o vice-prefeito Auri Simplício, têm toda legitimidade de buscar viabilizar seus projetos.

A definição

Dos três pré-candidatos governistas, apenas um será o escolhido para ser de fato o nome do governo na disputa pelo Palácio Auta de Souza em 2020. Essa definição passa por pesquisas, por isso neste momento cada pré-candidato busca apoio para viabilizar seus nomes.

Resultado de imagem para professor max lacerda

Nesta quarta-feira (19), foi realizada eleição para os cargos de diretor e vice-diretor da Escola Agrícola de Jundiaí – UFRN. A chapa 01, composta pelos professores Max Lacerda (diretor) e Márcio Dias (vice-diretor) foi eleita com 744 votos, a chapa 02, composta pelos professores Alexandre Pimenta e José Aparecido obteve 95 votos.

A eleição ocorreu através do SigEleição, onde votaram alunos, professores e técnicos administrativos.

Câmeras de monitoramento e segurança são equipamentos que têm papel estratégico nas investigações policiais. No entanto, muitas vezes não é possível obter a senha do aparelho Digital Vídeo Recorder (DVR) para ter acesso a imagens. Há casos, ainda, em que os arquivos são propositadamente deletados do aparelho. Para estes casos, o perito criminal do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), Jossérgio Gouveia, desenvolveu, com sucesso, uma ferramenta tecnológica que permite acessar as imagens.

“A ferramenta é compatível com diversos modelos de aparelhos existentes no mercado e vem sendo sistematicamente aprimorada. Vem apresentando resultados satisfatórios em diversas perícias solicitadas ao ITEP-RN, inclusive, em casos tratados por peritos em outros estados que também já nos solicitam apoio. Uma de suas grandes vantagens é permitir análises mais elaboradas da situação das imagens no aparelho”, explicou o perito.

A tecnologia, desenvolvida no ITEP-RN, pode ser utilizada como meio auxiliar em casos onde há suspeita de remoção, apagamento, adulteração ou inacessibilidade às imagens de circuito de segurança e monitoramento. Também ajuda em casos nos quais o proprietário do circuito não fornece senhas, quando há troca de disco de armazenamento ou de discos ou aparelhos encontrados avulsos ou com tentativa de ocultação.

“A utilização da ferramenta não se resume somente à recuperação das possíveis imagens apagadas, mas também possibilita detectar e concluir por adulterações da atividade do aparelho e tentativas de prejudicar a investigação policial”, destacou Jossérgio.

Segundo o perito, que atua no Setor de Perícias de Informática e Audiovisuais, a ferramenta foi desenvolvida com base em trabalho apresentado no XXII Congresso Nacional de Criminalística, em Brasília, em 2013. A ferramenta também serviu de base para apresentação na Conferência Internacional de Ciências Forenses, também em Brasília, em 2017.

Na manhã desta sexta-feira (01), o delegado Normando Feitosa foi entrevistado no programa A Voz da Comunidade, na Cena TV. Durante a entrevista Normando Feitosa afirmou que a transferência de um delegado para outra delegacia é normal quando se muda o governo, mas que teria sido pego de surpresa, uma vez que ele vem trabalhando um projeto pensando em 2020 (disputa ao Executivo). O delegado afirmou que mesmo não sendo mais delegado em Macaíba, se acharam que tiraram ele de Macaíba, estão enganados, na verdade pode ter tirado ele da delegacia, mas não da cidade.

https://www.youtube.com/watch?v=eyF6Q8yl79g

 

Diante da problemática  falta de água em Macaíba, o vereador Netinho França compareceu ao escritório da Caern para solicitar agilidade em solucionar o problema. Ao Macaíba no Ar, Netinho disse que foi  informado pelo técnico em engenharia da Caern por nome de Jakson, que a falta de água foi ocasionada pela baixa tensão nas bombas que jogam  água para os reservatórios.

Ainda segundo o vereador, o prazo dado para que o problema seja resolvido foi até as 20h desta terça-feira (08).

Agência Brasil – As inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019 poderão ser feitas de 22 a 25 de janeiro, conforme edital divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). O programa oferece vagas em universidades públicas. O número total de vagas, bem como o número de instituições que participarão do programa ainda serão divulgados.

Podem concorrer às vagas do Sisu os estudantes que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e obtido nota acima de zero na prova de redação. Além disso, os candidatos poderão se inscrever no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

Os resultados individuais do Enem serão divulgados no dia 18 de janeiro. Os gabaritosdas provas estão disponíveis para consulta na página do exame.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro a mais de 4 milhões de estudantes em todo o país. No primeiro domingo, os estudantes fizeram provas de linguagem, ciências humanas e redação. No segundo domingo, fizeram provas de ciências da natureza e matemática.

Além de concorrer às vagas do Sisu, os participantes do Enem poderão concorrer a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).