Saúde Arquivo

 

O voo procedente da Índia que trouxe 2 milhões de vacinas da AstraZeneca contra a covid-19 ao Brasil chegou por volta das 17h30 no Aeroporto Internacional de São Paulo, localizado em Guarulhos.

Para o recebimento da carga, estão presentes no local os ministros da Saúde Eduardo Pazuello, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e das Comunicações, Fábio Faria. De lá, as vacinas serão encaminhadas para o Rio de Janeiro.

A carga vinda da Índia foi transportada em voo comercial da companhia Emirates. Após os trâmites alfandegários, seguirá em aeronave da Azul para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio.

Ler mais…

De acordo com a última atualização do portal RN Mais Vacina, Macaíba já vacinou 207 pessoas. Segundo dados da secretaria estadual de Saúde, 6207 moradores da cidade já fizeram seu cadastro no portal para ser imunizado. Macaíba recebeu 572 doses da coronavac, onde neste momento estão sendo vacinados servidores da saúde que estão na linha de frente no combate ao covid-19 e idosos que residem em abrigos da cidade.

Foto: Assecom-PMM

A equipe do Centro de Saúde Luis Antônio da Fonseca Santos (Posto da Maré) está realizando o cadastramento no programa RN+Vacina das pessoas que compõem os grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 e não tem acesso à internet. O cadastro está sendo feito no setor de Recursos Humanos do Posto, das 8h às 12h, de segunda a sexta. A lista com todos os grupos pode ser conferida no site https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/transparencia/vacinacao/.

Para efetivar o processo, é preciso comparecer ao local com carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. O RN+Vacina é a plataforma oficial do Governo do Estado do Rio Grande do Norte para cadastramento dos cidadãos e controle da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Vale salientar que a realização do cadastro não significa que as pessoas serão vacinadas imediatamente. A campanha obedece critérios de prioridade, de acordo com a disponibilidade das doses da vacina enviadas para o RN, sendo os profissionais de saúde e idosos que vivem em abrigos públicos ou privados, o grupo prioritário vacinado no momento.

Sesap divulga distribuição de doses de vacina da Covid-19 no RN -  Secretaria de Estado da Saúde Pública

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) irá apurar todos os casos de fura fila na campanha de vacinação contra a Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de saúde Pública (Sesap), a primeira fase da vacinação no Estado contempla apenas profissionais de saúde que estejam na linha de frente de combate ao coronavírus e ainda idosos residentes em instituições de longa permanência. Alguns planos municipais autorizam a vacinação de outros grupos de pessoas, o que será observado de forma individualizada pelo MPRN.

Os casos de pessoas que receberam a vacinação mesmo sem se enquadrarem serão analisados individualmente para se investigar se houve o cometimento de crime ou ato de improbidade.

O MPRN disponibiliza o Disque Denúncia 127 para o recebimento de denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil

O Brasil teve nesta quarta-feira o dia com o segundo maior número de novas mortes registradas em 2021. Em 24 horas, foram notificados 1.340 novos óbitos por covid-19. O resultado ficou atrás apenas do dia 7 de janeiro, quando foram confirmadas 1.524 novos falecimentos.

Com as novas mortes de hoje, as vidas perdidas para a pandemia do novo coronavírus subiram para 212.831. Ontem, o painel do Ministério da Saúde trazia 211.491 óbitos. Ainda há 2.811 falecimentos em investigação por equipes de saúde.

Já o número de casos desde o início da pandemia totalizou 8.638.249. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde confirmaram 64.385 novos diagnósticos positivos de covid-19. Ontem, o número de casos acumulados estava em 8.573.864.

As informações constam do balanço diário do Ministério da Saúde. A atualização, produzida a partir do levantamento das secretarias de saúde dos estados sobre mortes e casos, foi divulgada na noite desta quarta-feira (20).

Ainda há 860.796 pessoas com infecção ativa em acompanhamento por profissionais de saúde. Outras 7.564.622 pessoas já se recuperaram da doença.

Estados

Na lista de estados com mais mortes, São Paulo ocupa a primeira posição (50.652), seguido por Rio de Janeiro (28.215), Minas Gerais (13.721), Ceará (10.243) e Pernambuco (10.098). As Unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (816), Acre (840), Amapá (1.016), Tocantins (1.330) e Rondônia (2.056).

Agência Brasil

Em 48 horas, a plataforma RN Mais Vacina já conta com mais de 400 mil potiguares cadastrados. O sistema, construído pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), objetiva facilitar o monitoramento das aplicações da vacina da Covid-19 no Rio Grande do Norte.

A adesão crescente da população reflete todo o compromisso e seriedade investidos pelo Governo do Estado em criar uma ferramenta transparente que mostra todo o processo de assegurar o uso da vacina de forma justa e eficaz.

“Durante todo o período da pandemia, o Governo não tem medido esforços em construir estratégias que mitiguem o impacto do novo coronavírus, as ações versaram desde a abertura de novos leitos até a entrega de máscaras, contratação e convocação de mais profissionais da saúde, elaboração do Regula RN e agora o RN Mais Vacina”, ressaltou a subsecretária de Planejamento e Gestão da Sesap, Lyane Ramalho.

A subsecretária ainda destacou que a preparação para iniciar a campanha de vacinação. “Esse sistema cumpre um papel essencial de dar equidade ao processo e mostrando toda a nossa responsabilidade em cumprir nosso papel de construir dispositivos inovadores em saúde, mas além disso já vínhamos nos organizando com a aquisição de seringas e agulhas, capacitação de vacinadores e instalação da rede de frio”, disse.

O cadastro no sistema permitirá que cada cidadão tenha seu cartão virtual, recebendo notificações das datas, dentro do calendário nacional de vacinação, em que o grupo em que se enquadra receberá a vacina, além de todas as informações do processo.

Para realizar o registro, basta acessar maisvacina.saude.rn.gov.br/cidadao/, inserir alguns dados pessoais e informações quanto a grupo de risco e comorbidades. Mesmo que essa primeira etapa de vacinação seja restrita aos grupos prioritários, a Sesap orienta que todas as pessoas façam o cadastro, auxiliando na criação de um banco de dados com o perfil dos norte-rio-grandenses.

Foto: Edeilson Morais

A primeira macaibense foi vacinada contra o novo coronavírus (Covid-19) em solenidade que deu início a vacinação contra a doença no Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (19), na Escola de Governo do RN, em Natal. Antônia Pinheiro da Silva Araújo, 54, enfermeira da Estratégia de Saúde da Família e moradora da comunidade indígena Tapará recebeu a vacina, um momento histórico para Macaíba.

“Estou muito feliz por ter sido imunizada contra esse vírus da Covid-19 e vou ficar muito mais feliz quando todo mundo estiver imunizado”, declarou Antônia. O prefeito Emídio Jr esteve na solenidade que marca a campanha de vacinação no estado ao lado da secretária municipal de Saúde de Macaíba, Roberta Guilhermina. Cerimônia que também contou com a presença da governadora do RN, Fátima Bezerra, prefeitos da Região Metropolitana de Natal, do senador Jean-Paul Prates entre outras autoridades.

As 572 doses da vacina chegaram à Macaíba nesta terça (19) e, inicialmente o público vacinado é composto por trabalhadores de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência, públicas ou particulares. A distribuição está sendo feita de acordo com cálculos do Ministério da Saúde e os outros grupos serão vacinados nas demais etapas do cronograma. As aplicações serão monitoradas por tablets do programa RN + Vacina, equipamento que servirá para cadastramento e controle das ações. O Plano Municipal de Vacinação será divulgado em breve pela Prefeitura.

Assecom-PMM

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) admitiu que poderá haver atraso na produção da vacina contra a covid-19 causado pela falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Em nota divulgada nesta terça-feira (19), a Fiocruz explicou que ainda aguarda a confirmação do insumo-base para a fabricação das vacinas.

“Embora ainda dentro do prazo contratual em janeiro, a não confirmação até a presente data de envio do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) poderá ter impacto sobre o cronograma de produção inicialmente previsto de liberação dos primeiros lotes entre 8 e 12 de fevereiro”, informou a Fiocruz.

Segundo a fundação, o cronograma de produção será detalhado assim que a data de chegada do insumo estiver confirmada. “Ainda que sejam necessários ajustes no início do cronograma de produção inicialmente pactuado, a Fiocruz segue com o compromisso de entregar 50 milhões de doses até abril deste ano, 100,4 milhões até julho e mais 110 milhões ao longo do segundo semestre, totalizando 210,4 milhões de vacinas em 2021”, diz a nota.

A Fiocruz produz a vacina em conjunto com a AstraZeneca.

Agência Brasil

O prefeito Emídio Jr concederá entrevista coletiva para a imprensa macaibense sobre o Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19), na tarde desta terça-feira (19), às 17h, na Sala de Reuniões do Palácio Auta de Souza. Na oportunidade também estarão a secretária municipal de Saúde Roberta Guilhermina e Sâmara Bridget Monteiro, chefe da Atenção Básica em Saúde da Prefeitura.

Emídio e as representantes da Secretaria de Saúde irão destacar todas as atividades do Plano. Nesta terça-feira (19), a primeira macaibense foi vacinada contra a Covid-19, Antônia Pinheiro da Silva Araujo, 54, enfermeira da Estratégia de Saúde da comunidade indígena Tapará e moradora do local. 

Nenhuma descrição de foto disponível.

A Prefeitura informa que o primeiro lote de vacinas contra a COVID-19 do tipo Coronavac chegaram até a Secretaria Municipal de Saúde de Macaíba no início da tarde desta terça-feira (19/01). Em Macaíba, a priori, os grupos a serem vacinados neste primeiro momento são: trabalhadores da saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência públicas ou privadas.

ASSECOM/RN – ELISA ELSIE

O primeiro lote de vacina contra a Covid-19 – a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan junto à Sinovac – chegou ao Rio Grande do Norte na madrugada desta terça-feira (19). O esperado voo com as doses do imunizante desembarcou no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta de 1h. Do aeroporto, as 82.440 doses foram transportadas para a Central de armazenamento e distribuição instalada na Unicat (Unidade Central de Agentes Terapêuticos), em Natal.

Este primeiro lote vai atender 39.258 potiguares com duas doses da vacina, aplicadas entre um intervalo de 28 dias, priorizando os grupos prioritários: trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas).

A secretária adjunta de Estado da Saúde Pública (Sesap), Maura Sobreira, explicou que, a partir de orientações do Governo Federal, foram estabelecidos critérios de priorização para a aplicação das doses. “Nesse primeiro momento, receberão a vacina os idosos que estão institucionalizados, ou seja, aqueles que moram em abrigos. Com relação aos profissionais de saúde, também houve uma necessidade de escalonamento. Como prioridade, primeiramente, serão os próprios vacinadores, além dos profissionais que estão atuando na linha de frente, seja em urgências e emergências, seja em UPA’s, Samu’s, unidades hospitalares, hospitais de campanha, Centros Covid e profissionais da atenção primária”, disse.

Elisa Elsie

A secretaria estadual de Saúde deu início a distribuição das doses da vacina coronavac. Macaíba receberá apenas 572 doses do primeiro lote, onde vacinará 281 pessoas. O quantitativo de doses encaminhado as cidades foi calculado com base na estimativa populacional por município repassada pelo Ministério da Saúde para cada grupo contemplado na primeira etapa, considerando uma distribuição proporcional.

dhgh Ato de início da imunização no RN será amanhã às 10h

O lote com as 82.440 doses da vacina coronavac teve um atraso e deverá chegar ao Rio Grande do Norte por volta das 22h55 da noite desta segunda-feira (18). O ato simbólico que estava previsto para hoje ficará para esta terça-feira (19), às 10h.

O prefeito Emídio Júnior se reuniu na tarde desta segunda-feira (18) com os secretários municipais de Saúde, Planejamento, Administração e profissionais das pastas para discutir o Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19, que deve começar a acontecer nos próximos dias.

Nessa primeira fase serão imunizados os profissionais da saúde, pessoas com mais de 75 anos, pessoas a partir dos 60 anos em instituições de longa permanência e população indígena. Quase 18 mil pessoas serão imunizadas no município nessa primeira fase, estando garantidas as duas doses da vacina.

Para auxiliar a aplicação da vacina em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Centro de Saúde Luis Antônio Fonseca (Posto da Maré), 24 técnicos em enfermagem, com experiência em vacinação, serão contratados de forma emergencial. Além dos profissionais, serão instaladas câmaras frias em todas as UBS para o armazenamento das vacinas.

A secretária municipal de Saúde, Roberta Guilhermina, lembrou sobre o cadastro no programa RN Mais Vacina, do Governo do Estado, para a vacinação. “Quem não tiver acesso ao site do governo, não deve se preocupar, pois no dia da vacinação terá um profissional fazendo esse cadastro”, afirmou a secretária.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, inicia a distribuição da vacina contra Covid -19 para todo o Brasil em  Guarulhos

Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou hoje (18) que a vacinação contra o novo coronavírus começará nos estados ainda nesta segunda-feira. Ele disse que a previsão é que a distribuição das doses da vacina com uso de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) ocorra até as 14h de hoje, e que as primeiras aplicações sejam feitas até as 17h.

Ao lado de governadores, Pazuello participou, nesta manhã, do ato simbólico de entrega de 4,6 milhões de doses da CoronaVac no Centro de Logística do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. As vacinas serão transportadas por via aérea para o Distrito Federal e as capitais de dez estados: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina. Também há previsão de distribuição de vacinas por via terrestre.

Ler mais…