Política Arquivo

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

No início desta semana, o grupo político “Macaíba é nossa e sem medo de ser feliz” realizou sua primeira reunião. O grupo opositor é liderado pelo professor Hailton Mangabeira e conta com membros tanto da zona urbana quanto da zona rural da cidade. O grupo se organiza para disputar a próxima eleição municipal.

O grupo ainda não declarou por qual partido estará na disputa.

 

 

Nos próximos meses alguns institutos de pesquisa estarão nas ruas de Macaíba coletando informações que irão mostrar como está o cenário político para disputa do próximo ano, onde será avaliado popularidade e rejeição de nomes que poderão disputar a eleição para o Poder Executivo.

A primeira pesquisa deverá tá saindo agora no início do segundo semestre.

As pesquisas são para consumo interno.

Resultado de imagem para natalia bonavides

A deputada federal Natália Bonavides (PT) emitiu nota sobre a situação da Venezuela:

O governo Trump, através do golpista e “auto proclamado” presidente (!) Juan Guaidó, tentou hoje novamente dar um golpe na Venezuela. É extremamente maléfico e perigoso legitimar tais interferências estrangeiras em nosso continente, notadamente para o nosso país, abundante em riquezas naturais que hoje estão em disputa, como o petróleo, e outras que serão foco de conflitos no futuro, como a água.

Nossa solidariedade ao povo venezuelano e nossas desculpas pelas posições do governo brasileiro, que, através do presidente, busca deixar em aberto a possibilidade de intervenção militar – opção essa rechaçada pelas próprias forças armadas brasileiras.

Maduro é o presidente que o povo da Venezuela elegeu, e só o povo venezuelano é quem tem a soberania para decidir seus rumos. Reforçamos os apelos internacionais para o fim do embargo econômico que vem castigando a população do país; e que a busca pela paz respeite a soberania popular e a autodeterminação dos povos.

O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa sobre a crise na Venezuela, após reunião no Ministério da Defesa.

Valter Campanato/Agência Brasil

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (1º) que há uma preocupação do governo com o impacto da crise da Venezuela nos preços dos combustíveis. O país é um grande produtor de petróleo e sofre com sanções econômicas e embargos de diversos países, liderados pelos Estados Unidos, à commodity.

“Uma preocupação existe sim, com essa ação e com embargos, o preço do petróleo a princípio sobe. Temos que nos preparar, dada a política da Petrobras [de seguir os preços do mercado internacional] e de não intervenção de nossa parte [do governo], mas poderemos ter um problema sério dentro do Brasil como efeito colateral do que acontece lá”, disse o presidente.

De acordo com Bolsonaro, o governo está em atenção para “nos anteciparmos a problemas de fora que venham de forma grave para dentro do Brasil”. Ele se reuniu hoje com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, para avaliar a situação política no país vizinho e os reflexos no Brasil. O encontro, no Ministério da Defesa, em Brasília, contou ainda com a presença dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, e com os comandantes das Forças Armadas.

Em um cenário ainda indefinido para 2020, observadores da política local acreditam que o vereador Netinho França estará na disputa pela Prefeitura de Macaíba. Netinho ainda não deu nenhuma declaração sobre o pleito de 2020, porém comentar-se nos bastidores que até um grande partido teria lhe convidado para  tratar do assunto.

A pergunta que fica é, Netinho será candidato?

Neste último sábado (27), quem esteve em Macaíba foi Normando Feitosa, ex-titular da delegacia de Polícia Civil da cidade. Normando estava juntamente com membros do grupo político “Nova Macaíba” prestigiando o projeto “A feira é livre” na praça Augusto Severo.

Na ocasião foi feito o registro fotográfico, Ceyça Lima também esteve presente.

Resultado de imagem para Em ação do MPRN, Justiça determina indisponibilidade de bens de influenciadora digital e de deputado estadual

Reprodução: Instagram/ João Gilberto/ALRN

A pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, a Justiça potiguar decretou a indisponibilidade dos bens da influenciadora digital Janine Salustino Mesquita de Faria e do deputado estadual José Dias de Souza Martins até o limite de R$ 704.446,39. Na ação de improbidade ajuizada, o MPRN atribui a Janine Faria a suposta condição de “funcionária fantasma”, no âmbito da Assembleia Legislativa do RN. Segundo a investigação, ela recebeu salários por mais de cinco anos, sem a efetiva prestação do serviço. A decisão é da 3ª vara da Fazenda Pública de Natal.

Janine Faria manteve vínculo com a Casa Legislativa, na função de secretária de gabinete parlamentar, com lotação no gabinete do deputado José Dias, no período de 1º de janeiro de 2011 a 4 de março de 2016, tendo recebido regularmente a remuneração do cargo. Os salários mensais variavam de R$ 6.774,35 a R$ 8.123,75. Somando-se todos os valores recebidos, inclusive aqueles referentes às férias e ao décimo terceiro, chega-se ao valor total de R$ 536.100,38. Após as atualizações ordinárias, o montante resulta em R$ 704.446,39.

O MPRN apresentou vários elementos probatórios que indicam que Janine Faria não prestava expediente regular na Assembleia Legislativa. Para chegar a essa conclusão, foi realizada uma análise conjunta de suas redes sociais e das diligências operacionais conduzidas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que demonstraram a incompatibilidade de horários para o desempenho regular de suas atividades funcionais.

Ao mesmo tempo, os depoimentos prestados por testemunhas e pelos próprios demandados revelam a ausência de especificação acerca do desempenho das atividades funcionais de Janine Faria, não anunciando o cumprimento do seu expediente de trabalho. Dessa forma, o referido cenário sugere uma pretensa irregularidade no exercício do cargo público por parte da demandada, quando considerado que esta, durante o horário de expediente, encontrava-se realizando viagens a passeio ou frequentando academias de ginástica e clínicas de estética.

A decisão destaca que “o panorama descrito descortina, pois, a possível ultimação dolosa de atos de improbidade administrativa relativos ao enriquecimento ilícito, à lesão ao erário público e a atentados aos princípios da Administração Pública”.

Janine Faria e José Dias foram intimados a, no prazo de 15 dias, a apresentarem manifestação por escrito à Justiça.

 

Agência Brasil – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, reafirmou hoje (29) que trabalha para aprovar a reforma da Previdência na Casa até o fim do semestre. Acompanhado do presidente da comissão especial, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), e do relator da proposta, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), ele reuniu-se com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no início desta noite.

Maia disse, no entanto, que não dependerá apenas dele encaminhar a reforma ao Senado no segundo semestre. Ele acrescentou que a comissão especial definirá um cronograma de trabalho nos próximos dias e cobrou empenho da base aliada para acelerar a tramitação do texto.

“Na Câmara, o meu trabalho é que a gente consiga terminar essa matéria no primeiro semestre. Se a gente vai conseguir ou não, não depende da nossa vontade. Se o governo colocar quórum toda segunda e sexta, você, em duas semanas e um dia, tem 11 sessões. Não vai ser em 11 sessões que [o texto] vai ser votado. [A gente] precisa dos meses de maio e de junho. Na minha vontade, no máximo em dois meses, a gente encaminha a proposta ao Senado para votar no segundo semestre”, declarou.

Namoro

Maia disse que gradualmente constrói pontes com o presidente Jair Bolsonaro para ajudar na articulação da reforma que, segundo ele, é essencial para resolver o desequilíbrio nas contas públicas. Ele comparou a relação com o presidente com um namoro ainda no começo. “Um namoro muito rápido nunca termina bem. Um namoro que leva mais tempo acaba terminando num casamento sólido”.

Maia, Guedes e o presidente e o relator da comissão especial saíram do Ministério da Economia para se encontrarem com Bolsonaro no Palácio do Planalto. O presidente da Câmara ressaltou que o Executivo e o Legislativo estão trabalhando juntos, mas respeitando a independência entre os Poderes.

“Combinei agora de irmos todos ao presidente [Bolsonaro] para que a gente possa fazer o debate junto com ele para mostrar que a Câmara e o governo trabalharão de forma conjunta, harmônica. Respeitando a independência entre os poderes, mas de forma majoritária, a Câmara entende que essa matéria é fundamental, que ela tem um bom debate, um bom relatório. Depois, que ela vai a voto porque trava hoje o crescimento do Brasil. A Previdência trava hoje a redução da pobreza do nosso país”, disse.

Um grupo político da cidade pretende convidar uma ex-candidata a vereadora que obteve votação expressiva nas eleições de 2016 para compor em uma futura chapa para disputar o Palácio Auta de Souza. Segundo uma fonte do grupo, a ex-candidata é uma pessoa comunicativa e sua origem popular irá somar ao projeto político idealizado pelo grupo.

Para encabeçar o projeto, o grupo já tem um nome conhecido que no início do ano anunciou sua pré-candidatura.

 

 

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Agência Brasil – Em mensagem no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse hoje (28) que é falsa uma nota publicada pela revista Veja às 11h deste domingo (28), segundo a qual ele teria prometido ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a prerrogativa de nomear o próximo titular da Procuradoria-Geral da República (PGR).

De acordo com a revista, a promessa foi feita antes de Moro ser anunciado como ministro, no ano passado. Por esse motivo, a lista tríplice com nomes indicados para o cargo, feita por meio de eleição organizada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), seria “peça de ficção”, segundo a Veja.

“A matéria da Veja é fake (mentira)”, diz uma postagem na conta oficial de Bolsonaro no Twitter na qual ele retuita a nota da publicação. “Esse cargo, PGR, certamente é um dos mais importantes da República. Sugestões e opiniões serão levadas em consideração pelo Governo”, acrescentou o presidente.

 

A eleição de 2020 promete ser uma das mais acirradas dos últimos tempos na terra de Auta de Souza. Um nome de perfil técnico poderá entrar na disputa. O que se sabe até agora é que a figura não é do meio político e reside em Macaíba.

Quem será?

Os novos grupos que estão sendo formados em Macaíba para disputar o Legislativo estão com as portas fechadas para quem tem mandato. Uma fonte nos revelou que algumas lideranças que tiveram votações expressivas na última eleição municipal aderiram a um desses grupos.

 

 

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado, 27, que a linha de propaganda do governo mudou. Ele defendeu a decisão do Banco do Brasil de retirar do ar um comercial que incentivava a abertura de conta no banco. A peça, de 30 segundos, exibia imagens de homens e mulheres jovens, de diferentes estilos.

“Quem indica e nomeia o presidente do Banco do Brasil, não sou eu? Não precisa falar mais nada, então. A linha mudou. A massa quer o quê? Respeito a família, ninguém quer perseguir minoria nenhuma. E nós não queremos que dinheiro público seja usado dessa maneira”, disse o presidente, após visitar a estudante Yasmin Alves, de 8 anos, na casa dela, na Estrutural, uma das regiões mais pobres do Distrito Federal.

A assessoria do banco informou, em nota, que “faltaram outros perfis” na publicidade, que saiu do ar no último dia 14. O diretor de Marketing do BB, Delano Valentim, foi demitido do cargo.

Assista o comercial que desagradou o presidente Bolsonaro.

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

O professor Hailton Mangabeira criticou  o fato de um portal da capital  não ter citado seu nome em uma matéria que tratava sobre os possíveis nomes que poderão disputar a Prefeitura de Macaíba nas eleições de 2020. Hailton é pré-candidato declarado e não gostou do portal ter esquecido seu nome.

Em uma publicação nossa Hailton disse “É engraçado, e o mesmo portal esqueceu de citar meu nome. É nítido que é proposital, e o motivo, é claro, estamos incomodando!”.

 

 

Por determinação da governadora Fátima Bezerra, o valor dos royalties dos meses de maio e junho serão usados para iniciar o pagamento dos salários atrasados, de forma cronológica, conforme acordo com o Fórum dos Servidores.

“Alguns Bancos nos pediram adiamento do prazo para realização do pregão. Decidimos manter, por compromisso anunciado com os servidores e outras possíveis instituições financeiras interessadas. Com esse resultado, iremos reavaliar o modelo do edital e os valores para publicação do novo pregão na primeira semana de junho”, adiantou o secretário estadual de Planejamento e das Finanças, Aldemir Freire.

O titular da Seplan ressaltou que o Estado se programou financeiramente durante o primeiro quadrimestre do ano para usar o valor dos royalties, a partir do mês de maio, na amortização do passivo deixado pela última gestão. “Nossa estratégia era a antecipação dos valores de maio deste ano até dezembro de 2022, um volume aproximado de R$ 400 milhões. Até o novo pregão, usaremos o valor em torno de R$ 28 milhões, de maio e junho, para quitar o décimo terceiro salário de 2017”.