Saúde Arquivo

As inscrições para o Concurso Público da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) foram prorrogadas até 19 de fevereiro. A informação está publicada no Diário Oficial do Estado (D.O.E) deste sábado (10).

A publicação traz modificações relacionadas a alguns cargos. Para o cargo de Técnico em Enfermagem foi acrescido o requisito do Registro Profissional de Classe e Certidão de Regularidade Profissional, este último também passa a ser requisito para os Enfermeiros.

Para o cargo de Engenheiro de Segurança do Trabalho poderão concorrer os candidatos com curso superior completo em Engenharia ou Arquitetura, desde que possuam especialização em segurança do trabalho. E para o cargo de Médico/Clínico geral a residência médica em clínica geral deixou de ser requisito.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site www.comperve.ufrn.br, preencher o formulário e pagar as taxas exigidas, que é de R$ 80,00 para os cargos de nível médio e R$ 100,00 para os de nível superior. A data prevista para a realização das provas é 25 de março de 2018.

Estão disponíveis vagas para Assistente Técnico em Saúde, Técnico de Biodiagnóstico, Técnico em Enfermagem e Técnico em Radiologia (nível médio); Assistente Social, Enfermeiro, Engenheiro Biomédico, Engenheiro de Seg. do Trabalho, Farmacêutico, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo, Administrador, Contador, Terapeuta Ocupacional, Médico Anestesista, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião Geral, Médico Cirurgião Pediátrico, Médico Cirurgião Torácico, Médico Cirurgião Vascular, Médico Clínico Geral, Médico Endoscopista, Médico Gastroenterologista, Médico Ginecologista e Obstetra, Médico Hematologista, Médico Infectologista, Médico Intensivista, Médico do Trabalho, Médico Nefrologista, Médico Neonatologista, Médico Neuroencefalografista, Médico Neurocirurgia, Médico Neurologista Pediátrico, Médico Neurologista, Médico Ortopedista, Médico Patologista, Médico Pediatra, Médico Pediatra Intensivista, Médico Pneumologista, Médico Psiquiatra, Médico Psiquiatra Infantil, Médico Ultrassonografista e Médico Urologista (nível superior). As remunerações variam de R$1.030,26 a R$4.081,49.

Vacinação contra febre amarela no Rio

Flavia Villela/Agência Brasil

Agência Brasil – O Ministério da Saúde anunciou campanha de vacinação contra a febre amarela para os meses de fevereiro e março. Na ação, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia receberão doses fracionadas da vacina. Nos demais estados, onde já existe recomendação de imunização contra a febre amarela, a vacina é ofertada na dose-padrão, de acordo com a rotina de imunização dos postos e outras unidades de saúde.

São Paulo e Rio de Janeiro adiantaram o início da campanha para a próxima semana. A campanha foi convocada para evitar que o surto de casos recentes em algumas regiões se alastre. De julho de 2017 a 14 de janeiro deste ano, o país registrou 35 casos da doença.

A orientação endossada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e adotada pelo Ministério da Saúde é a de que uma dose da vacina é o suficiente para imunizar a pessoa por toda a vida.

Segundo o ministério, os casos estão concentrados principalmente na Região Sudeste e envolve pessoas que vivem na área rural ou que tiveram contato com ambientes silvestre por motivos de trabalho ou lazer.

Veja detalhes da doença e como se proteger:

Sintomas

A febre amarela é uma doença viral que causa dores no corpo, mal-estar, náuseas, vômitos e, principalmente, febre. Os sintomas duram em média três dias. Em alguns pacientes, o vírus da febre amarela ataca o fígado. São as complicações hepáticas que levam as pessoas infectadas a ficar com uma cor amarelada, daí o nome febre amarela. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que em torno de 30% das pessoas que contraem a doença podem morrer, se não forem diagnosticadas precocemente. Por isso, a recomendação é a de que o paciente deve buscar imediatamente atendimento adequado nas unidades de saúde.

Transmissão

A febre amarela não é transmitida de pessoa para pessoa, nem de macaco para seres humanos. Os macacos são os principais hospedeiros do vírus, mas os únicos vetores de transmissão da doença são os mosquitos silvestres Haemagogus e o Sabethes. No meio silvestre, os mosquitos picam o macaco, que depois de infectado pelo vírus pode ser picado por outro vetor e este, por sua vez, transmite para o homem.

No caso da área urbana, a transmissão ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti. O Ministério da Saúde ressalta, no entanto, que a possibilidade de contágio no meio urbano é remota e informa que não há registro de infecção da doença pelo ciclo urbano desde 1942. Com a construção de conjuntos residenciais e condomínios em áreas ecológicas, ambiente onde vivem os mosquitos que transmitem a doença, o risco de transmissão aumenta.

Vacina fracionada

O Ministério da Saúde esclarece que os casos recentes da doença estão localizados em áreas específicas com alta densidade populacional. Para evitar que a transmissão se alastre para outras regiões, a pasta decidiu abrir campanha de vacinação com doses fracionadas. Segundo o Programa Nacional de Imunizações, a dose fracionada é de 0,1 ml, enquanto que a dose-padrão é de 0,5 ml.

O fracionamento ocorre para ampliar a capacidade de imunização da população. O objetivo do Ministério é vacinar 21 milhões de pessoas até o fim de fevereiro, sendo 16,5 milhões com a dose fracionada e outras 5,2 milhões com a dose-padrão.

A dose fracionada será disponibilizada em 54 municípios de São Paulo, 15 do Rio de Janeiro e oito cidades da Bahia. Nos outros estados e municípios, se estiverem na lista de locais recomendados para imunização contra a febre amarela, a população será vacinada com a dose-padrão, disponível no programa de vacinação regular dos postos de saúde.

Estudos comprovam que a dose fracionada não causa reações adversas e tem a mesma eficácia da dose completa. A dose fracionada já foi utilizada pela OMS, na República do Congo, que enfrentou um surto urbano de febre amarela em 2016. O fracionamento permitiu que a organização vacinasse quase 8 milhões de pessoas em apenas 15 dias e interrompeu o surto na área urbana do país.

Quem deve tomar a vacina?

A vacina em dose-padrão pode ser aplicada em qualquer pessoa saudável, a partir dos nove meses de vida. A dose fracionada também é direcionada a pessoas sem histórico de doenças graves, mas só pode ser tomada a partir dos dois anos.

Idosos e pessoas com doenças que alteram o sistema imunológico ou que apresentam alterações hematológicas não podem tomar a vacina sem recomendação médica. Em caso de impossibilidade tomar a vacina, os pacientes devem adotar outras medidas de proteção contra a doença, como uso de repelente, roupas que cobrem todo o corpo, telas nas casas, entre outras formas de evitar contato com o mosquito transmissor.

Quem já tomou uma dose da vacina, mesmo que há mais de dez anos, não precisa reforçar a proteção com outra dose.

ASSECOM/RN

A partir do dia 15 deste mês e até 15 de fevereiro próximo estarão abertas as inscrições para o concurso que o governo do Rio Grande Norte está realizando para provimento de 404 vagas na Secretaria de Saúde Pública (Sesap-RN), sendo 176 para nível médio e 228 para nível superior. Os convocados irão reforçar os quadros da secretaria nas unidades de saúde onde há carência de pessoal.

O concurso (regido sob o edital 001/2018) está sendo realizado por meio da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (SEARH) e será executado pela Comperve. As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site da Comperve (www.comperve.ufrn.br) a partir das 8h00min do dia 15 de janeiro até às23h59min do dia 15 de fevereiro de 2018, observados o horário local de Natal. As oportunidades são para nível médio e superior. As remunerações variam de R$1.030,26 a R$4.081,49.

Serão disponibilizadas vagas para Assistente Técnico em Saúde, Técnico de Biodiagnóstico, Técnico em Enfermagem e Técnico em Radiologia, para candidatos que possuem nível médio, e Assistente Social, Enfermeiro, Engenheiro Biomédico, Engenheiro de Seg. do Trabalho, Farmacêutico, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo, Administrador, Contador, Terapeuta Ocupacional, Médico Anestesista, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião Geral, Médico Cirurgião Pediátrico, Médico Cirurgião Torácico, Médico Cirurgião Vascular, Médico Clínico Geral, Médico Endoscopista, Médico Gastroenterologista, Médico Ginecologista e Obstetra, Médico Hematologista, Médico Infectologista, Médico Intensivista, Médico do Trabalho, Médico Nefrologista, Médico Neonatologista, Médico Neuroencefalografista, Médico Neurocirurgia, Médico Neurologista Pediátrico, Médico Neurologista, Médico Ortopedista, Médico Patologista, Médico Pediatra, Médico Pediatra Intensivista, Médico Pneumologista, Médico Psiquiatra, Médico Psiquiatra Infantil, Médico Ultrassonografista e Médico Urologista, para nível superior.

Provas

As provas serão aplicadas no dia 15 de março de 2018. Para os cargos de nível médio serão aplicadas provas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemática, Conhecimentos sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) e Conhecimentos Específicos da área escolhida. Para os profissionais de nível superior, além das provas já citadas, os candidatos serão submetidos à prova de títulos conforme documentação comprobatória constante no edital.

Edital N° 001/2018 – SEARH/SESAP

Com o objetivo de mostrar todas as suas ações desenvolvidas ao longo deste corrente ano, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Macaíba promoveu na tarde desta quinta-feira (21) a 1ª Exposição Aqui tem SUS, Saúde Mostra Saúde.

Foi a primeira vez que a SMS organizou essa exposição, que aconteceu na Praça Paulo Holanda Paz – Pista Nova e atraiu a atenção de centenas de populares e profissionais de saúde.

Um vasto acervo de banners, cartazes, fotos e vídeos foi exposto em tendas instaladas no local. Diversas palestras temáticas para a população foram disponibilizadas para o público durante o evento, bem como serviços de aferição de pressão e medição de glicemia.

Ao final, uma apresentação cultural com um grupo “Mão Amiga”, composto por mulheres usuárias dos serviços de saúde do posto de saúde do bairro Campo da Santa Cruz.

Assecom

Pela primeira vez, a cidade de Macaíba irá organizar uma ampla exposição mostrando as ações na área de saúde do município. Trata-se da 1ª Exposição Aqui tem SUS, Saúde Mostra Saúde, que será realizada na Praça Paulo Holanda Paz, a partir das 14h, na próxima quinta-feira (21), com organização e coordenação da Secretaria Municipal de Saúde.

O evento concentrará um vasto acervo de fotos, banners, cartazes, vídeos, dentre outros materiais, que mostram a dinâmica do Sistema Único de Saúde – SUS na cidade e o trabalho das equipes multiprofissionais de saúde que atuam em unidades especializadas como o Centro Luiz Antônio da Fonseca Santos (Posto da Maré), Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Pronto Atendimento Odontológico (PA), unidades básicas de saúde ou na Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

A referida exposição também terá uma tenda onde serão feitas palestras temáticas para a população. Serviços de aferição de pressão e medição de glicemia estarão sendo disponibilizados para o público durante o evento.

A 1ª Exposição Aqui tem SUS é um evento que apresenta à população todo o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde de Macaíba no dia a dia ao longo do ano: da consulta à assistência e acompanhamento; do primeiro atendimento ao encaminhamento para a realização de exames e cirurgias. Ou seja, os registros de todas as ações de saúde em Macaíba neste ano de 2017 estarão em foco.

Assecom

 

Agência Brasil – A Justiça Federal no Rio Grande do Norte concedeu liminar para proibir a aplicação de botox e preenchedores faciais para fins estéticos por dentistas. A decisão, assinada na última sexta-feira (15), atendeu a um pedido cautelar feito pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC) contra o Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Na ação, a SBPC alegou que o uso da toxina botulínica (botox) e do ácido hialurônico para procedimentos estéticos invasivos na face extrapola a área de atuação dos dentistas, por tratar-se de atribuição dos profissionais formados em medicina. Além disso, a conduta coloca os pacientes em risco, segundo a entidade.

Ao decidir a questão, a juíza Moniky Mayara Costa Fonseca, da 5ª Vara Federal em Natal, concordou com os argumentos e decidiu suspender a Resolução 176/2016, do CFO, que permitiu os procedimentos estéticos.

A magistrada entendeu que a norma invade os limites legais da área de atuação dos médicos, mesmo advertindo os dentistas de que os procedimentos devem ser realizados dentro da área anatômica de sua especialidade.

“A regulamentação infralegal impugnada, ao possibilitar aos profissionais de odontologia, cuja formação não visa à realização de atos médicos, o exercício dos atos privativos dessa categoria profissional, põe em risco a saúde da população”, decidiu a juíza.

Com a decisão, as substâncias poderão continuar sendo utilizadas pelos profissionais, mas somente para tratamentos odontológicos. Cabe recurso contra a decisão.

A reportagem não conseguiu contato com a assessoria do CFO para comentar a decisão.

Diante de boatos que circulam nas redes sociais a respeito da ocorrência de uma superbactéria denominada Aeromonas na Lagoa de Alcaçuz, que supostamente contaminou uma criança, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que não há confirmação quanto ao diagnóstico pela bactéria, tampouco do vínculo dessa infecção à lagoa de Alcaçuz.

Segundo a Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (SUVAM) da Sesap, as bactérias Aeromonas são extremamente comuns no ambiente, especialmente no meio aquático, onde já foram encontradas em rios, lagoas, poços e até mesmo em águas tratadas com cloro. Também podem ser encontradas no solo e em intestinos de animais como peixes e répteis, por exemplo. Por isso, é esperado que na lagoa de Alcaçuz, assim como em outras lagoas e rios, esse e outros microorganismos existam naturalmente.

O adoecimento de indivíduos por microorganismos comuns no meio ambiente depende de uma combinação de fatores individuais. No caso da Aeromonas, casos graves não são comuns. A infecção pode ocorrer principalmente em pessoas com a imunidade comprometida, como gestantes e idosos.

Em contato com o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), a Sesap foi informada de que o órgão realizará uma análise da potabilidade da água na lagoa de Alcaçuz.

A Sesap, por meio das Vigilâncias Epidemiológica e Ambiental, está acompanhando e investigando o caso. Nos próximos dias também será realizada coleta de água para investigação no LACEN.

Assim, qualquer associação entre o suposto caso de contaminação à lagoa de Alcaçuz é muito precoce.

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, aderiu ao Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O programa tem o objetivo de avaliar continuamente os níveis de resíduos de agrotóxicos nos alimentos de origem vegetal (legumes, frutas e verduras) que chegam à mesa do consumidor.

Em Macaíba, as coletas estão sendo realizadas nos principais supermercados do município e a primeira foi feita no dia 6 de novembro. O PARA é de suma importância para a prevenção de doenças. O programa é uma ação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), coordenado pela Anvisa em conjunto com os órgãos estaduais e municipais de vigilância sanitária e laboratórios estaduais de saúde pública.

Assecom

Nesta quarta-feira, 1º de novembro, véspera de feriado, a Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, irá realizar na Praça Antônio Siqueira, popularmente conhecida como “Praça da Maré”, uma ação de saúde alusiva ao Dia Nacional de Combate à Sífilis.

Na oportunidade, haverá testagem rápida para detecção de sífilis, HIV, assim como hepatites B e C. Além disso, os profissionais de saúde envolvidos na ação irão orientar a população acerca das ISTs – infecções sexualmente transmissíveis no que respeita à sua prevenção, transmissão e tratamento.

Também serão ofertados ao público alguns materiais educativos e insumos de prevenção. A ação está prevista para começar às 8h e terminar às 12h.

Assecom

Mais um grupo de pacientes foi encaminhado pela Prefeitura para realizar cirurgias de catarata na tarde desta quarta-feira (25) na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Macaíba.

Os encaminhamentos vêm ocorrendo desde o mês de abril do corrente ano, sendo que mais de 200 pacientes já foram beneficiados e realizaram suas cirurgias. Antes de serem encaminhados, os pacientes recebem orientações sobre os procedimentos cirúrgicos. As cirurgias são realizadas em clínicas particulares conveniadas com a Prefeitura.

O senhor Antônio Herculano, de 51 anos de idade, residente no bairro Vilar, foi um dos pacientes que recebeu o encaminhamento para realizar em breve a sua cirurgia e opinou com gratidão: “Agradeço primeiramente a Deus e depois à Secretaria por estar oferendo esse serviço tão importante para quem necessita”.

“A catarata praticamente me fez perder a minha visão, mas agora, com a cirurgia encaminhada, minha esperança de renova”, finalizou Herculano.

Assecom

Você já ouviu falar em bexiga neurogênica? Trata-se da incapacidade de controlar o ato de urinar devido a uma alteração na função da bexiga, geralmente ocasionada por doenças do sistema nervoso periférico e/ou central. Essa variação pode acarretar inúmeras complicações associadas, exigindo uma atenção multiprofissional à saúde dessas pessoas, assim como um aprofundamento das pesquisas para melhor adequar os tratamentos disponíveis.

Com o intuito de estabelecer parcerias científicas e desenvolver protocolos de pesquisas multicêntricas, o Instituto Santos Dumont (ISD) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promoveram nos dias 6 e 7 de outubro a Jornada – Intervenção Multiprofissional na Bexiga Neurogênica.

Cerca de 70 profissionais, pesquisadores, alunos, pais e pacientes estiveram presentes no evento realizado no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS), em Macaíba-RN. Palestras proferidas por médicos, fisioterapeutas, psicólogos, enfermeiros e nutricionistas abordaram temáticas associadas à detecção precoce e à assistência multiprofissional a pessoas com bexiga neurogênica.

Coordenadora da Jornada Bexiga Neurogênica, Lilian Lisboa

 

Segundo a Coordenadora da Jornada e das Atividades de Ensino em Saúde do CEPS/ISD, Lilian Lisboa, há muita carência no Rio Grande do Norte na assistência global aos pacientes com esse distúrbio. “Profissionais de diversas especialidades desenvolvem pesquisas, estudam a literatura científica e executam abordagens terapêuticas em consultórios públicos ou privados, isoladamente. O diferencial do nosso evento foi reunir e integrar esses especialistas para discutir e viabilizar parcerias municipais e interestaduais que resultem em um manejo efetivo da Bexiga Neurogênica”, informa Lisboa.

 

Um dos principais palestrantes do evento, o urologista da Universidade de Pernambuco Adriano Almeida Calado, explicou que um grande desafio de quem trabalha no cuidado a pessoas com Bexiga Neurogênica é reabilitar a função vesical do paciente, fazendo-o urinar o mais próximo possível do hábito miccional normal. “Tratamentos convencionais buscam reinserir o paciente na vida em sociedade, mas não atacam o verdadeiro problema que é fazer a bexiga voltar a operar. Linhas de pesquisa como neuromodulação e interface cérebro-máquina talvez tragam de fato, as respostas que precisamos”, explica Calado. Ambas as linhas são estudadas no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), do ISD.

Saiba mais no ISD

3922A82B-ED4E-4E05-881F-22262ED04E2A

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, está revitalizando a Unidade de Pronto Atendimento – UPA com uma série de procedimentos que farão com que uma das unidades de saúde mais movimentadas da Grande Natal e uma das mais conceituadas do Rio Grande do Norte fique literalmente de “cara nova”.

Essa ação da Secretaria de Infraestrutura na UPA soma-se às demais que integram o cronograma de reformas das unidades de saúde do município, que inclui, entre outros serviços, renovação de instalações elétricas e hidráulicas, pintura, acabamento, implantação ou reposição de forros de PVC, retelhamento e adequações nos ambientes de atendimento.

Assecom

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou o Dia D da campanha de vacinação contra a raiva na Zona Urbana do município, no último sábado (7). A vacinação aconteceu em vários pontos da região.

Os  cães e gatos que não participaram da ação podem ser levados pelos seus donos para serem vacinados até o próximo dia 18 de outubro, na sede do Centro de Vigilância Sanitária, que fica na Rua Jessé Pinto Freire, número 101 (próximo à passarela do Vilar). O local funciona de segunda a sexta, das 8h às 16h. Mais informações sobre a vacinação podem ser obtidas pelo número de telefone do Centro, 3271-6574.

Assecom

O governador Robinson Faria autorizou a contratação temporária de profissionais da Saúde para atender em hospitais públicos de Natal e região metropolitana. A contratação se dará mediante processo seletivo simplificado, e tem por intuito reduzir o déficit na área de assistência possibilitando a continuidade dos serviços essenciais da rede pública. A autorização será publicada no Diário Oficial (DOE) desta quarta-feira, 11.

Serão contratados 553 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas e técnicos de raio-x e de laboratório. O secretário de Saúde, George Antunes, explicou que esta medida foi tomada diante da urgência em ampliar o quadro de funcionários. “Estas mesmas vagas serão substituídas posteriormente através de concurso público, também já autorizado”, afirmou.

O edital do processo seletivo simplificado deverá ser publicado até o final de outubro. Ele se dará, explicou o secretário, por meio de análise de currículo. A estimativa é de que todos estes profissionais já estejam atuando até o final deste ano.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A abertura da campanha Outubro Rosa em Macaíba foi realizada na tarde desta quinta-feira (5), na Praça Paulo Holanda Paz.

Na ocasião foram feitas verificações de pressão arterial, solicitações de mamografia, roda de conversas, aula de dança entre outras ações.

Durante todo o mês de outubro serão realizadas atividades referentes a campanha nas unidades de saúde de Macaíba.

Assecom